Notícias

Futebol Brasileiro

Coimbra e Cruzeiro: pressão total em duelo no Independência

CRUZEIRO FELIPE CONCEIÇÃO

Coimbra precisa vencer e torcer por derrota do Uberlândia para sair do Z-2, já a Raposa tenta o segundo triunfo consecutivo e consolidar no G-4, grupo dos semifinalistas do Estadual

Na tarde desta quarta-feira (07), a equipe do Coimbra Sports recebe o Cruzeiro Esporte Clube às 17h30, horário de Brasília, no Estádio Independência, em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro de 2021.

Tabela de classificação das equipes: Coimbra x Cruzeiro

O Coimbra é o penúltimo colocado com 5 pontos apenas, está na 11ª posição, vem de derrota por 1 a 0 contra a URT, jogo realizado fora de casa no Estádio Zama Maciel, resultado este que fez a Águia perder uma posição e entra no Z-2, zona de rebaixamento do Estadual de 2021.

Já o Cruzeiro soma 11 pontos em sete jogos, venceu a última rodada jogando contra o Boa Esporte por 1 a 0, jogo realizado fora de casa no Estádio Municipal de Varginha, placar que veio ainda na primeira etapa da partida e consequentemente a Raposa subiu duas posições e entrou no G-4 ficando exatamente em quarto lugar.

Eugênio Souza coloca o que tem de melhor contra o Cruzeiro

O treinador Eugênio Souza ainda não poderá contar com os jogadores Glaycon e Augusto, ambos no departamento médico do clube. Em contrapartida até o recente momento conta com os demais atletas para o grande desafio de enfrentar o Cruzeiro.

Como o time está na penúltima colocação do Campeonato Mineiro, o grande problema do técnico é enfrentar um Cruzeiro cheio de altos e baixos, mas que está no G-4 e precisa vencer para continuar entre os semifinalistas da competição Estadual. Se ao mesmo tempo a Raposa não anda lá estas coisas, quanto mais dirá a Águia que precisa veementemente da vitória nesta quarta-feira (07) além de ter que torcer para uma derrota do Uberlândia contra a Caldense fora de casa no Estádio Ronaldão em Poços de Caldas.

Manoel cumpre suspensão e é desfalque na Raposa

Já o treinador Felipe Conceição não poderá contar com o zagueiro Manoel, jogador levou o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática diante do Coimbra. Para este inicio de temporada, o Cruzeiro tem tido problemas com um índice alto de cartões amarelos e vermelhos, contra o Boa Esporte foram cinco cartões, sendo um para o técnico Felipe Conceição.

Para o lugar de Manoel, Felipe Conceição tem duas escolhas: os garotos Weverton e Paulo, já que Eduardo Brock livre depois de cumprir suspensão, fica de fora por entorse no tornozelo. O time Celeste entra em campo contra o Coimbra com jogadores titulares pendurados como: Alan Ruschel, Ramon, Raúl Cáceres, Jadson e Airton. Isto significa problemas, já que no domingo tem clássico contra o Atlético Mineiro e caso algum desses jogadores sejam punidos, poderá impactar diretamente na formação da equipe, mudando muito as peças que vem jogando.

Cruzeiro segue como time mais indisciplinado do Campeonato Mineiro de 2021, com 22 cartões amarelos e 5 cartões vermelhos em sete jogos, demais para um time que anda em busca da sua melhor formação tática e escalação ideal, uma média de quase quatro cartões por partida, atrapalhando a sequência dos titulares.

Coimbra não consegue repetir o que fez anteriormente

Coimbra que foi campeão da terceira divisão do Campeonato Mineiro de 2018 contra o Athletic, empatando em 0 a 0 em São João Del Rei e 1 a 1 no Estádio Independência, sagrando campeão na disputa por pênaltis. A Águia foi para o Módulo 2 em 2019 e também conseguiu ser campeã chegando a elite em 2020.

Já no Campeonato Mineiro de 2020, o Coimbra não fez uma campanha boa, mas conseguiu permanecer na competição Estadual ficando em 10º lugar ou seja escapou por pouco da degola, já que pelo regulamento, os dois últimos são rebaixados.

Se em 2020 foi por pouco, em 2021 o descenso anda rondando a equipe do Coimbra, que está em 11º lugar e contra o Cruzeiro nesta quarta-feira (07) não pode pensar em outra coisa, senão a vitória. A Águia vai ter que entrar determinada em campo e mostrar o futebol que a trouxe para a elite do futebol Mineiro.

Felipe Conceição e uma nova função em campo: “box-to-box”

Após pedido do treinador Celeste, Matheus Barbosa passa por adaptação em campo dentro do esquema tático do Cruzeiro. Jogador de 26 anos está emprestado a Raposa até o fim da temporada pelo Avaí. Ele começou a carreira como zagueiro e ano passado jogou de volante no Cuiabá e desde que chegou na Raposa tem sido aproveitado como meio-campista mais avançado.

“Venho trabalhando todos os dias. Sei que não cheguei no meu ideal aqui, os primeiros jogos estava me adaptando à nova função, novo estilo de jogo. Mas venho crescendo a cada jogo. Isso passa muito pela confiança que o professor e o grupo vêm passando para mim”, agradeceu Barbosa. Ao Superesportes.

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Matheus Barbosa revelou esforço para conseguir desempenhar nova função (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

“O Felipe tem procurado me passar conselhos de posicionamento, de infiltração e tem acreditado no meu potencial. Venho me dedicando bastante nos treinos, procurando evoluir a cada treino para aproveitar as oportunidades”, explicou.
Jogador tem feito uma espécie de treinamento intensivo, buscando vídeos de atletas que desempenham a mesma função para agradar e adaptar aos conceitos do técnico Felipe Conceição.
“Venho me adaptando a cada treino, a cada jogo. Estou me sentindo bem a cada dia. Por isso, há o crescimento. Estou procurando ver vídeos de jogadores que atuam naquela função, para participar bastante do jogo na parte ofensiva e defensiva, então acredito que os vídeos e os toques do Felipe vêm me ajudando a crescer”, disse.
Já o comandante da Raposa foi entrevistado pelo site Superesportes e comentou sobre a nova função “box-to-box”, aquela em que um jogador vai de uma área a outra atacando e defendendo com a mesma intensidade, e ele acredita que o volante Matheus Barbosa possa fazer isso tranquilamente.
“Ele tem potencial para fazer o que a gente chama de box to box. Vejo nele as características de ser um cara que pise na área e consiga defender, como outros meias que cumprem essa função. É um cara que tem se dedicado muito, tem bastante qualidade técnica, uma passada larga muito boa. Não tenho dúvidas do potencial dele e de onde ele pode chegar”, analisou o treinador.
Fotos: Facebook/Cruzeiro e Gustavo Aleixo/Cruzeiro.
Entrevistas/falas: Superesportes.

Ficha técnica – Coimbra x Cruzeiro

Data: 07/04/2021

Hora: 17h30, horário de Brasília

Local: Estádio Independência – Belo Horizonte – MG

Arbitro: Ricardo Marques Ribeiro – FMF – MG.

Arbitro assistente 1: Leonardo Henrique Pereira – FMF – MG.

Arbitro assistente 2: Weyder Marques Borges – FMF – MG.

Coimbra: (Provável escalação) Jori; Filipi, Diogo Henrique, Carciano e Lucas Hipólito; Thomás, Kauê e Marquinho; Guilherme Santos, Rafhael Lucas e Igor.

Técnico: Eugênio Souza.

Cruzeiro: (Provável escalação) Fábio; Cáceres, Weverton (Paulo), Ramon e Alan Ruschel (Matheus Pereira); Adriano, Matheus Barbosa e Marcinho (Claudinho); Bruno José, Felipe Augusto (Airton) e Rafael Sobis (Marcelo Moreno).

Técnico: Felipe Conceição.

Deixe uma resposta

1