Notícias

Futebol Brasileiro

São Paulo retoma atividades, mas Daniel Alves não fará parte do elenco inicial

Daniel Alves São Paulo

Foto: Divulgação São Paulo FC

Camisa 10 do São Paulo começará atividades em julho, assim como outros atletas; entenda

O Tricolor Paulista dará início as atividades no CT da Barra Funda, mas o fato intrigante é que Daniel Alves, uma das principais estrelas do clube, não fará parte do grupo que está programado para se reapresentar ainda no mês de junho.

O técnico Fernando Diniz e sua comissão informaram que Dani Alves e outros atletas têm data marcada para a reapresentação deles, e tudo indica que acontecerá em julho, onde então irão iniciar os treinos para a nova pré-temporada. Além de Daniel Alves outros atletas só retornam as atividades no próximo mês, no entanto os motivos são distintos. Cada caso tem motivos diferentes e ainda não foi informado o número de jogadores que estão na mesma situação.

Existe apenas a confirmação que um jogador e um funcionário testaram positivo para a Covid-19 e seguem afastados do trabalho. No total 90 pessoas fizeram os exames e além dos que já estão afastados outros três jogadores e um outro funcionário também tiveram contato com o Coronavírus, mas não apresentaram sintomas e já estão recuperados.

Os testes realizados em todos os jogadores e funcionários do São Paulo foram realizados pelo hospital Albert Einstein. Como medidas de prevenção os funcionários do CT irão usar máscara, luvas e aventais. No departamento de futebol haverá menos funcionários no intuito de diminuir a quantidade de pessoas em um mesmo local. Nas áreas internas como vestiário e refeitório estão fechadas e os jogadores chegarão uniformizados para realizar suas atividades.

O nome dos funcionários e jogadores diagnosticados com a Covid-19 não foi divulgado pelo São Paulo, no entanto a assessoria de impressa de Daniel Alves informou que o atleta não faz parte desse grupo, pois não contraiu a doença.

Gonzalo Carneiro também não irá participar dessa primeira semana de treinos. O jogador está no Uruguai e por causa da pandemia está dependendo da comprovação de vinculo de trabalho no Brasil para que possa retornar.

Já conhece o vivaposta? Acesse e utilize o código promocional betclic para fazer as melhores apostas!

Outra consequência dessa Pandemia são os cofres do clube paulista, O São Paulo cogita cortes salariais dos jogadores com reduções de até 50% que deverão se manter até o final de 2020.

O foco não fica apenas no retorno as atividades, mas também na redução de gastos. A diretoria tenta um acordo com os atletas e a ideia é que esses valores sejam reembolsados aos atletas. Já houve tentativa de acordo no inicio da pandemia, porém, sem sucesso.

No momento nem os valores nem os prazos estão totalmente definidos, no entanto a redução é necessária e antes de tomar uma decisão final o clube paulista vai tentar um acordo com os jogadores, sendo essa uma discussão inevitável. Além dos cortes a venda de jogadores também será inevitável para a saúde financeira do São Paulo.

Outra opção na tentativa de contornar a crise causada pelo Coronavirus, é a renegociação dos contratos de valores altos com a opção de aumentar o tempo de vinculo com o clube, e alongar as dívidas para o próximo anos.

Esportes Mais

Deixe uma resposta