Notícias

Futebol Brasileiro

Eles querem ficar: emprestados ao Vasco, dupla quer continuar na Colina

wellington-breno

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cedidos pelo São Paulo, Breno e Wellington querem continuar no Cruzmaltino para a disputa da Libertadores

Emprestados pelo São Paulo até o fim deste ano, o zagueiro Breno e o volante Wellington pretendem continuar no Vasco na próxima temporada. Destaques do Gigante da Colina em 2017, os dois não estão nos planos do técnico Dorival Júnior para 2018.

A situação de Breno parece mais adiantada. O contrato do zagueiro com o São Paulo termina no dia 31 deste mês. Com isso, o Vasco teria apenas que negociar com o atleta para assinar o vínculo com o Gigante da Colina. A expectativa é que Breno feche com o Vasco nos próximos dias.

Já a situação de Wellington não parece ser de fácil resolução. Apesar de não estar nos planos do São Paulo, o contrato do volante termina em outubro de 2018. Além disso, como parte dos salários de Wellington são pagos pelo Tricolor Paulista, ele teria que aceitar uma redução salarial. Vivendo momento de corte de gastos, o Vasco não teria condições de pagar o que o volante recebe. Enquanto o clube não se acerta com Wellington, a diretoria já observa opções mais baratas no mercado. O argentino Leandro Desábato, de 27 anos, assinou por duas temporadas com o Vasco e faz função parecida com a de Wellington.

Mesmo sem nenhuma conclusão sobre os dois jogadores, é certo que o São Paulo não fará esforço para mantê-los. Com Rodrigo Caio, Arboleda, Bruno Alves, Aderllan e Éder Militão na zaga e Jucilei, Petros e Araruna na volância, Breno e Wellington não teriam espaço no elenco.

Criticados no início, Breno e Wellington caíram nas graças da torcida

Tanto Breno e Wellington chegaram ao Vasco com muitos pontos de interrogação. O clube tinha claras deficiências no setor defensivo e os dois chegaram para acertar esses problemas. O zagueiro estreou na vitória, por 2×1, sobre o Bahia, e precisou lidar com a falta de ritmo e os problemas físicos durante sua passagem pela Colina. Mas, quando estava no ápice físico, teve boas atuações, ao lado de Anderson Martins, outro destaque da temporada.

O início de Wellington foi ainda pior, comparado ao de Breno. Na estreia pelo Vasco, o volante fez péssima partida e ainda fez um pênalti, na derrota, por 2×0, para o Grêmio. Wellington teve outros jogos ruins, que culminaram na barração pelo então técnico vascaíno Milton Mendes. Com a chegada de Zé Ricardo, Wellington voltou a ganhar espaço, teve boas atuações e, finalmente, caiu nas graças do torcedor vascaíno.

Pedro Chagas (134 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta