Notícias

Sem categoria

Mesmo com dificuldades, Vôlei sentado Osasco vem mudando a vida de pessoas

Osasco

Um projeto envolvendo esporte e superação vem mudando a vida de diversas pessoas na cidade de Osasco. Trata-se do Vôlei sentado, que conta com diversos atletas que treinam toda segunda e quinta-feira, das 19 às 21h no Ginásio José Liberatti (Rua Jubair Celestino, 150), mesmo espaço onde treina o Osasco Nestlé, um dos principais times de vôlei feminino do país.

“A sociedade precisa ser mais inclusiva e a inclusão só acontece a partir do momento que ela se adapta a necessidade de pessoas com deficiência, proporcionando igualdade. O projeto de alguma forma permite que cada um esteja lá e faça parte por ter algo a agregar como jogador, atleta e pessoa”, disse o assessor de comunicação e assistente técnico da equipe, Alexandre dos Santos Gouveia, que completou.

“É um projeto que promove a inclusão social, dá a chance deles se desenvolverem como profissionais através do esporte”, completou.

Bruno Lelis Caiado, presidente do projeto, falou sobre a importância do vôlei sentado em Osasco.

“A pessoa já nasce com a deficiência, já começa a proteção familiar e com isto a família, tentando ajudar, acaba fazendo um protecionismo mal, excluindo a criança na maioria das vezes da vida social. Também existe o deficiente que se torna ao longo da vida em decorrência de algum trauma, seja ela doença ou acidente, onde ela se diferenciada da sociedade que ainda assombram o preconceito trazidos de nossa cultura ultrapassada e, com isto, elas entram em um poço sem fim. É nessa hora que entra o resgate para nosso projeto, trazemos para um mundo que é igual ao delas e mostrando através do esporte que a sociedade está melhorando com as pessoas com deficiência”, disse Bruno Caiado.

Questionado sobre como o projeto se mantém atualmente, Bruno Caiado explicou.

“Conseguimos manter o projeto graças a empresa SGS, que patrocina alguns atletas. Buscamos apoio em vários seguimento, até para alimentação do atleta, mas não conseguimos apoio nenhum. A prefeitura de Osasco nos ajudava até 2016 com o bolsa atleta, mas teve a troca de governo e acabamos perdendo este apoio. Hoje, até para disputar os campeonatos anuais estou fazendo a inscrições do meu próprio bolso. Disputamos quatro campeonatos anuais, sendo o Paulista, Brasileiro,  Sérgio Delgrand e o Regional”, finalizou.

Quem estiver interessado em ajudar o projeto ou jornalistas que queiram contribuir com a divulgação, podem entrar em contato.

Bruno Caiado

(11) 9 6716-4059

blbleliscaiado@gmail.com

Danilo Silva

(11) 9 4025-9472

daniloinfinity@outlook.com

Alexandre Gouveia

(11) 9 9191-9839

alesgouveia@hotmail.com

Facebook: Vôlei Osasco

Deixe uma resposta