Notícias

Futebol Brasileiro

Os méritos do Bahia no primeiro BAVI das finais

DZudbmyX4AEzrmn.jpg large

Bahia entrou em campo apoiado por sua torcida, que pressionava o rival e dava ânimo aos seus jogadores

Antes da partida, na ladeira da fonte das pedras um espetáculo proporcionado pela torcida do tricolor. Destaque internacional a torcida do Bahia foi fundamental para o triunfo da sua equipe.

O time em campo teve sua vitória no meio de campo, onde Vinicius e Gregore dominavam o setor. Com o ganho no meio de campo, alguns jogadores tiveram mais liberdade para criar, como o Léo Pelé e o Marco Antônio.

Marco Antônio disputou o primeiro BAVI, mas em campo se portou muito bem, em certos momentos parecia que ele era o jogador mais experiente do grupo. O jogador ganhou fácil a maioria das jogadas pra cima de Lucas, lateral do Vitória que já jogou por Cruzeiro, Fluminense e Palmeiras.

O Bahia também se aproveitou do bom momento de Vinicius que além de cavar o pênalti e fazer o segundo gol, deu a assistência para Edigar Junio (De centroavante) marcar o gol.

– Acho que foi fantástico, muito bom. Se colocar que jogamos 60 horas atrás, que tivemos, por questão de problemas de logística, cinco horas de ônibus, jogamos em um campo muito pesado, nove jogadores que estiveram lá dentro foram titulares hoje, corremos mais que os caras. Fizemos um placar importante, revertemos a vantagem, que não é definitiva. Vamos ter que repetir outro jogo e buscar consolidar essa vantagem para poder levantar o caneco – avaliou Guto Ferreira.

Há de se destacar que o Bahia se portou bem fisicamente durante quase toda a partida. No final o clube caiu o ritmo, muito pela fadiga acumulada da semana.

Porém como deméritos evidentes:

As várias chances de gol perdidas que não permitiram o Bahia ter uma vantagem maior para o jogo da volta. Gols perdidos de cara por Léo Pelé, Zé Rafael pode e vão atrapalhar na partida de volta.

Má desempenho da zaga, Tiago e Lucas Fonseca entregaram o ouro mais de uma vez. Precisando até de intervenções complicadas de Douglas, como no lance polêmico, se ele bateu com a bola na mão ou não.

Esportes Mais

Facebook

Clique na imagem para acessar o site

Deixe uma resposta