Notícias

Outros

Nadal terá prova de fogo em Roma

Nadal

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Pressionado, espanhol buscará nono título no Foro Itálico

Por: Fernando Pimentel

Não há como não colocar Rafael Nadal entre os favoritos ao título de Roland Garros. Seu retrospecto no saibro ainda é surreal, e torna-se mais ainda quando falamos de jogos disputados em cinco sets. Porém, o Touro Miúra vive um momento raro na superfície que o consagrou: chega ao mês de maio sem nenhuma conquista.

Antes do início da gira de saibro europeu, a grande maioria esperava um cenário bem parecido com a das últimas temporadas, em que tivemos um Nadal soberano e dando poucas chances ao adversários. Agora finalmente teremos um desafio inédito para o atual nº2 do mundo. Mostrar um bom serviço em Roma é essencial para ir bem no Grand Slam francês.

A maneira com que Rafa foi dominado nas três semifinais consecutivas que disputou mostram que sua confiança está em baixa. Acostumado a encurralar os adversários com seu jogo consistente de fundo de quadra, de bolas pesadas e extremamente físico, deu a impressão de que faltaram armas para Nadal líder com tenistas de diferentes características. Além disso, está mais errático que o de costume, um fator que também contribui para que a ansiedade aumente. A competitividade do circuito masculino realmente está sendo perceptível até nos cenários mais inesperados. Afinal, Nadal foi derrotado na semifinal de Madrid pelo jovem grego Stefanos Tsitsipas, que sequer havia oferecido riscos ao espanhol nos três confrontos anteriores entre eles.

A caminhada de Nadal no Masters 1000 de Roma deve começar sem grandes sustos. Atual campeão e cabeça de chave, ele estreia direto na segunda rodada enfrentando o vencedor do duelo entre os franceses Richard Gasquet (39º) e Jeremy Chardy (47º). Um possível adversário nas oitavas é o georgiano Nikoloz Basilashvili (18º). Nas quartas terá a chance de revanche contra o austríaco Dominic Thiem (4º), que vem de ótimas semanas sobre a terra batida, incluindo a impecável campanha em Barcelona, onde derrotou Nadal com um tênis agressivo e de golpes bastante afiados. Roma será um importante teste, já que é o torneio com as condições que mais se assemelham ao que encontrará em Paris. Não tem a lentidão de Monte Carlo, nem a rapidez de Madrid.

O rei do saibro já mostrou diversas vezes que é um erro subestimá-lo. Porém, a pressão pelos pontos a defender (são 3000 até o início de junho), a cada vez mais amadurecida ‘Next Gen’, e ver Djokovic voltando a jogar o seu melhor tênis, deixam claro que Rafa terá que lutar muito para conquistar o 12º título em Roland Garros.

Relembrando alguns feitos históricos que Nadal alcançou no saibro:

  • 81 vitórias seguidas (2005-2007)
  • 25 dos 33 Masters 1000 que conquistou
  • 53 títulos
  • Mais títulos em um mesmo torneio (11 em Monte Carlo, Barcelona e Roland Garros)
  • Aproveitamento de 91% na superfície (424 vitórias e 39 derrotas)

 

O Masters 1000 de Roma ocorrerá de 13 a 19 de maio, com transmissão do canal SporTV3 para o Brasil.

colaboração (6 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta