Notícias

Futebol Internacional

River Plate e Boca Juniors definem a Libertadores

1541951507_112083_1541971313_noticia_normal

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

River Plate e Boca Juniors selam o campeão da Copa Libertadores da América no Monumental de Núñez

River Plate e Boca Juniors empataram por 2 a 2 a partida de ida, na Bombonera. Sem vantagem para nenhum dos dois, a decisão ficou para segunda partida e será mais um grande duelo. Sem o gol qualificado, qualquer empate levará a decisão para os pênaltis.

River Plate
River Plate e Boca Juniors fazem final histórica!

River Plate e Boca Juniors se enfrentam neste sábado (24/11), ás 17:00 horário de Buenos Aires e 18:00 horário de Brasília. O primeiro jogo terminou 2 a 2, e a decisão será no Monumental, só com torcedores do River Plate. Um empate por qualquer placar levará a decisão para os pênaltis.

Esse será o quarto Boca e River do ano, e a vantagem é toda riverplatense. O River ganhou três e empatou um, sendo que esse empate foi na primeira final. O jogo de ida foi um grande jogo e um resultado justo. Na volta, a expectativa é de outro grande jogo e um título que ficará marcado para ambos lados. Título do Boca e na casa do River, será muito traumático para os torcedores do River. Título do River poderá tirar o apelido de “galinhas” do River.

Sem Scocco e Borré, River deve apostar em Rodrigo Mora no junto com Lucas Pratto

O técnico Marcelo Gallardo terá um importante desfalque para escalar o River Plate diante do Boca Juniors, na histórica final da Libertadores. Lesionado, o atacante Ignacio Scocco está fora do segundo jogo da decisão, que acontecerá neste sábado (24/11) , no Monumental de Núnez. O atleta tinha até voltado aos treinamentos, mas voltou a sentir e desfalca o River na final.

Mas o cara do River no primeiro jogo foi Lucas Pratto. O atacantes vinha sendo muito criticado, mas marcou um gol e teve influência em outro e caiu de vez nas graças do torcedor. Pratto deverá ter Rodrigo Mora como seu companheiro de ataque. Mora é um atacante muito elogiado pelos milionários, mas o ultimamente vem jogando pouco. Outra opção seria a entrada de Quintero. Com isso, Gallardo iria abrir mão de seu dois atacantes.

Gallardo deve ganhar Ponzio de volta. Com o problema muscular, o capitão ficou fora da partida de ida.

Gallardo falou sobre sua sensação de não poder ir ao estádio.

“Foi horrível, um sentimento muito feio que eu não quero nenhum treinador no mundo. Uma coisa é ser suspenso e não deixar você entrar em campo e outra coisa é sair em um episódio como esse. A sensação foi feia e tentei assimilá-la da melhor maneira e banca-lá “.

O técnico falou sobre o que esperar do jogo.

“Talvez possa ser mais atrito, mas imagina-se um jogo com intenções de vencê-lo e Boca vai tentar o mesmo. Se é mais fechado ou não dependerá das posições das equipes quando saem para jogar. Na outra vez em que o tribunal de Boca foi procurar a partida, não fechamos atrás, nem defendemos com dez: fomos e tentamos plantar uma bandeira em um jogo difícil. Fomos e assumimos a responsabilidade, mas dependerá da posição das equipes”.

Marcelo falou o que achou da primeira partida.

“Contra o Grêmio nós não recebemos as condições do jogo ou da partida. E no domingo colocamos as condições e nos demos pelo menos nos primeiros 30 minutos de jogo; mais tarde foi mais uniforme e foi um jogo mais disputado e que será o mesmo pensamento, tentar impor as condições. Você tem um rival que joga e que tentará fazer a coisa dele.”

Com treino aberto, Boca fechou preparação para enfrentar seu maior rival. Andrada e Rossi disputam vaga no gol

50 mil apaixonados pelo Boca Juniors foram á Bombonera apoiar sua equipe. Em um treinamento aberto, os Xeneizes lotaram o estádio e saudaram seus jogadores para o embate contra o rival. A presença do torcedor foi tanta, que muitos ficaram do lado de fora sem poder ingressar no estádio. Tevez, como sempre, foi o mais saudado.

Guillermo tem um problema para definir sua equipe, e o nome dele é: Pavón. Pavón saiu lesionado ainda no primeiro tempo da partida de ida, deu lugar a Benedetto que entrou e melhorou muito o time bostero. Sem Pavón, Guillermo vem testando opções. Cardona, Zárate, Tevez e Benedetto foram testados. O provável é que Zárate comece jogando. Benedetto e Tevez seriam armas para o segundo tempo.

Outra mudança poderá ocorrer no gol. Andrada voltou diante do Patronato e foi muito bem. Como tem uma saída de bola melhor e é bom pegador de pênaltis, o arquero poderá começar jogando. Mas Guillermo ainda faz mistério e ainda não definiu nada, só saberemos dá escalação hora antes de começar o jogo.

O Boca Juniors busca igualar o Indepediente sendo o maior campeão da Copa Libertadores. O clube poderá conseguir sua quinta Libertadores nesse século.

Detalhe: Nessa fase final, os bosteros venceram todos os jogos de ida e não perdeu nenhum na volta. O River empatou dois jogos de ida e perdeu um, mas venceu os três da volta.

Ficha técnica – River Plate e Boca Juniors

Local: Estádio Monumental de Nuñez, Buenos Aires-Argentina.

Horário e transmissão: 17:00 horário de Buenos Aires e 18:00 horário de Brasília; SporTV e Fox Sports.

Árbitro: Andres Cunha.

River Plate: Armani; Montiel, Maidana, Pinola, Casco; Ponzio, Palácios, Quintero, Pity Martínez; Pratto e Mora. Técnico: Marcelo Gallardo.

Boca Juniors: Andrada (Rossi); Jara, Izquierdoz, Magallán, Olaza; Barrios, Nández, Pablo Pérez; Villa, Zárate e Ábila. Técnico: Guillermo Barros Schelotto.

 

Enzo Matheus (318 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta