Notícias

Sem categoria

Jogos Olímpicos Rio 2016: resumo do dia 20

IMG_20160820_214844 (1)

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Confira tudo que rolou no penúltimo dia das Olimpíadas Rio 2016

Neste sábado (20) tivemos muitas definições de medalhas e início de algumas competições, além da conquista inédita e histórica do brasileiro, Isaquias Queiroz, na canoagem. O baiano conquistou sua segunda prata nestes jogos e se tornou o primeiro brasileiro a ganhar três medalhas em uma mesma edição do torneio olímpico. Consagrados nas Copas do Mundo, nosso futebol masculino lutou e conquistou neste 20 de Agosto, o ouro inédito em uma Olimpíada, e o ouro veio dentro de casa.
Veja os principais resultados de hoje nas seguintes modalidades:
                                            Badminton Simples masculino
Na manhã deste sábado (20), no confronto pelo ouro olímpico na modalidade, o chinês Chen Long, segundo colocado no ranking mundial, venceu o número um do mundo, o malaio Chen Long, por dois sets a zero, e garantiu o alto do pódio no badminton simples masculino.
Durante o dia também tivemos a disputa pelo bronze, entre o dinamarquês Viktor Axelsen, e o chinês Lin Dan, no confronto pela terceira colocação, o atleta da Dinamarca surpreendeu e levou a melhor sobre o bicampeão do ouro olímpico, nas últimas duas olímpiadas, Lin Dan, por dois sets a um e garantiu o bronze no Rio.
                                             Canoagem velocidade
Caiaque individual 200m: 
Em uma disputa por medalha acirrada e definida por segundos, no estádio da lagoa, o atleta da Grã-Bretanha, Liam Heath garantiu o ouro com o tempo de 35,19 s. A prata ficou com o francês, Maxime Beaumont que encerrou a prova em 35,36 s. Na disputa pelo bronze, os atletas Saúl Craviotto da Espanha e Ronald Rauhe da Alemanha cravaram o mesmo tempo, e garantiram o bronze por 35,66 s.
Canoa dupla 1.000m masculino: Com direito a conquista histórica para o Brasil nas Olimpíadas, as medalhas da modalidade foram definidas na manhã deste sábado.
O lugar mais alto do pódio ficou com os alemães, J. Vandrey e S. Brendel, no tempo de 3:43,91. A prata foi conquistada pela dupla brasileira, formada por Erlon Silva e Isaquias Queiroz que enceraram a prova em 3:44,81, com a prata o baiano Isaquias Queiroz se tornou o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas em uma mesma edição dos jogos olímpicos. O bronze ficou com os ucranianos, T. Mishchuk e D. Lanchuk que enceraram a competição no tempo de 3:45,94.

               IMG_20160820_213227
                                                           Handebol feminino
Disputa pelo ouro: Pelo medalha dourada, as Russas enfrentaram as francesas na grande final do Handebol feminino, pelo placar de 22 a 19, a Rússia garantiu o alto do pódio.
Disputa pelo bronze: A Noruega venceu a equipe dos Países Baixos por 36 a 26.
                                          Luta Olímpica Luta livre 86kg masculino
Classificatórias: A Bielorrússia venceu o Cazaquistão por 3 a 1. O atleta búlgaro venceu o atleta da Mongólia por 5 a 0. E o Irã venceu a Tunísia por 3 a 0.
Oitavas de finais: A Rússia venceu a Hungria por 4 a 0. O atleta da Venezuela venceu o Egito por 3 a 0. O atleta do Azerbaijão venceu o chinês por 4 a 0. O polonês venceu o atleta da Georgia por 3 a 1. A Turquia venceu Porto Rico por 3 a 1. O cubano venceu por 5 a 0 o atleta da Coreia do Sul. O atleta norte-americano venceu a Bielorrússia por 3 a 1. Pelo placar de 3 a 1, o Iraniano venceu o búlgaro.
Quartas de finais: Avançaram para as quartas, os atletas da Rússia, do Azerbaijão, da Turquia e dos Estados Unidos.
Semifinais: No confronto entre Rússia e Azerbaijão, o atleta russo levou a melhor por 3 a 1 e avançou para a disputa pelo ouro olímpico. Na disputa entre Turquia e Estados Unidos, o turco bateu o norte-americano por 3 a 1 e garantiu sua vaga na grande final.
Final: Pelo lugar mais alto do pódio, Rússia e Turquia se enfrentaram, o atleta russo levou a melhor sobre o turco, por 3 a 0 e garantiu o ouro.

 IMG_20160820_205809
                                                               Triatlo feminino
A norte-americana, Gwen Jorgensen conquistou o lugar mais alto no podia com o tempo de 1:56,16. A prata ficou com suíça, Nicola Spirig, que encerrou a competição em 1:56,56. A atleta da Grã-Bretanha, Vicky Holland, ficou com o bronze após encerrar em 1:57,01.
                                        Saltos ornamentais, plataforma de 10 m masculino
Semifinais: o atleta chinês, Chen Aisen é o mais bem colocado com a pontuação de 559.90, seguido por Qiu Bom, de mesma nacionalidade com 504.70, o atleta mexicano Iván Garcia vem na terceira posição com 497.55 pontos.
Final: Na grande final dos saltos, o ouro ficou com o atleta da China, Chen Aisen, que concluiu a apresentação com 585.30, a prata foi conquistada pelo atleta mexicano, Iván Garcia, com 538.70. O norte-americano, David Boudia, que não havia ido tão bem nas semifinais, surpreendeu e conquistou o bronze olímpico, com 525.25 pontos.
                                                            Ginástica rítmica
Equipes geral feminino

Classificatória: as oito equipes mais bem colocadas avançaram para a grande final, sendo eles: Espanha, Rússia, Bielorrússia, Itália, Japão, Israel, Bulgária e Hungria. A equipe espanhola foi a mais bem colocada com 35.749 pontos, as brasileiras ficaram na 9º colocação com 32.649 pontos ficando fora da disputa por medalhas.
Individual geral feminino: Na disputa individual das ginastas em todos os aparelhos, a atleta russa, Margarita Mamun, levou o ouro com a pontuação de 76.483. A prata ficou com a também russa, Yana Kudryavtseva, com 75.608, a ucraniana Ganna Rizatdinova, com 73.583 conquistou o bronze.
                                          Ciclismo mountain bike, cross country feminino
A sueca Jenny Rissveds, garantiu o ouro olímpico com o tempo de 1:30:15. A prata ficou com a canadense, Maja Wloszczowska, que encerrou a prova no tempo de 1:30:52, a canadense, Catherine Pendrel ficou com o bronze, no tempo de 1:31:41.
                                                       Polo aquático
Disputa 7º lugar: a equipe brasileira enfrentou a Espanha, e perdeu pelo placar apertado de 9 a 8, encerando sua participação na 8º colocação destas Olimpíadas.
Disputa pelo 5º lugar: A Hungria bateu a Grécia por 12 a 10 e conseguiu o 5º lugar nos jogos.
Duelo pela medalha de bronze: pelo bronze olímpico a Itália enfrentou a seleção de Montenegro e venceu por 12 a 10, conquistando assim a terceira colocação no pódio.
Duelo pela medalha de ouro: em busca do ouro olímpico, Sérvia e Croácia duelaram, a seleção sérvia levou a melhor e garantiu o lugar mais alto no pódio com uma vitória de 11 a 7, sobre os croatas.

camisas
                                                            Boxe
Peso médio 75kg masculino: Na disputa pelo lugar mais alto no pódio olímpico, o atleta cubano, Arlen Lopez, enfrentou o atleta bektemir Melikuziev, do Azerbaijão, e conquistou o ouro olímpico por 3 a 0.
Peso galo 56kg masculino: 
Na final pelo ouro, o duelo entre o Cubano, robeisy Ramirez, e o norte-americano, Shakur Stevenson, foi vencido pelo atleta de Cuba por 2 a 1, que garantiu o ouro.
Peso mosca 51kg feminino: Na grande disputa pelo ouro olímpico, a atleta da Grã-Bretanha, Nicola Adams, venceu a francesa, Sarah Ourahmoune, por 3 a 0 e levou o lugar mais alto do pódio.
                                    Taekwondo, acima de 80kg masculino
Oitavas de finais: Avançaram para as quartas, Brasil, Níger, Cuba, Uzbequistão, Irã, Grã-Bretanha, Coreia do Sul e Azerbaijão.
Quartas de finais: O brasileiro, Maicon Siqueira perdeu para o atleta de Níger, o Uzbequistão passou por Cuba, o atleta iraniano foi derrotado pelo da Grã-Bretanha e o Azerbaijão venceu bem a Coreia do Sul.
Repescagem: O atleta brasileiro teve a chance de chegar na disputa pelo terceiro lugar, é venceu o francês por 5 a 2, avançando na disputa pelo bronze. No outro duelo da repescagem, o atleta da Coreia do Sul venceu por 15 a 8, o atleta do Cazaquistão.
Confrontos pela medalha de bronze: O Brasileiro, Maicon Siqueira, enfrentou o atleta da Grã-Bretanha, Mahama Cho, e pelo placar de 5 a 4, garantiu o bronze inédito no Taekwondo para o Brasil. No segundo confronto, o sul coreano, Cha Dong-Min venceu por 4 a 3 o atleta do Azerbaijão, e também levou a medalha de bronze.

                                                      Vôlei de quadra feminino
Disputa pelo ouro: A disputa pelo ouro olímpico no volêi feminino, ficou entre China e Sérvia, após perderem o primeiro set, as chinesas voltaram para a partida e venceram os três sets seguintes, garantindo assim a medalha dourada.
Disputa pelo bronze: A seleção dos Estados Unidos enfrentou os Países Baixos e venceu por 3 sets a 1, ficando com o bronze olímpico neste Rio 2016.
                                                            Basquete feminino
Disputa pelo ouro: Em busca do tão sonhado ouro olímpico, as norte americanas enfrentaram as espanholas e mantiveram a tradição do país no esporte, conquistando o lugar mais alto no pódio, em uma partida onde venceram pelo placar confortável de 101 a 72.
Disputa pelo bronze: França e Sérvia fizeram a partida pelo bronze olímpico, com o placar acirrado, a equipe francesa garantiu a medalha pelo placar de 70 a 63.
                                                             Futebol masculino
Disputa pelo ouro: Em um partida dramática, onde alemães e brasileiros lutavam a cada bola pelo ouro olímpico, em 1 a 1 no tempo normal, com gols de Neymar para o Brasil e Maximilian Meyer para a Alemanha. O ouro olímpico do futebol masculino foi decidido em uma disputa por pênaltis, as quatro primeiras cobranças de ambas as equipes foram convertidas, no quinto chute alemão, o goleiro Weverton defende e encaminha o ouro inédito, na última cobrança brasileira, o camisa dez e capitão da amarelinha, Neymar, converte, e sagra os donos da casa, donos também do ouro.
Disputa pelo bronze: No Mineirão Honduras e Nigéria disputaram o bronze, a equipe africana venceu pelo placar de 3 a 2 e garantiu a medalha olímpica.

  IMG_20160820_202116
                                                        Atletismo
Salto em altura feminino: A espanhola, Ruth Beitia, alcançou a maior marca, e levou o ouro. A prata ficou com a atleta da Bulgária, Mirela Demireva, e o bronze com a croata Blanca Vlasic.
800m feminino: O lugar mais alto do pódio ficou com a sul-africana, Caster Semenya, a prata com a atleta de Burundi, e o bronze com a queniana.
Lançamento do dardo masculino: O alemão Thomas Rohler atingiu a maior distância com 90.30m e garantiu o ouro, a prata ficou com o queniano, Julius Yego por 88.24 e o bronze foi para o atleta de Trindad e Tobago, Keshorn Walcott com 85.38m.
1.500m masculino: O ouro foi para o norte-americano, Matthew Centrowitz com 3:50,00, a prata ficou com o argelino, com 3:50,11 e o bronze para o atleta da Nova Azelândia com 3:50,24.
5.000m masculino: A prova foi vencida por Mo Farah da Grã-Bretanha, com o tempo de 13:03,30, a prata ficou com o da Etiópia, Hagos Gebrhiwet que concluiu a prova em 13:04,35, o bronze foi conquistado por Bernard Lagat, dos Estados Unidos, com 13:06,78.
Revezamento 4 x 400m feminino: A equipe dos Estados Unidos levou o ouro no revezamento feminino, no tempo de 3:19,6. A prata ficou com as jamaicanas, com a marca de 3:20,34, o bronze ficou com a equipe da Grã-Bretanha que enceraram a prova em 3:25,88.
Revezamento 4 x 400m masculino: Os Estados Unidos ficou com o ouro, com o tempo de 2:57,30, a prata foi para os jamaicanos que terminaram a prova em 2:58,16, e o bronze ficou com os atletas de Bahamas, com o tempo de 2:58,49.

mini camisas

Milenna Paulino (146 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta