Notícias

+ Esportes

Lakers e Celtics buscam desafiar favoritismo do Warriors para temporada 2018-19 da NBA

Foto:Pixabay.com

Celtics apostam em um jovem e bom elenco, enquanto o Lakers  em uma renovada equipe com Lebron James como estrela

A temporada 2018-2019 da NBA vem com várias mudanças e trocas em alguns dos principais times em disputa. O ícone Lebron James, por exemplo, mudou de casa e finalmente vai estrear com a camisa do Los Angeles Lakers. O excelente jogador promete levar o clássico clube de volta aos playoffs, algo que não ocorre desde 2013. No entanto, o favoritismo ainda continua no colo do Golden State Warriors e também no excelente e jovem time do Boston Celtics.

Após o título da temporada passada, quando arrasou com o Cleveland Cavaliers, o Golden State não ficou parado no mercado e já se reforçou com mais um excelente jogador. DeMarcus Cousins se junta ao time que já possui Kevin Durant e Stephen Curry. O antigo pivô do New Orleans Pelicans possui números que o colocam como um dos mais dominantes na posição. Na temporada passada, por exemplo, chegou a marca de quase 13 rebotes e cinco assistências por jogo. Porém, uma lesão no tendão de aquiles do atleta interrompeu a temporada de Cousins, que deve ficar até 2019 sem jogar. O Golden State aproveitou esse tempo de recuperação e apostou na contratação do atleta.

Já o Boston Celtics aposta na manutenção da equipe que chegou até a final de conferência, quando acabou perdendo para o Cleveland Cavaliers. E esse elenco pode muito bem surpreender, ainda mais com os retornos de Kyrie Irving e Gordon Hayward, que estavam lesionados. Al Horford, Jayson Tatum, Jaylen Brown e Terry Rozier são os outros astros do elenco de jogadores que prometem dar trabalho nas mãos do experiente Brad Stevens.

O Oklahoma City Thunder ainda joga toda a responsabilidade para cima do excelente Russell Westbrook. O armador que foi MVP em 2017 possui números de estrela e atualmente busca mais recordes, principalmente após chegar aos 100 triplos duplos na carreira. Ele vai continuar com a companhia de Paul George, que renovou contrato com time e busca uma campanha melhor do que em 2017-18.

Lebron James promete o retorno dos Lakers

Foto: NBA – Facebook

 

A maior surpresa da temporada vai ser a estreia de Lebron James pelo Los Angeles Lakers. Após deixar o Cleveland, um dos maiores jogadores da história da NBA busca acabar com a sina de vices e tenta o quarto título na carreira. No entanto, a equipe ainda precisa ser melhor montada, algo que pode acontecer apenas na temporada 2019-20. A tradicional equipe manteve algumas estrelas mais jovens e apostou em três veteranos: Rajon Rondo, Lance Stephenson e JaVale McGee.

Outro time que possui chances de brilhar é o eterno San Antonio Spurs do excelente treinador Gregg Popovich. Apesar de ter um time completamente novo, após a aposentadoria do trio Parker, Ginobili e Duncan, o Spurs ainda contam com o diferenciado Kawhi Leonard para a temporada e ele pode ser o fio da balança por um resultado surpresa nos playoffs.

Todas essas equipes parecem dispostas a destronar a equipe de Kevin Durant e companhia. No entanto, a tarefa não vai ser fácil e o favoritismo continua totalmente com o Golden State Warriors. Segundo alguns dados do portal Betway, no dia 29 de setembro a equipe tinha 63,7% de sair da temporada com o terceiro título consecutivo da NBA. Seria um recorde para franquia e também para os jogadores do elenco.

1552562562

Cavaliers e Rockets são incógnitas na temporada

Com a saída de Lebron James, o Cleveland Cavaliers deve ter dificuldades para chegar a quinta final consecutiva. O time aliviou a folha salarial, mas não conseguiu se reforçar a ponto de ter um time para colocar medo nos rivais. Além disso, viu equipes ao redor montar elencos melhores no mercado de transferência e também no Draft. A responsabilidade deve ficar nas mãos do experiente Kevin Love, caso o jogador realmente fique na franquia para a disputa da temporada.

Outra incógnita gira em torno do Houston Rockets, que tem conseguido realizar boas temporadas graças ao excelente desempenho de James Harden, o MVP de 2018. No entanto, a dificuldade ainda continua pelo fato dos rivais estarem montando times galáticos e Houston ser uma equipe dependente do ala-armador.

1552562562

Os times já estão na disputa da pré-temporada, mas os resultados pouco dizem do rendimento real, já que muitos ainda atuam com times jovens e reservas. Porém, essa temporada pode ser a de mudanças da NBA e que podemos finalmente ter uma final diferente de Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers. Pelo menos, uma das duas equipes deve ficar de fora.

Roma
Clique na imagem para acessar o site

 

Deixe uma resposta