Notícias

Futebol Brasileiro

Guarani recebe o Náutico pela 6ª rodada da Série B

Guarani e Náutico

Guarani e Náutico fazem confronto importante na Série B; Ambas equipes vivem momento complicado na segunda divisão do brasileiro e tentam vitória para subir na tábua de classificação

A 6ª rodada da Série B tem seu inicio na noite desta sexta feira, 28, com um duelo interessante, entre Guarani e Náutico. A partida acontece no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, casa do bugre, e tem a bola rolando às 21h30, com a transmissão dos canais Sportv e Premiere FC.

As duas equipes vivem momentos bem parecidos na segunda divisão, estando posicionadas na parte de baixo da tabela. Vitória para qualquer um dos lados, poderá servir de trampolim para subir na tabela de classificação e tirar a um pouco a pressão após resultados ruins nas últimas rodadas.

Guarani só tem uma vitória em cinco jogos

O bugre tem um começo de Série B bem complicado. Dos cincos jogos em que o Guarani esteve em campo, a equipe teve apenas um triunfo, sobre o Botafogo/SP pelo placar mínimo de 1×0. Nas duas últimas duas rodadas, o bugre amarga duas derrotas, uma de virada para o Cruzeiro dentro de casa por 3×2 e outra para o CSA por 1×0. Com isso, a equipe amarga a 16ª colocação com apenas três pontos.

Técnico Carpini ainda com apoio da direção do bugre

E tendo resultados negativos, a pressão sobre o trabalho do técnico sempre acontece. Com o treinador Thiago Carpini, do Guarani, não é diferente. Na quarta feira, 26, em entrevista virtual no Brinco de Ouro, o presidente da equipe de campinas, Ricardo Miguel Moisés, deixou claro que Carpini continua como treinador do bugre, mas também ressaltou que se os resultados não vierem, o cenário pode mudar, ainda mais se o time tiver uma derrota para o Náutico nessa sexta feira.

“O Carpini tem total respaldo da diretoria. A diretoria confia, acredita no trabalho dele. Temos total segurança que ele vai reverter essa situação. A continuidade dele não depende de um jogo, não é isso que o Conselho de Administração pensa. Mas o resultado tem que vir, e o futebol depende de resultados.”  disse o presidente do bugre.

Melhorar o desempenho e diminuir os erros na bola parada

Um dos problemas mais vistos na equipe do Guarani é falhas da defesa em bola parada. E o assunto voltou a tona na entrevista virtual concedida pelo volante Deivid na tarde de quarta feira. O jogador evitou colocar culpa e responsabilidade na comissão técnica pelo mal desempenho na defesa em bolas paradas do adversário, e disse que ele e seus companheiros tem que estar mais atentos as esses momentos dos jogos.

“Acho que, mais do que nunca, os atletas temos a consciência e temos que assumir que é um contexto todo. O professor passa para nós diariamente durante os treinos e precisamos executar.” relatou o meia.

Volante Deivid frisou em sua entrevista que o elenco sabe da importância em vencer o Náutico, porém a atenção máxima e evitar os erros serão essenciais em caso de vitória Foto: David Oliveira/Guarani FC
Volante Deivid frisou em sua entrevista que o elenco sabe da importância em vencer o Náutico, porém a atenção máxima e evitar os erros serão essenciais em caso de vitória Foto: David Oliveira/Guarani FC

 

O meia também falou sobre o próximo jogo, contra o Náutico. Para Deivid, a partida será de extrema importância, e que o bugre terá que jogar o máximo para conquistar os três pontos. “Lógico que devemos focar no Náutico, que é nosso primeiro jogo. A gente pensa que nos pontos corridos, mas o que vale é o hoje. Então essa é nossa oportunidade de se redimir e somar os três pontos. E dentro de casa temos que procurar dar essa alavancada para poder recuperar a confiança novamente.” concluiu Deivid.

Desfalques e retornos

O técnico Thiago Carpini não poderá contar com quatro jogadores para o confronto contra o Náutico. O zagueiro Bruno Silva e o meia Arthur Rezende continuam no departamento médico e se recuperam de lesões, além deles, o meia Igor Henrique e o atacante Wagninho cumprem suspensão.

Para o lugar deles, os substitutos serão o meia Eduardo Person ou Giovanny substituindo Igor Henrique, e Bruno Sávio cobrindo a ausência de Wagninho. Contudo, Capini contará com o retorno do meia Lucas Abreu que será mais uma opção para encarar o timbu. No mais, o restante do elenco estará a disposição, já que em exames de Covid-19, todos os jogadores do bugre testaram negativo.

Náutico também busca recuperação

O Náutico tem um principio de segundona do brasileirão nada animadora. O time vem de resultados negativos na sua volta a Série B, até aqui foram cinco jogos disputados pelo timbu, com quatro empates e uma derrota, ou seja, o Náutico ainda não teve o gostinho da vitória. Na última rodada, o timbu teve que amargar mais um empate, contra o Juventude por 3×3, sendo que a equipe alvirrubra chegou a abrir 2×0 no placar. Sem ter conquistado três pontos ao menos uma vez, o timbu amarga a 13ª posição com apenas quatro pontos.

Segunda pior defesa da Série B

Se as vitórias ainda não vieram, as falhas defensivas do Náutico podem ser o grande motivo para o time pernambucano não ter vencido na competição. Até aqui, o timbu teve sua defesa vazada em 31 oportunidades, ficando apenas a frente do Oeste, que tomou 33 gols em cinco jogos.

O técnico Gilson Kleina, vem para sua segunda partida no comando do Náutico, e após o jogo contra o Juventude, o treinador disse que precisa conhecer melhor as características de cada atleta e assim montar uma formação ideal para encarar o Guarani. Contudo, ele ressaltou que o grupo vai fazer de tudo para buscar a primeira vitória na Série B.

Com a semana cheia para treinamentos, Gilson Kleina procura ajustar o time titular do Náutico para encarar o Guarani nesta sexta feira. Em caso de vitória do timbu, será a primeira na volta a Série B Foto: Tiago Caldas/Náutico
Com a semana cheia para treinamentos, Gilson Kleina procura ajustar o time titular do Náutico para encarar o Guarani nesta sexta feira. Em caso de vitória do timbu, será a primeira na volta a Série B Foto: Tiago Caldas/Náutico

 

“A gente sabe que o grupo quer uma vitória. Até eu falei que a vitória traz confiança e a condição de você acreditar na ideia. Eu falei para eles para não gerarmos desconfiança. Ninguém está comemorando empate, não é esse o nosso intuito, mas temos que acreditar em criar mais, em ser decisivo. Preciso do diagnóstico dos atletas que estão na transição.” disse Kleina.

 Goleiro Marcão faz sua estreia na Série B pelo timbu

Com a ausência confirmada do goleiro Jefferson, que sofreu uma pancada na cabeça e que segue em recuperação, o goleiro Marcão, que teve poucas partidas em sua carreira, será o arqueiro do timbu contra o Guarani nesta sexta feira. Ao todo foram 11 jogos disputados pelo arqueiro reserva do timbu, sendo quatro partidas disputadas no campeonato pernambucano. A chegada de Marcão só foi possível após o pedido o então treinador Gilmar Del Pozzo, que apostou no goleiro por ter uma excelente qualidade.

Ausências e voltas

O técnico Gilson Kleina terá que contar com algumas ausências. Além do goleiro Jefferson, o treinador do timbu terá que contornar as carências no setor de ataque, com o centroavante Kieza que segue sentindo dores na coxa, e na zaga, com a suspensão por cartão vermelho do titular Camutanga. Para seu lugar, Fernando Lomabardi é o mais cotado.

Contudo, Gilson Kleina poderá ter as voltas do volante Jhonnatan que se recuperou de lesão na coxa e do atacante paraguaio Guillermo Paiva, que se recuperou de problemas nos ligamentos do joelho. Jhonnatan, estava afastado fazia um mês, já Paiva esteve fora por mais de cinco meses, já que ele se lesionou antes da paralisação do futebol, por conta a pandemia da Covid-19.

Ficha técnica do jogo – Guarani x Náutico – 21h30 – Estádio Brinco de Ouro da Princesa – Série B

Transmissão: Sportv e Premiere FC

Provável Escalação do Guarani

Esquema: 4-3-3

Jefferson Paulino; Pablo Diogo, Wálber, Romércio e Matheus Bidu; Lucas Chispim, Deivid e Eduardo Pearson; Bruno Sávio, Todinho e Giovanny

Fora do jogo: Arthur Rezende e Bruno Silva (lesionados) e Igor Henrique e Wagninho (suspenos)

Técnico: Thiago Carpini

 

Provável Escalação do Náutico

Esquema: 4-3-3

Marcão; Diogo Hereda, Rafael Ribeiro, Fernando Lombardi e William Simões; Jorge Henrique, Rhaldney e Jean Carlos; Erick Arruda,Salatiel e Dadá Belmonte

Fora do Jogo: Kieza e Jefferson (lesionados) e Catamunga (suspensão)

Técnico: Gilson Kleina

 

Esportes Mais

Facebook

 

Deixe uma resposta