Notícias

Sem categoria

Com chuva na capital, Avaí e Inter de Lages ficam no empate

Jogando melhor, Inter leva gol no primeiro tempo, perde pênalti, mas empata no final

No início da noite deste domingo (5), o Avaí recebeu a equipe do Inter de Lages, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Catarinense. O Leão da Ilha empatou com Leão da Serra pelo placar de 1 a 1 e terminou o turno invicto.

O Inter de Lages entrou com vontade de vencer, tomou as ações do jogo e logo no primeiro minuto, em jogada ensaiada, carimbou o gol avaiano. O jogo seguiu com superioridade colorada. Entretanto, o gol do Leão Baio não saiu, e contra time grande não se pode desperdiçar as chances. Mesmo com um bom primeiro tempo, aos 47 minutos, em falha de Renato Camilo, Vinicius Pacheco pune o Inter e marca o primeiro gol da partida.

Inter Avai Catarinense
Chuva em Florianópolis atrapalhou a partida em alguns momentos (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

A segunda etapa começou com muita chuva e o espetáculo ficou prejudicado. Com campo pesado, o Inter teve dificuldade de trabalhar a bola e baseou seu jogo na ligação direta. Até que aos 30 minutos, Luizinho foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti. Enercino foi pra bola e jogou por cima, desperdiçando até então a melhor chance colorada. Mas aos 44 minutos, o vilão no primeiro tempo, Renato Camilo, redimiu-se e empatou de cabeça, dando números finais à partida.

Análise e Opinião

A torcida colorada estava ansiosa para ver seus novos craques em campo, Max, Jullyan e Leo Kanu. O time se mostrou mais ofensivo com a mudança nas peças da frente. Porém a bola não entrou, e Max não fez uma boa estreia. Talvez precise de algum tempo para se adaptar à equipe. Contudo, o time no geral mostrou evolução. Léo deu segurança na defesa, e Marcos Paraná foi de novo o maestro do time, servindo e povoando o meio de campo.

Marcelinho não estava jogando a mesma partida que os outros jogadores; em sua segunda má apresentação, não acertou nem as cobranças de falta, jogando sempre a bola muito baixa e desperdiçando as melhores bolas paradas do Leão Baio.
Enercino fez seu jogo, dentro do proposto pelo professor Joel. Correu, cruzou e fuzilou o goleio manezinho, mas hoje a bola não quis entrar. Perdeu um pênalti que poderia ter dado a vitória colorada, mas no geral foi bem.

Diante da apresentação de hoje, podemos esperar um time mais “cascudo” para o segundo turno, com chances de brigar na parte de cima da tabela e buscar uma possível vaga para a Copa do Brasil.

Do lado avaiano só festa. Os reservas não deram jogo fácil e mostraram que querem sua vaga no time principal, levando em conta que alguns jogadores estavam voltando de lesão e outros sem ritmo de jogo. O Leão da Ilha conseguiu safar-se e terminar o turno como campeão invicto, recebendo a taça Club Atlético Nacional de Medellín – uma homenagem à postura dos colombianos durante a tragédia envolvendo a Chape.

Segundo Turno

Com o final do turno, os pontos são zerados para a disputa da segunda vaga na final. Mas para o rebaixamento contam os pontos gerais. O Avaí termina com 21 pontos, garantido na final (se conquistar também o segundo turno, será campeão diretamente), e enfrenta o Criciúma em casa no próximo domingo. Já o Inter de Lages termina com 11 pontos, ainda buscando a permanência na Série A do Catarinense. Recebe a Chapecoense no próximo sábado.

Deixe uma resposta