Notícias

Futebol Internacional

Uruguai terá dez desfalques para amistoso contra o Brasil

Brasil_Uruguai

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Defesa será o setor com mais problemas

Uruguai enfrenta o Brasil em Londres, nesta sexta-feira às 18h no horário de Brasília. A lista de desfalques da Celeste inclui dez jogadores, alguns deles titulares indiscutidos. Por isso, a seleção uruguaia terá estreias e novidades importantes.

URUGUAI TERÁ DEZ DESFALQUES PARA A PARTIDA CONTRA O BRASIL

A preparação para os amistosos contra Brasil (sexta-feira) e França (terça-feira) foi bastante tumultuada. A cada dia, uma nova notícia ruim complicava ainda mais a situação sanitária da equipe uruguaia.

Ao todo, serão dez desfalques. Quase um time inteiro ficará de fora das partidas desta data FIFA. Fernando Muslera, Guillermo Varela, José Giménez, Diego Godín, Gastón Silva, Sebastián Coates, Gastón Silva, Cristian Rodríguez, Nahitán Nández e Cristhian Stuani não poderão fazer parte da equipe nestes dois amistosos.

A DEFESA: DE FORTALEZA A CALCANHAR DE AQUILES

A última linha foi a fortaleza uruguaia na Copa do Mundo 2018. Foram apenas três gols sofridos em cinco partidas, dois deles justamente no jogo da eliminação para a França,  posterior campeão mundial. Muslera, Godín e Cáceres estiveram nas cinco partidas. Giménez em quatro, Coates entrou por Giménez na partida contra a Rússia. Varela foi titular nas duas primeiras partidas e depois perdeu a vaga para Laxalt, que entrou contra a Rússia e não saiu mais.

Após a Copa do Mundo, contudo, a situação mudou drasticamente. Uruguai sofreu seis gols na gira asiática, fora os dois sofridos contra o México no jogo em que Tabárez não esteve à frente da seleção por conta do atraso na sua renovação de contrato. Para piorar, Giménez não esteve em nenhum dos amistosos e Coates e Godín falharam nos dois jogos na Ásia.

Se o panorama para a partida de hoje era complicado, ao longo das últimas semanas piorou drasticamente. Muslera sofreu uma lesão e está fora, assim como Giménez e Godín, Coates, reserva natural, também está fora. Varela se machucou na preparação para os amistosos na Ásia e só volta em 2019. Cabaco, que foi convocado no lugar de Giménez, contundiu-se nos treinamentos e não jogará contra o Brasil, podendo voltar na terça-feira contra a França.

Dessa forma, a última linha uruguaia terá cinco jogadores que jamais jogaram juntos. Martín Campaña, goleiro do Independiente, assumirá a vaga de Fernando Muslera no gol. Trata-se do goleiro uruguaio que atravessa um melhor momento na carreira e o substituto natural quando Muslera pendure as luvas. Na defesa, duas estreias: Mathias Suárez na lateral direita e Bruno Mendez na zaga. Suárez é jogador do Defensor Sporting e fez parte das seleções de base. Já Mendez joga no Wanderers e é o capitão da atual seleção sub 20. Ao seu lado, Martín Cáceres mudará de posição para dar experiência à zaga. Diego Laxalt será o único “titular” na sua posição natural de lateral-esquerdo.

MEIO-CAMPO: MARCAÇÃO E BOM PASSE MARCAM ESCOLHAS

Após a Copa do Mundo, três nomes se tornaram titulares absolutos na seleção uruguaia. Lucas Torreira ganhou a vaga ao longo da competição e hoje é figura do Arsenal da Inglaterra. Será o principal marcador do meio-campo uruguaio neste amistoso contra o Brasil. Ao seu lado, Rodrigo Bentancur e Matías Vecino terão responsabilidade tanto defensiva quanto ofensiva. Ambos são titulares nos seus clubes (Juventus e Internazionale de Milão) e combinam marcação com boa saída de bola, além de poderosa finalização de fora da área.

Como responsáveis pela criação de jogadas, Gastón Pereiro terá uma nova oportunidade como titular da seleção uruguaia. O jogador do PSV Eindhoven da Holanda vive um grande momento na carreira e fez uma excelente partida no amistoso contra o México. Pode jogar como meia ou como atacante, é canhoto e tem bom passe e boa finalização. Nos treinamentos, deixou o cruzeirense Giorgian De Arrascaeta no banco de reservas.

Ficaram de fora da partida de hoje Cristian Rodríguez e Nahitán Nández, ambos de fora por conta dos compromissos com seus clubes (finais do Campeonato Uruguaio e da Copa Libertadores respectivamente).

ATAQUE TEM PRINCIPAIS NOMES DA SELEÇÃO URUGUAIA

Suárez e Cavani voltarão a ser os titulares do ataque uruguaio. A última partida em que ambos atuaram foi no jogo das oitavas de final contra Portugal, vencido pelo Uruguai por 2 a 1 com dois gols de Cavani, um após uma bela tabela com Suárez. Nesse jogo, contudo, Cavani se contundiu e desfalcou o Uruguai no jogo contra a França. Sem seu parceiro de ataque, Suárez fez uma partida discreta e a Celeste foi eliminada sem criar grandes chances ofensivas.

Nos amistosos contra México, Coreia do Sul e Japão, Cavani foi poupado ainda por conta da contusão sofrida na Copa do Mundo. Pereiro, Stuani e Urretaviscaya estiveram nesses jogos ao lado de Suárez, mas apenas contra o México o Uruguai teve volume de jogo e conseguiu a vitória. Hoje será o retorno da dupla titular do ataque celeste e Suárez assumirá a faixa de capitão.

FICHA TÉCNICA: URUGUAI x BRASIL

Estádio: Emirates Stadium de Londres. Horário: 20h da Inglaterra (18h no horário de Brasília).

URUGUAI: Martín Campaña; Mathías Suárez, Bruno Méndez, Martín Cáceres, Diego Laxalt; Lucas Torreira, Matías Vecino, Rodrigo Bentancur, Gastón Pereiro; Edinson Cavani, Luis Suárez. Técnico: Oscar Tabárez.

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda, Filipe Luís; Walace, Arthur, Renato Augusto; Douglas Costa, Neymar, Firmino. Técnico: Tite.

Veja o Pré-Jogo

 

nico.bianchi.sica (71 Posts)

Professor de História pós graduado em Jornalismo Esportivo. Uruguaio, torcedor fanático da "Celeste" e do Nacional.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta