Notícias

Entrevistas

Especial E+: Conheça a história de Neto Borges

Foto: FotboolDirekt

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Neto Borges é um dos destaques do Campeonato Sueco e falou com exclusividade ao Esportes Mais

Saubara. Cidade do interior da Bahia, localizada no chamado Recôncavo baiano. No dia 13 de setembro de 1996, o lugar concebeu uma das promessas para o futuro do futebol brasileiro. O nome: Vivaldo Borges dos Santos Neto.

Conhecido como Neto Borges, o jogador nasceu numa família de classe média e tem um irmão dez anos mais novo.

Primeiro empecilho: categorias de base

Neto Borges é uma das inúmeras provas da ineficácia do nosso futebol quando o assunto é formação de atletas. Na vida, quando se está começando, tudo é mais difícil. No caso do nosso futebol, a incompetência, a corrupção e o despreparo têm a cada ano diminuído as chances de crianças e jovens que buscam oportunidade através das categorias de base.

No exemplo de Neto Borges, foram aproximadamente um ano e seis meses no Esporte Clube Vitória, entre 2012 e 2013. Sem ter onde ficar, Neto viajava 220 quilômetros somando ida e volta todos os dias para poder treinar, tudo com o orçamento dos pais, pois o clube baiano não disponibilizava nem ajuda de custo.

As dificuldades fizeram a família tomar uma difícil decisão para o menino: adiar o sonho por um tempo. E assim, ele voltou para casa dos pais.

Segundo empecilho: calendário do futebol brasileiro

Em 2015, Neto Borges foi disputar o campeonato capixaba sub-20 pelo Rio Branco. Eliminado na semifinal do torneio, ele teve que voltar para casa novamente, pois não havia mais competições a serem disputadas.

Resultado: ficou mais um ano em casa.

Recomeço e ascenção na carreira

No início de 2017, Neto Borges se profissionalizou e disputou o Campeonato Sergipano pelo Boca Junior. O bom trabalho foi reconhecido pelo Itabaiana, também de Sergipe, onde o jogador jogou a Série D. Posteriormente, ele se transferiu para o Tubarão-SC. No clube catarinense Neto disputou a Copa Santa Catarina 2017, foi campeão, e em seguida veio uma oportunidade maior na carreira: jogar no futebol europeu.

Chegada no Hammarby e destaque no Campeonato Sueco

Neto Borges foi contratado pelo Hammarby no início de 2018. O clube é o terceiro time da capital Estocolmo, rivalizando com os gigantes AIK e Djurgarden. Campeão sueco uma única vez, em 2001, o Hammarby não fazia uma boa campanha há 12 anos, com direito a rebaixamento e permanência de quatro anos na segunda divisão (2010 a 2014). Neto pôde disputar a Allsveskan (nome oficial do campeonato sueco) desde o início. Por causa do inverno, a competição acontece entre abril e novembro. E ele vem ajudando os companheiros a fazer história com o Hammarby. O time é o vice-líder da competição com 37 pontos, 5 atrás do líder e rival AIK e um jogo a menos.

Confira abaixo a entrevista exclusiva do jogador:

1 – Como é seu dia-dia no clube?

“ É uma rotina tranquila. O clube fornece café da manhã antes do treino, e almoço no pós-treino. No começo a adaptação foi difícil porque os treinos são um pouco mais intensos comparado ao Brasil, e eu não estava acostumado. Mas em menos de um mês eu me adaptei. ”

2 – Vocês concentram para os jogos?

“ Somente em partidas como visitante. Nessas ocasiões vamos para o hotel e concentramos. Quando os jogos são em Estocolmo, podemos concentrar em casa. “

3 – E os clássicos? Como são os duelos contra os rivais AIK e Djurgarden?

“ São sempre jogos especiais, estádios lotados. Os times se respeitam, mas as partidas são diferentes, com muita luta dentro de campo. “

4 – Depois de 12 anos, com passagem pela segunda divisão entre 2010 e 2014, o Hammarby briga na parte de cima da tabela. Como está a expectativa dos torcedores?

“ A expectativa é grande por parte da torcida. Eles estão encantados com a campanha neste ano e nos tornamos heróis deles. Recebemos um carinho maravilhoso na cidade. A torcida é maravilhosa, lota todos os jogos em casa, e merece o que está acontecendo com o clube. “

5 – E vocês jogadores?

“ Estamos com os pés no chão. Trabalhando em busca dos objetivos, temos consciência de que podemos chegar nos nossos objetivos. “

6 – E o seu técnico? Stefan Billborn tem um perfil conservador ou gosta de posse de bola?

“ É um cara estratégico. O estilo de jogo dele é ofensivo. Mas ele estuda o rival e monta o time conforme o perfil do adversário. Ele é mente aberta. “

Futebol brasileiro. Você acompanha?

“ Não consigo por causa do fuso-horário. “

Em qual clube gostaria de atuar aqui?

“ Penso que quando somos profissionais não temos preferência por time A ou B. O Brasil tem grandes clubes. Se um dia surgir o interesse por parte de um clube e meu empresário enxergar que é o melhor para minha carreira, eu volto para o Brasil. “

Seleção Brasileira. Você tem 21 anos. Está no início da carreira e vivendo um bom momento. Sabe que a vida de um jogador pode mudar em uma jogada, um gol. Você planeja estar na lista de convocados da Copa de 2022 no Catar?

“ Seleção é meu maior objetivo. Sempre vou trabalhar e dar meu máximo para chegar na seleção. É um prêmio pelo bom trabalho no clube. Espero que minha oportunidade de atuar na seleção aconteça o mais rápido possível. Se eu for convocado e chegar à Copa do Catar, vai ser uma oportunidade única que vou aproveitar da melhor maneira possível. Mas não quero colocar pressão em mim. Quero deixar que aconteça naturalmente. “

A história de Neto Borges coincide com a maioria dos jovens jogadores brasileiros. Que ela sirva de exemplo para motivar quem está no caminho, quem pretende entrar, e claro, quem tem tornado este caminho cada vez mais precário: os comandantes do nosso futebol.

Samuel Bonicontro (178 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta