Notícias

Futebol Internacional

O atacante do Estoril, Felipe Augusto, concede entrevista ao Esportes +

felipe

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Felipe Augusto conta sobre sua preparação para o campeonato português,  carreira e expectativa para o futuro

Felipe Augusto, jogador de 24 anos, iniciou a carreira na base do Clube Atlético Mineiro, onde trabalhou com o técnico da seleção brasileira olímpica Rogério Micale. Em 2014 defendeu o Madureira do Rio de Janeiro, onde fez 25 jogos e marcou 4 gols. Logo depois teve uma rápida passagem pelo Linense, até chegar ao Tupi. No Galo Carijó ajudou a equipe a conquistar o acesso a série B do campeonato brasileiro em 2015, onde foi titular em todos os jogos.

Gustavo
Clique na imagem para acessar o site

Chegou ao Estoril no meio do ano e marcou dois gols em seus primeiros 10 jogos pelo clube, se tornando uma peça importante. Com o belo desempenho, renovou seu contrato por mais uma temporada e agora se prepara para a estréia do Estoril no campeonato português. Confira a entrevista:

Felipe, como está sendo a preparação para a próxima temporada pelo Estoril?

R: Nossa preparação está sendo muito boa. Os treinamentos estão sendo produtivos, aprimorando cada dia mais nossa parte física e técnica, já realizamos jogos treino e vamos para a Espanha na próxima semana, concluir a preparação. É minha primeira pré-temporada na Europa e estou aproveitando.

Qual sua expectativa sobre a equipe do Estoril no campeonato português?

R: A expectativa é sempre boa e positiva. Queremos manter o Estoril na elite do país e consequentemente buscar uma campanha ainda melhor que na temporada passada, onde ficamos na oitava colocação. Vamos rodada por rodada e, com os resultados, ver onde podemos chegar.

Felipe Augusto
Felipe e a equipe do Estoril se prepara para a temporada 2016/17 (Foto: Jornal Record)

Como foi a sua adaptação quando chegou em Portugal?

R: Minha adaptação foi um pouco difícil. Aqui na Europa o futebol é muito dinâmico, corrido e de muita marcação, eu tive um pouco de dificuldade no início, pois não estava acostumado com este estilo de jogo, mas depois que acostumei foi tranquilo. Acredito que com a pré temporada junto com o grupo só tenho a melhorar para a próxima temporada.

Como é sua relação com a equipe e a torcida?

R: Minha relação com a torcida é boa, eles apoiam muito o clube e estão sempre juntos com os atletas e membros do clube. Minha relação com a equipe é ótima, estamos formando um grupo muito unido onde todos se dão bem.

Felipe Augusto
Clique na imagem para acessar o site

O quanto o técnico Rogério Micale foi importante na sua carreira?

R: O Micale foi um treinador muito importante para a minha carreira. Foi meu treinador na base do Atlético e me ensinou muito, principalmente sobre a parte tática do futebol, ele contribuiu muito para meu amadurecimento no futebol. Ele é um profissional acima da média, um cara que merece muito chegar onde chegou. Tenho certeza que ainda terá uma grande carreira pela frente.

Sua passagem pelo Tupi foi marcada com o acesso para a série B, sendo titular em todos os jogos. Como você avalia o desempenho da equipe na temporada passada?

R: Minha passagem pelo Tupi foi muito boa. Mesmo tendo ficado no clube somente por um campeonato, fui feliz em conquistar o acesso do clube para a Série B. Nossa campanha foi muito regular, o Leston é um grande treinador e conduziu muito bem nossa equipe para a conquista desse objetivo.

Quem é seu maior ídolo no futebol?

R: Meu maior ídolo no futebol é o Ronaldinho Gaúcho. Ele era o melhor do mundo durante minha adolescência e era mágico vê-lo jogar.

Felipe Augusto
O atacante sonha em vestir a camisa verde e amarela brasileira (Foto: Divulgação)

Quem te incentivou a começar a carreira no futebol?

R: Meu pai foi meu grande incentivador. Eu sempre adorava ver ele jogar nas peladas e campeonatos e eu queria jogar também. Graças a Deus as coisas deram certo.

O quanto o apoio da família foi essencial para você?

R: Penso que o apoio da família é essencial é em qualquer profissão para qualquer pessoa e em qualquer circunstancia da vida e no meu caso não foi diferente. Meus pais e irmãos sempre me apoiaram e estiveram juntos comigo em todos os momentos da minha carreira.

Qual seu maior objetivo no futebol?

R: Meu maior objetivo no futebol não é diferente da maioria dos jogadores. Quero continuar crescendo na minha carreira, ter a oportunidade um dia de jogar em uma grande equipe do Brasil e na Europa e, assim, poder ter a chance de realizar meu maior sonho que é representar nosso país com a camisa da seleção brasileira.

Christian Castilho (272 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta