Notícias

Futebol Brasileiro

Cruzeiro x América-MG: quem leva a melhor na semifinal do Estadual

CLAUDINHO

Cruzeiro recebe o Coelho no Mineirão no primeiro jogo da semifinal. Embora o América-MG joga por dois resultados iguais, a Raposa quer tirar a vantagem nos seus domínios e decidir a vaga no Independência

Na tarde deste domingo (02), a equipe do Cruzeiro Esporte Clube recebe o América Futebol Clube às 16h, no Estádio Magalhães Pinto “Mineirão”, em duelo válido pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro de 2021.

Tabela de classificação das equipes: Cruzeiro x América-MG

O Cruzeiro foi o terceiro colocado com 20 pontos em onze jogos, seu último jogo foi contra o Patrocinense no Mineirão e venceu por 4 a 0, mantendo a mesma posição que estava na rodada anterior. Conforme o regulamento os quatros primeiros colocados entram na fase semifinalistas, sendo que o primeiro joga contra o quarto e o segundo contra o terceiro em dois jogos. O time com melhor campanha entra em campo por dois resultados iguais.

Já o América-MG ficou em segundo lugar com 22 pontos conquistados, vem de vitória, de goleada por 5 a 0 encima da URT fora de casa, jogando no Estádio Zama Maciel, fechando com chave de ouro a primeira fase do Campeonato Mineiro, sendo adversário do Cruzeiro com a vantagem de dois resultados iguais. Decide em casa no próximo jogo, na Arena Independência.

Após cumprir suspensão, Rafael Sóbis volta ao time do Cruzeiro

Jogadores titulares que enfrentaram o Patrocinense fizeram treinos leves na última terça-feira (27), todo elenco fica à disposição do treinador Felipe Conceição que a partir de quarta-feira (28) fará dois treinamentos para aprimorar o posicionamento tático e técnico dos atletas.

Assim o comandante Celeste terá tempo suficiente para definir a equipe titular para o primeiro jogo da semifinal no domingo (02) contra o clássico diante do América-MG. Felipe Conceição deve fazer somente uma mudança, a volta do atacante Rafael Sóbis no lugar de William Pottker, que apesar de ter feito dois gols e uma assistência deve voltar à reserva do qual foi o substituto no jogo contra o Patrocinense que fechou a primeira fase do Estadual.

O cuidado fica por conta do lateral direito Raul Cáceres, o zagueiro Ramon e o atacante Airton. O trio estão pendurados com dois cartões amarelos, contra o Patrocinense, Felipe Conceição promoveu a estreia do jovem da base e lateral direito Geovane, exatamente para ter uma carta na manga caso o Paraguaio seja punido contra o América-MG, nas demais posições, o treinador já tem substitutos, como o jovem zagueiro da base, o Paulo e para o atacante Airton, tem o Felipe Augusto.

Com treinos de finalizações, América-MG inicia a preparação

O treinador Lisca comandou no CT Lanna Drumond na última terça-feira (27), treinamento de finalizações iniciando a semana de preparação contra o clássico diante do Cruzeiro e primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro.

Quem está treinando normalmente é o meia Geovane que lesionou no jogo-treino de pré-temporada contra o Bolívar da Bolívia e está há mais de 60 dias sem jogar um jogo oficial nesta temporada. América-MG fará treinos todos os dias pela manhã visando a semifinal no domingo (02) contra o Cruzeiro no jogo de ida no Mineirão.

Lisca ainda não poderá contar com os jogadores Lucas Luan, Leandro Carvalho, Yan Sasse, Marcelo Toscano e Léo Passos todos entregue ao Departamento Médico e sem previsão de retorno às atividades.

Cruzeiro reencontra América-MG com time totalmente diferente

Uma das diferenças deste clássico entre Cruzeiro x América-MG pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro de 2021, está sentado no banco: o comandante Felipe Conceição. Técnico vinha sendo criticado por torcedores, colunistas e em sites especializados no futebol. Bastou o time engrenar, ter uma sequência de vitórias, classificação para a terceira fase da Copa do Brasil diante do América-RN por 1 a 0, fora de casa no Estádio Arena das Dunas.

Exatamente nestes jogos o treinador Felipe Conceição conseguiu repetir as escalações, exceto problemas de cartões ou contusões dos jogadores. O time que enfrentou o América-MG na primeira fase classificatória e que foi derrotado pelo Coelho por 1 a 0 e poderia ter sido até por mais, se não fosse a grande atuação do goleiro Fábio, que aliás no último minuto do jogo fez pressão, fazendo com que um pênalti fosse desperdiçado pelo atacante Americano. Fábio cresceu pra cima do adversário fazendo com que ele chutasse pra fora do gol, tentando tirar muito do arqueiro Cruzeirense.

Então, o Cruzeiro chega totalmente modificado para este jogo e com um esquema tático diferente e hoje aplicado às ideias do treinador. Neste último confronto as mudanças, além de tática, são as seguintes: no lugar do zagueiro Eduardo Brock entra o jovem Weverton, no meio de campo sai Jadson e Alan Ruschel para a entrada de Matheus Barbosa que hoje tem a função de box to box (atacar e defender com a mesma proporção), tanto que o jogador tem feito gols pela Raposa e Rômulo que já vinha dando qualidade, estabilidade e mobilidade ao time quando entrava, dando junção no meio de campo e ligando este ao ataque.

Na frente saíram Felipe Augusto e Marcelo Moreno, sendo substituídos por Airton e Rafael Sóbis. Outro que não era titular e que vivia revezando ali no ataque com Felipe Augusto, William Pottker era o Bruno José que hoje é titular absoluto do Cruzeiro, fazendo o papel de ponta pela direita e ora pela esquerda, dando movimentação no ataque Celeste.

Se naquele jogo o treinador Felipe Conceição era muito questionado por todos, hoje ele trabalha mais a vontade e mostra um esquema tático e definido dentro da forma de jogar. Embora exista pontos a ser melhorado, mas o comandante Celeste vem dando consistência ao time e na era dos técnicos que passaram pelo Cruzeiro neste momento de reformulação, ele supera a todos pelo tempo que tem no cargo.

América-MG fez 109 anos no dia 30 de abril e Lisca passa a ser o treinador mais longevo do Brasileirão

Primeiramente temos que reverenciar o Coelho que completou 109 anos no último dia 30 de abril. O único time decacampeão do Brasil, títulos Mineiros de 1916 a 1925, quem iguala a ele é o ABC-RN que conquistou os Estaduais de 1932 a 1941. No inicio da década do século 20, o América era soberano no Estado de Minas Gerais, depois de alguns anos surgiu como principal rival, o Atlético Mineiro.

O América-MG soma 16 títulos Estaduais, dois Campeonatos Brasileiros da Série B e em 2020 fez sua melhor campanha na Copa do Brasil chegando às semifinais com o Palmeiras, sendo eliminado no Estádio Independência, no jogo de volta, depois de ter vencido o Verdão em São Paulo por 1 a 0, sob o comando do treinador Lisca, no cargo até hoje e levando o título de técnico mais longevo do Brasileirão Série A.

Lisca anda valorizado no mercado e depois da queda de Renato Gaúcho no Grêmio, ele passou a ser mais valorizado ainda, carregando o título de “treinador mais longevo da Série A”. A princípio isto não abala o trabalho do comandante Americano, que foca agora nas duas partidas das semifinais do Campeonato Mineiro contra o Cruzeiro e cumprir seu contrato que vai até o fim do ano.

– Cogitação de outros clubes, é normal no trabalho e no mercado, ainda mais em trabalhos de sucessos, com resultado, boas apresentações da equipe. Fico feliz de ser lembrado por outros clubes do futebol brasileiro.

“Mas é só lembrança, tá? Estou bem no América, feliz com o que está sendo feito, planejando o ano todo. Me sinto feliz no clube, respeitado e valorizado.” (Lisca) – disse ao ge Globo Esporte.

Lisca anda investindo na carreira como executivo de futebol e só tem elogios ao clube América Futebol Clube, onde cita os projetos, a estrutura e diz estar bem no time, sendo respeitado e valorizado por todos.

– O América caminha para crescimento enorme, estrutural. É um dos mais prontos para ser clube-empresa. Estou fazendo um curso de executivo de futebol, não que eu queria ser, mas por curiosidade até. O América é um dos motes, exemplo do curso. História do clube, organização, institucional. Governança e compliance pronto, conversas com investimentos do exterior. Fico feliz de participar do processo e dar esse salto junto. Meu foco de momento é esse – finalizou o treinador Lisca ao ge Globo Esporte.

Fotos: Facebook/Cruzeiro.

Fonte: ge Globo Esporte.

Ficha técnica – Cruzeiro x América-MG

Data: 02/05/2021

Hora: 16h, horário de Brasília

Local: Estádio Magalhães Pinto “Mineirão” – Belo Horizonte – MG.

Arbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira – FMF – MG.

Arbitro assistente 1: Celso Luiz da Silva – FMF – MG.

Arbitro assistente 2: Marcus Vinicius Gomes – FMF – MG.

Cruzeiro: (Provável escalação) Fábio; Raúl Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa e Rômulo; Airton, Bruno José e Rafael Sobis

Técnico: Felipe Conceição.

América-MG: (Provável escalação) Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, Alê, Bruno Nazário e Felipe Azevedo (Ademir); Rodolfo.

Técnico: Lisca.

 

Deixe uma resposta