Notícias

Futebol Brasileiro

Em primeiro encontro de 2018, Atlético Mineiro e Cruzeiro se enfrentam em Belo Horizonte

2vwb7ly

Com expectativa de voltar ao caminho das vitórias no Campeonato Mineiro, Atlético espera um bom jogo contra o rival Cruzeiro.

Neste domingo (04), o Atlético receberá o Cruzeiro em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro. O jogo será às 11h, horário de Brasília, na Arena Independência. Será o primeiro clássico Atlético e Cruzeiro deste ano.

O Atlético entrou na temporada com uma campanha muito ruim, mas com a saída do técnico Oswaldo de Oliveira o time conseguiu dar uma reerguida bem grande e vem surpreendendo os torcedores e adversários. Agora contra seu maior rival, o Galo espera jogar muito bem e vencer a raposa, conquistando assim o segundo lugar na tabela.

O Cruzeiro vem de uma derrota na Libertadores por 4 a 2 contra o Racing, jogo do qual foi bastante criticado pelos torcedores cruzeirenses. Agora o time espera, com o clássico, recuperar a moral e seguir na linha invicta da qual estava.

O último clássico entre Cruzeiro e Atlético foi em outubro de 2017 pelo Campeonato Brasileiro, do qual o Galo levou a melhor e ganhou por 3 a 0 da raposa.

O Atlético deve jogar com o mesmo time da vitória contra o Figueirense na quarta-feira. Já o Cruzeiro, não contará com Fred, que foi lesionado na derrota contra o Racing pela Libertadores.

Provocações!

Clássico é clássico, sempre há algumas provocações, seja da torcida ou dos próprios jogadores, e com os dois times mineiros não foi diferente. As provocações por parte dos jogadores partiram da Toca da Raposa, quando Robinho, Thiago Neves e Lucas Romero. O que provocou bastante revolta nos torcedores atleticanos foi o comentário de Romero em que o jogador afirma sempre ouvir mais a torcida do Cruzeiro mesmo o Atlético tendo maior torcida em campo.

“Para nós é uma motivação muito boa. Mas, sempre que joguei no estádio do América, com a torcida do Atlético, eu terminava escutando sempre a torcida do Cruzeiro cantar”, disse Romero.

Evitando polêmicas, Thiago Larghi responde às provocações dos jogadores adversários com confiança e destacando o quanto ele confia no futebol que o Galo tem jogado nos últimos dias.

“A gente respeita a opinião dos profissionais, são bons jogadores. A gente respeita. Mas, neste momento, a gente acredita que não existe favorito. A gente sabe que nosso time também está bem preparado, sabe que estamos caminhando, progredindo como equipe. Respeitamos a opinião deles, mas mantemos nosso foco naquilo que temos que fazer”, afirma o interino.

Ricardo Oliveira também se mostra bem confiante e estaca que essas provocações são normais, mas que em campo é cada um defendendo seu time e espera um jogo bem agitado e muito bom.

“Acho que pelos anos já vividos dentro do futebol, isso apimenta um pouquinho o clássico. Sempre existiu num jogo desta magnitude, desta importância, algumas provocações, algumas coisas… isso parte de cada atleta, de cada um, o que acha que tem que falar. Bom, todo mundo tem o direito de falar o que quer. Dentro do campo é cada um defendendo o seu time, querendo vencer o jogo. O que eu espero é que fique um espetáculo para o futebol, para o torcedor. E nós, claro, obviamente, vamos buscar dentro do nosso campo vencer este jogo. Não dá para entrar em maiores detalhes, pois acho normal este tipo de provocação. Como falei, apimenta um pouquinho, o torcedor fica muito nesta expectativa”, disse Ricardo.

Homenagem ao dia das mulheres

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que será no dia 8 de março, o Atlético usará neste domingo um uniforme com emblema “Ligue 180”, em uma campanha feita em parceria com o Instituto Maria da Penha, para encorajar que as mulheres que sofrem essa violência, não se calem.

Ficha técnica – Atlético-MG x Cruzeiro
Data: 04/03/2018
Hora: 11h, horário de Brasília.
Local: Arena Independência, Belo Horizonte-MG.
Arbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF)
Atlético-MG: (Provável escalação) Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Elias; Róger Guedes, Erik e Otero; Ricardo Oliveira.
Cruzeiro: (Provável escalação) Fábio, Léo, Edilson, Egídio, Murilo, Henrique, Robinho, Ariel Cabral, Rafinha, Arrascaeta, Rafael Sobis.

Deixe uma resposta