Notícias

Futebol Internacional

Copa do Mundo 2018: Panamá

Grupo G – Especial Copa do Mundo

Panamá fará a sua estreia em Copa do Mundo neste ano

O Panamá garantiu vaga pela primeira vez em uma Copa do Mundo após se classificar pelas eliminatórias da Concacaf.

Esta foi a décima primeira vez que a seleção Panamenha participa das eliminatórias para a Copa e essa foi a sua melhor participação, um terceiro lugar.

História na Copa

Em sua primeira participação em Copa do Mundo, a equipe caiu no grupo G, ao lado de Bélgica, Inglaterra e Tunísia.

Para fazer bonito no sua primeira competição, os panamenhos estão se preparando para fazerem uma bonita festa na Rússia junto com todos os fanáticos que viajarem até o local.

Apontado como a última força por ter a pior colocação no atual ranking da FIFA, o time do técnico Bolillo Gómez enfrentará dificuldades frente as fortes seleções da Bélgica e Inglaterra, mas o que importa é a felicidade do povo por poder participar de uma Copa do Mundo.

A estrela

(Foto: Reprodução / TV)

Quem chega até a Copa do Mundo com a fama de estrela da Seleção é o zagueiro Roman Torres. Ele foi o autor do gol que classificou o Panamá com vaga direta para a Copa do Mundo.

O jogador tem 32 anos e é o capitão da equipe. Atualmente ele atua no Seattle Sounders, dos Estados Unidos. O jogador já teve proposta para jogar na Premier League em 2011, mas a negociação não deu certo por questões financeiras, segundo o próprio relatou.

Roman Torres disse em entrevista a BBC Britânica em Março deste ano que o seu ídolo é Rio Ferdinand, zagueiro que atuou pela Inglaterra até mesmo em Copa do Mundo. A Seleção inglesa é adversária do Panamá no grupo G. As seleções só se enfrentam na segunda rodada.

Nessa entrevista o jogador revelou o quão importante foi o gol da classificação nas eliminatórias não só para ele, mas também para o Panamá.

“Aquele momento significou muito. Foi um ato histórico, algo que estará sempre na minha alma e no meu coração. Foi muito importante para o povo panamenho. Há um bom tempo, estávamos tentando chegar à Copa do Mundo. As pessoas na rua me param e querem uma foto comigo”, relatou o zagueiro Roman Torres.

O treinador

(Foto: Divulgação / FEPAFUT)

Hernán Darío Gómez, mais conhecido como Bolillo Gómez, é o primeiro técnico colombiano a participar de três Copas do Mundo. O treinador de 61 anos já classificou a Colômbia, em 1998, e o Equador, em 2002. Agora vai para a sua terceira Copa como treinador com o Panamá, em 2018.

Nas suas participações anteriores, ele terminou em terceiro lugar no grupo com a Colômbia, com apenas uma vitória, e em último no grupo com o Equador, também com uma vitória. A missão de Bolillo é passar pela primeira vez da fase de grupos.

Como se classificou?

O Panamá se classificou a Copa do Mundo com uma terceira colocação nas Eliminatórias da Concacaf, o que lhe garantiu uma vaga direta no Mundial. Em 16 jogos no torneio foram seis vitórias, cinco empates e cinco derrotas.

Na competição a partir da quarta fase, o Panamá fez dez pontos no grupo 2 em 18 disputados, ficou em segundo, atrás apenas da Costa Rica, e se classificou para o Hexagonal Final.

No Hexagonal final foram 10 jogos, 13 pontos conquistados e uma classificação histórica. O time perdia para a Costa Rica na última rodada por 1 a 0 no primeiro tempo. Mas no segundo tempo, aos 43 minutos, Roman Torres fez o gol da virada que garantiu o terceiro lugar panamenho e a classificação.

Curiosidades

A Seleção é composta por jogadores em sua maioria acima dos 24 anos. Mais da metade dos jogadores convocados no período das eliminatórias atuavam fora do Panamá.

Informações complementares

Capital: Cidade do Panamá

População: Aproximadamente 4,1 milhões de habitantes

Participações em Copa do Mundo: Nenhuma

Time base: Jaime Penedo Cano; Adolfo Machado, Fidel Escobar, Román Torres, Luis Ovalle; Gabriel Gómez, Aníbal Godoy, Alberto Quintero; Edgar Barcenas, Blas Peres e Gabriel Torres. Téc: Bolillo Gómez.

Ranking FIFA: 55º lugar

Esportes Mais

Facebook

 

Deixe uma resposta