Notícias

Sem categoria

Com direito a recorde de Carille, Corinthians bate a Ponte em Itaquera

timaao

Com gols de Jadson e Jô, Timão vence a Ponte Preta e se torna mais líder do que nunca

Na noite deste sábado (08), o Corinthians recebeu a Ponte Preta em jogo válido pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro. Com ótimo retrospecto encima da equipe de Campinas jogando em Itaquera, o Corinthians confirmou o favoritismo e bateu a equipe comandada por Gilson Kleina.

Um dos responsáveis pelo ótimo momento do Timão, o técnico Fábio Carille igualou o recorde de ninguém mais, ninguém menos que Tite. Com a décima vitória em doze jogos, o Corinthians faz a mesma campanha comparada ao de 2015, onde se sagrou campeão brasileiro.

O JOGO

Com um começo equilibrado e sem chances de gols, ambas equipes mostraram que o jogo seria de poucos chutões e muita bola rolando.

Romero até tentou duas vezes. A primeira, o paraguaio arriscou uma bicicleta, mas errou a direção. Depois o camisa 11 tentou de cabeça, mas Aranaha bem colocado fez boa defesa.

No final do primeiro tempo, Romero cruzou, Jô tentou duas vezes, mas a bola sobrou para o Jadson, que de primeira, deslocou o goleiro.

No início do segundo tempo, Jadson lançou Rodriguinho, que achou Jô, livre na área, o camisa 7 nem precisou dominar. Corinthians 2×0 Ponte Preta.

Após o segundo gol, o Timão diminuiu o ritmo, deixando a Ponte mais com a bola. Aos 19 minutos, Guilherme Arana derrubou Emerson Sheik na área, o juiz marcou pênalti.

Nesse momento, o árbitro deu cartão para Balbuena. Após mais de 5 minutos com o jogo parado, o juiz voltou atrás, anulou o amarelo do paraguaio e aplicou para Guilherme Arana, que cometeu o pênalti. Na cobrança, Lucca bateu e o goleiro Cássio defendeu, segundo pênalti seguido que o goleiro corintiano defende.

Um dos encontros mais esperados do jogo, era o reencontro de Emerson Sheik com o Corinthians. O capitão da Ponte se mostrou muito feliz em reencontrar ex companheiros, brincando em várias partes do jogos com os jogadores do Timão.

Deixe uma resposta