Notícias

Sem categoria

Penapolense vai à Justiça para cobrar calote de grande clube paulista

Marlone-1024×682

Segundo o clube interiorano, o Corinthians deve em relação à negociação de Marlone

O Corinthians se tornou alvo de mais uma ação na Justiça envolvendo a acusação de calote. Ontem foi divulgado a ação que o Coritiba havia iniciado para que o clube quite a dívida sobre o atacante Kazim. Agora é a vez do Penapolense cobrar o Timão. O clube interiorano conta uma quantia de R$ 1,7 milhão, referente à compra de Marlone em 2016. O que torna a situação mais complicada é que o clube pediu à Justiça que penhore contas bancárias e congele ativos financeiros até a quitação da dívida.

O Penapolense afirma que o Corinthians deixou de cumprir o acordo entre as duas equipes desde dezembro, e por esse descumprimento tomou as medidas cabíveis. O acordo era que a partir de dezembro, o Corinthians pagasse duas parcelas de R$ 500 mil, além de 20 parcelas mensais de R$ 150 mil.

Uma cláusula no contrato obriga o Corinthians a pagar o valor total em caso de atraso que ultrapasse três meses, segundo a acusação, atualmente está em cinco meses. O clube de Penápolis ainda informou que tentou diversas negociações de forma extra-judicial, mas sem sucesso.

A decisão agora está na 29ª Vara Cível de São Paulo com a juíza Valéria Longobardi. O Corinthians ainda não foi notificado por ser uma ação recente.

Deixe uma resposta