Notícias

Seleção Brasileira

Opinião: 10 fatos sobre a classificação do Brasil nos pênaltis contra o Paraguai

Brasil

Brasil derrota Paraguai nos pênaltis e avança para as semifinais

Brasil derrotou o Paraguai nos pênaltis mas tenho alguns pontos a ressaltar sobre a atuação da Seleção Brasileira.

Fatos sobre a partida

1. Primeiro tempo muito cru, pouco chutes a gol e ineficiência na transição meio – ataque. O principal armador do Brasil, Coutinho, tem feito uma péssima Copa América.

2. Jesus de ponta não dá, ele não tem manha para jogar naquela posição. E nem em nenhuma, até porquê, mesmo ele fazendo o gol da classificação nos pênaltis, perdeu chance clara durante os 90 minutos.

3. Everton é o melhor jogador do time e o único lúcido durante todo o tempo do jogo. Everton partiu pra cima, deu bons passes, finalizou com perigo. Ele ainda precisa definir melhor as jogadas, mas já é bem mais que a maioria.

4. Brasil não tem um esquema tático quando não consegue fazer gols, vira um bando em campo que tenta de tudo pra furar a defesa e esquece a organização.

5. Por que o Alexsandro entrou?

6. Alisson salvou novamente, tanto no tempo normal após finalização de Derlis. Quanto nos pênalti, pegou o pênalti do ótimo batedor Gustavo Gómez.

7. Tite mais uma vez questionado, além de mudanças malucas o time não conseguiu furar a defesa do Paraguai. O Paraguai tinha tomado gol em todos os jogos do torneio, tomando 2 para o Catar.

8. Allan e Artur não podem jogar juntos sem um cão de guarda. Allan fica simplesmente perdido de 1º volante por não ter um poder de marcação bom.

9. Artur foi superestimado e suas atuações não demonstram o nível que o torcedor espera dele, muitos passes para os lados e nada de verticalidade. Quando tentou, errou.

10. Brasil continua favorito contra o time que vier, porém precisará acertar o alvo para conseguir se classificar contra seleções melhores.

Brasil enfrenta o vencedor do duelo entre Venezuela e Argentina marcado para essa sexta-feira (28) no Maracanã.

 

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta