Notícias

Futebol Internacional

Anderson Ribeiro fala sobre sucesso do Projeto Aperfeiçoar+

Anderson Ribeiro

Colhendo bons frutos, brasileiro Anderson Ribeiro celebra sucesso no Leste Europeu

 

Brasileiro já conquistou dois títulos nacionais na Letônia com a equipe FC Riga e o título da terceira divisão da Ucrânia com o FC Metal, e busca agora, o quarto título consecutivo, sendo auxiliar do Oleksandr Kucher na equipe do FC Metalist kharkov

É dele a responsabilidade de treinar o setor ofensivo do Metalist, na Ucrânia, e a resposta do método aplicado está na classificação do time na Persha Liha e nas quartas de final da Taça da Ucrânia.

A equipe do auxiliar Anderson Ribeiro é líder da competição nacional, obtendo o melhor ataque com a média de 2,1 gols por partida realizados pelo grupo de atacantes do Aperfeiçoar+.

O projeto que é baseado em treinamentos específicos dos fundamentos técnicos e táticos, aplicados as situações de jogo realizado e exclusivamente para o grupo de atacantes, vem mostrando bons resultados durante a temporada 2021/2022.

“É um treinamento totalmente diferenciado e exclusivo para o setor ofensivo. É muito importante esses tipos de treinamentos nos dias de hoje, onde buscamos sempre passar o feedback necessário para que o atleta evolua e busque sua melhor performance”, argumenta Anderson.

Com 19 jogos e 50 gols, sendo 40 gols realizados pelo grupo de atacantes, a primeira parte do campeonato vai chegando ao fim com o FC Metalist na liderança e tendo o, também brasileiro, Matheus Peixoto como artilheiro da competição, com 13 gols em 15 jogos

“O Brasil é conhecido mundialmente pelo seu futebol, por seus jogadores habilidosos e ousados, e é preciso valorizar cada vez mais isso. Aqui no Metalist temos alguns brasileiros que fortalecem o setor ofensivo e estamos no caminho para o título da temporada 2021/2022 e isso é consequência de muito estudo e trabalho. Por fim, com todo esse esforço, queremos conquistar a vaga à elite do futebol ucraniano”, concluiu.

Foto: Makki / FC Metalist

Esportes Mais

Facebook

 

Deixe uma resposta