Notícias

Futebol Brasileiro

Como Marcos Vinícius pode ser melhor aproveitado no Botafogo-PB em 2020?

Marcos Vinícius

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com permanência garantida para 2020, Marcos Vinícius precisa mudar se quiser voltar para a equipe titular

Estamos apenas em Setembro, mas 2020 já começou para o Botafogo-PB. Com o anúncio da renovação de Piza e permanência de mais doze jogadores, o elenco para a próxima temporada já começou a ser montado. Um dos jogadores que permanecerá, por ter contrato, é o meio-campista Marcos Vinícius.

O jogador começou o ano de 2019 muito bem, com grande atuações. Entretanto, após uma queda de rendimento dentro de campo e alguns problemas extracampo, o atleta sequer foi relacionado para algumas partidas na reta final da Série C.

Origem como meia

Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

Marcos Vinícius é um meia de origem e foi assim que se destacou durante toda sua carreira, inclusive no Salgueiro, clube que defendeu anterior ao Belo. Mas, para esse ano, Evaristo Piza e sua comissão técnica imaginaram uma nova função para o atleta, jogando um pouco mais recuado com função de armar o jogo.

Isso funcionava muito bem na saída de bola do Botafogo, que ficava bem mais qualificada do que com outros jogadores, como Rogério ou Wellington. Entretanto, defensivamente causava muitos problemas para o time pessoense.

Isso acontecia principal pelo fato de Marcos Vinícius ser muito passivo na marcação, além de não se dedicar tanto para fechar os espaços do adversário. A intermediária do Belo ficava muito exposta, sobrecarregando Rogério e obrigando os zagueiros a deixarem seus postos para cobrirem a zona.

Diferentemente do camisa 8, um jogador que era bastante agressivo na marcação era Clayton, que foi vendido para o São Caetano. O camisa 7 Alvinegro costumava ajudar o lateral na marcação e fechava espaços do oponente, situação diferente de Marcos.

Tentativa de jogar aberto na direita

Apesar de ter jogado a maior parte da temporada na linha dos volantes, o meio-campista também chegou a ser testado mais à frente, atuando pelo lado direito do campo. Isso aconteceu por exemplo no segundo jogo da final do Campeonato Paraibano.

3ddc5773f15c2
(Foto: Reprodução/TV Belo | Edição: Iaco Lopes/Esportes Mais)

Quando jogou aberto pela direita, o camisa 8 acabou ficando muito sumido, apenas sofrendo faltas durante a maior parte do tempo. Isso, somado a sua ineficiência em apoiar o lateral na hora de defender, fez com que suas atuações por ali fossem abaixo.

Como ele rende mais?

As principais ações de Marcos Vinícius durante todo ano aconteceram em quanto o Botafogo fazia uma marcação com linhas mais altas. Sendo assim, Marcos subia e conseguia roubar a bola dos defensores adversários. Isso aconteceu em vários momentos, como contra CSA, Altos e Fortaleza.

O vídeo abaixo exemplifica como o camisa 8 sobe pra pegar o adversário desprevenido e arma o contra-ataque do Belo.

Ou seja, quando precisa marcar mais à frente, Marcos vai bem. O seu problema é quando precisa defender na linha de volantes, esperando o oponente em seu campo.

Outra característica muito positiva do jogador são seus passes verticais, que quebram as linhas da outra equipe. Foi assim que o meio-campista deu algumas assistências durante todo o ano, além das chances criadas e desperdiçadas pelos seus companheiros.

Quando joga por dentro e com o campo à sua frente, Marcos Vinícius rende muito mais do que aberto pelo lado. Ele tem uma visão de jogo muito apurada.

Como usá-lo em 2020?

Por se tratar de um jogador coringa, Evaristo Piza terá muitas maneiras de usar Marcos Vinícius em seu time. Primeiramente, o jogador precisa estar comprometido com o clube e parar de se envolver em polêmicas extracampo.

Agora, futebolisticamente falando, o camisa 8 pode se tornar a nova referência técnica do time, com a saída de Clayton.

Muitas vezes o jogo do Botafogo fica muito preso nos pés do meia-atacante da camisa 7, que segurava muito a bola e ditava o ritmo do Belo. Agora, sem ele, essa função pode ser herdada para Marcos.

Ainda é preciso esperar para analisar o elenco que Piza terá à disposição, mas seria muito interessante ver Marcos Vinícius jogando na posição central, de camisa 10.

Suas características de pressionar o adversário na saída de bola, armar o jogo e dar passes verticais pode encaixar perfeitamente na posição que atualmente é ocupada por Marcos Aurélio.

Iaco Lopes (369 Posts)

Estudante de Jornalismo na UFPB. Nascido em João Pessoa-PB. 19 anos.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta