Notícias

Sem categoria

Federer derrota Wawrinka e conquista mais um título em Indian Wells

1489982556_iw-final-gallery-federerwawrinka

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Depois do épico título do Australian Open, Federer fez mais uma campanha de êxito em Indian Wells

Talvez nem os mais otimistas fãs de Roger Federer, esperariam vê-lo de volta ao circuito com um nível de tênis tão elevado. Durante os 6 meses em que esteve fora da quadra, muitos imaginavam que a sua carreira já estava prestes a ser encerrada. Porém, contrariando todas as previsões, o veterano suíço voltou no mês de janeiro e foi ganhando confiança a cada partida disputada na Copa Hopman (torneio de exibição), e logo depois, no Aberto da Austrália (primeiro Grand Slam da temporada). Entrando como cabeça de chave nº17, ele era apontado como azarão até pelos próprios membros da sua equipe técnica. As expectativas iniciais não se concretizaram, e Federer surpreendeu, enfim vencendo o sonhado 18º Grand Slam. Quase dois meses após o conto de fadas, o suíço mais uma vez mostrou como ainda é difícil de ser batido, conquistando o quinto título em Indian Wells, sem perder sequer um set.

Encontrar a motivação necessária para se manter sempre entre os melhores não é nada fácil, mas Federer ainda tem bastante vontade de superar os seus próprios limites e de se divertir em quadra, nunca perdendo a satisfação de fazer algo que, naturalmente, já deveria ter esgotado a sua paciência, passados 19 anos de circuito. E foi assim que ele alcançou o seu 25º título de Masters 1000, com atuações impecáveis e dignas de um verdadeiro gênio. Para isso ser possível, foi preciso que o ex-número 1 vencesse Stan Wawrinka, seu compatriota e amigo pessoal, também conhecido por feitos expressivos diante do “Big Four”. Federer foi consistente em seu jogo, colocando a agressividade em prática e não perdendo a concentração nos momentos cruciais.

Vimos um pouco de tudo de Federer na final do domingo (19). Saque e voleio no segundo serviço, devoluções ousadas, variações, revés afiadíssimo e acelerações com a direita para definir pontos foram responsáveis por levá-lo ao controle da partida. Até o 5/4 do primeiro set, os dois estavam confirmando o saque sem maiores problemas. Bastou a chance aparecer no 30-40, que Roger conseguiu quebrar o saque de Stan. No segundo set, Wawrinka voltou com outra intensidade, quebrando logo de cara o saque de Federer. Não muito tempo depois, a quebra foi devolvida no 2/1. Sempre com dificuldades para dominar os pontos com o segundo saque, Wawrinka não resistiu no 6/5, e após desperdiçar a chance de levar a parcial para o tiebreak, novamente sofreu a quebra após levar um winner na rede.

Resultado Final:

Roger Federer (SUI) 2×0 Stan Wawrinka (SUI) – 6/4 e 7/5, em 1h20 min.

A cerimônia da entrega dos troféus também foi especial. Wawrinka se emocionou ao falar do público, brincou com o momento de Federer e não escondeu a sua admiração por ele. Agora, Stan soma três finais e dois vices em torneios ATP Masters 1000. Enquanto Roger subiu quatro posições no ranking (agora é o nº6 do mundo) e chegou ao seu 90º troféu na carreira, sendo 25 deles em Masters 1000. Falta pouco para atingir aos 94 títulos de Ivan Lendl e se tornar o segundo maior campeão da história. Jimmy Connors continua na liderança isolada com 109 conquistas.

 

suporte (1993 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta