Notícias

Sem categoria

Entrevista exclusiva com Claudinei Oliveira, o técnico do Avaí

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Confira a entrevista exclusiva do técnico líder do Catarinense 2017 com o Avaí, Claudinei Oliveira

Claudinei dos Santos Oliveira é o atual técnico do Avaí e ex-goleiro de futebol (1989-2003). O técnico vem dominando o campeonato catarinense, encantando o amante do futebol do estado e inclusive trazendo muita felicidade para o torcedor do Avaí Futebol Clube. Técnico desde 2009 no Santos, sendo até 2013 treinador da base, Claudinei Oliveira é experiente, tendo passagens por Santos, Goiás, Paraná, Atlético Paranaense e Vitória.

Chegou no Avaí na metade de 2016 com a missão de levar o Leão da Ilha de volta para a elite do futebol brasileiro, assim o fez, e agora com a missão de ser campeão catarinense, Claudinei Oliveira está se provando cada vez mais competente e adequado para o cargo, visto que o time é líder invicto da competição. Com 17 pontos em sete jogos, sendo cinco vitórias e dois empates, o Avaí precisa apenas de mais dois pontinhos para se tornar campeão do turno, assim garantindo a vaga na final do Catarinense 2017.

Confira a entrevista exclusiva com o técnico Claudinei Oliveira:

Esportes Mais: A classificação do Catarinense está bem equilibrada até o momento, com poucos pontos separando muitas equipes. Qual seria o segredo para a regularidade do Avaí?

Claudinei Oliveira: Acho que não é bem um segredo, acho que o que está nos dando essa regularidade é ter mantido a base do ano passado, mantivemos bastante jogadores do elenco do ano passado. Talvez seja nosso grande acerto, e com isso saímos um pouco na frente, quando você tem um elenco a mais tempo junto, você sai um pouco na frente, acho que é por aí.

Esportes Mais: Qual o segredo da consistência defensiva do Leão da Ilha?

Claudinei Oliveira: A questão da consistência defensiva passa um pouco por isso que falei, de termos mantido uma base, uma espinha dorsal. Na defesa mantivemos os dois volantes, manteve o Betão, o Alemão e o Capa né. O Maurício já estava com a gente desde o ano passado, não estava jogando, mas estava junto, já entende a forma de a gente marcar, de a gente se organizar defensivamente. Além disso é treino, é trabalho, que a gente fez bastante na pré-temporada né, trabalhos pra aprimorar essa disposição defensiva, que agora com a sequência de jogos não temos como fazer. Estamos vivendo muito do que fizemos na pré-temporada e do que já tinha de informação e trabalho do ano passado, porque agora realmente a gente tem treinado muito pouco com os considerados titulares.

Resultado de imagem para Claudinei Oliveira Santos
Claudinei Oliveira trabalhou no Santos entre 2009 e 2013, sendo grande parte do tempo com a base

Esportes Mais: Como você avalia a evolução do Avaí da temporada passada para essa?

Claudinei Oliveira: Assim, não sei se teve tanta evolução da última temporada para essa, eu acho que a gente, talvez por termos trazido o Dutra e o Denilson, dois atacantes com bastante mobilidade, temos dado algumas variações maiores de movimentação e enfim. Estamos conseguindo criar mais chances de gol, então essa evolução talvez tenha sido na questão ofensiva. Na questão defensiva estamos mantendo nosso padrão, então acho que não teve uma grande evolução, acho que a gente manteve o que vinha fazendo e estamos tentando trazer alguns jogadores com características diferentes pra dar uma melhorada na equipe.

Esportes Mais: Quais os seus planos para a temporada com o clube, visando Copa do Brasil, Brasileirão e Estadual?

Claudinei Oliveira: Os meus planos e o objetivo do Avaí é fazer a melhor campanha possível em cada competição. Das três, a mais importante é o Brasileirão, sem sombras de dúvidas, que eu coloco como principal meta do Avaí pro ano, manter a equipe na primeira divisão, porque isso gera uma receita maior no ano que vem e assim sucessivamente. Então acho que, é seriedade em todas as competições, sabendo que o mais importante é o brasileiro, sem sombras de dúvidas.

Esportes Mais: Analisando o desempenho e o futebol demonstrado pelo time até o momento, dá a entender que os jogadores estão cumprindo bem o que você passa e que o elenco está bem entrosado. É isso mesmo? Como é o relacionamento treinador-elenco e como está o entrosamento do time?

Claudinei Oliveira: É isso mesmo, concordo com você, o que a gente tem passado eles têm procurado fazer, acho que a tua impressão está correta. Eles têm se doado, se dedicado em todos os jogos, todos os treinamentos, não tem o que falar desse elenco não, os caras são muito interessados, querendo muito fazer as coisas acontecerem e isso é o mais importante. O ambiente é muito saudável, tanto entre eles quanto com a comissão técnica, é muito bom.

Resultado de imagem para Claudinei Oliveira Paraná
O técnico vem do Paraná Clube, onde teve boa passagem mas acabou sendo demitido. A diretoria achou que o problema fosse o treinador e não o elenco limitado

Esportes Mais: Por fim, o Figueirense vem jogando muito abaixo do que o Avaí, como você analisa o empate em casa contra o rival?

Claudinei Oliveira: Vejo o empate como resultado normal, acho que não cabe muito ao que vinha acontecendo, é clássico e nisso o jogo é diferente né. A motivação dos atletas é outra, a dos torcedores também, então acho que foi um jogo bastante pegado e acho que o empate por zero a zero mostrou isso, que foi um jogo onde as defesas foram melhores que os ataques. Não acho nada de anormal no resultado, acho que foi um bom resultado, e mais um ponto importante que somamos na competição.

Clique na imagem para acessar o site

Marco Aurelio (96 Posts)

Nascido dia 15/02/2000, sou calouro da ESPM - Sul em Jornalismo. Sou Assessor de Imprensa do Blumenau Esporte Clube e apresentador do programa Voz do Esporte, na Rádio Web Esportiva


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta