Notícias

Seleção Brasileira

“O lance foi muito claro”, diz Tite após polêmica em estreia do Brasil

Árbitro não recorre ao VAR para analisar falta em gol suíço e Seleção Brasileira fica no empate em Rostov

 

Na tarde deste domingo (17), a Seleção Brasileira estreou na Copa do Mundo diante da Suíça, na Arena Rostov, e o placar foi um frustrante 1 a 1, com gols de Philippe Coutinho, no primeiro tempo, e Zuber, no segundo.

A partida ficou marcada por reclamações brasileiras durante o segundo tempo. A primeira aconteceu quando Zuber marcou o gol de empate. Após o lance ser reprisado no telão, os jogadores do Brasil cercaram o árbitro Cesar Ramos, que não voltou atrás.

Minutos depois, os jogadores voltaram a reclamar de um pênalti em Gabriel Jesus, que foi agarrado e caiu. Novamente, o árbitro nada fez.

Durante a coletiva, o técnico Tite abordou as polêmicas:

”O lance do Miranda foi muito claro. E não estou justificando o resultado. Muito claro. O lance do pênalti é passivo de interpretação, mas o primeiro, não. Não dá para conceber alto nível dessa forma”, disse.

O treinador da Suíça também falou sobre os lances duvidosos do confronto:

”Nós temos o VAR e ele deve oferecer as respostas. Eu olhei para o lance nosso gol e achei normal. Você tenta criar espaço para ter a oportunidade. Acho que a defesa do Brasil não estava bem posicionada. E não vi pênalti em Gabriel Jesus. Não temos árbitros apenas no campo, mas também com o vídeo. Acho que foram situações claras”, concluiu Vladimir Petkovic.

Com o empate, a Seleção Brasileira ocupa a segunda posição do Grupo E. A equipe volta a campo na sexta-feira (22), em São Petersburgo, para enfrentar a Costa Rica às 9h. Já a Suíça enfrenta a Sérvia em Kaliningrado, às 15h.

 

Deixe uma resposta