Notícias

Futebol Brasileiro

Boa Esporte x Cruzeiro duelam no Estádio Municipal de Varginha

168503720_4040763869314959_89789588766480838_n

Boa Esporte joga em casa contra a Raposa, tentando pontuar na tabela de classificação e sair do Z-2. Já o time Celeste busca a todo custo um triunfo para tentar entrar no G-4

Na manhã deste domingo (04), a equipe do Boa Esporte recebe o Cruzeiro Esporte Clube às 11h, horário de Brasília, no Estádio Municipal de Varginha, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Mineiro de 2021.

Tabela de classificação das equipes: Boa Esporte x Cruzeiro

O Boa Esporte é o vice lanterna do campeonato com 4 pontos ganhos, vem de derrota por 1 a o, jogando fora de casa no Estádio Independência, resultado que fez o time de Varginha perder uma posição e consequentemente entrar no Z-2, zona de rebaixamento do Estadual Mineiro de 2021.

Já o Cruzeiro soma 8 pontos em seis jogos, ficando na incômoda sexta posição, vem de empate por 0 a 0 contra a Tombense, jogando dentro de casa no Estádio Mineirão. Com este placar nada bom para o time Celeste ele acabou perdendo uma posição na tabela e afastou mais um pouco do G-4, grupo de elite dos semifinalistas do Campeonato Mineiro de 2021.

Gabardo Júnior assume o comando do Boa Esporte

O novo treinador do Boveta, Gabardo Júnior de 38 anos, chega para dirigir o time no restante do Campeonato Mineiro e o Brasileirão Série D. Comandante estava no Vitória da Conquista-BA e recebeu carta branca pra botar o elenco na ponta dos cascos.

Além de não ter problemas com os jogadores para o jogo contra o Cruzeiro, o técnico Gabardo Júnior aguarda liberação dos novos contratados: o lateral direito e ex-jogador do clube Carlos César, que defendeu o Boa Esporte em 2011. O outro é o jovem volante Thiago Peralta de 17 anos, revelação da base do Internacional que assina contrato por cinco anos.

Retorno de Marcelo Moreno e suspensão de Alan Ruschel

Já o treinador Felipe Conceição não poderá contar com o lateral esquerdo Alan Ruchel que cumpre suspensão por ter levado o cartão vermelho, sofrido contra a Tombense no lance que causou o pênalti para o time adversário, em seu lugar entra o Matheus Pereira. Em compensação ele tem o retorno do atacante Marcelo Moreno que serviu a Seleção Boliviana em dois jogos amistosos contra o Chile e o Equador, Moreno disputa uma vaga de centroavante com Rafael Sóbis.

Técnico ainda conta com o volante Rômulo que fica à disposição do comandante Celeste, sendo inscrito no BID (Boletim Informativo Diário). Jogadores se reapresentaram ontem à tarde, sexta-feira (02), onde fizeram um único treino antes de viajar para o próximo compromisso que é contra o Boa Esporte no domingo (04).

100 anos! 3 de abril de 1921, a primeira partida do Cruzeiro

(Foto: Acervo/Cruzeiro)Foto

Foto de um dos primeiros times da história do Cruzeiro (Foto: Acervo/Cruzeiro)

Fundado em 02 de janeiro de 1921, três meses depois o Palestra Itália então atual Cruzeiro entrava em campo pela primeira vez contra um combinado de Nova Lima, time Celeste venceu por 2 a 0 com gols de Nani Lazzarotti. Assim começava o inicio da história das “…Páginas heroicas e imortais…”, como diz a letra do hino do clube, que carrega como mascote e símbolo do time: a Raposa.

O Palestra Itália entrou em campo com a seguinte formação:  Nullo, Polenta, Ciccio, Quiquino, Américo, Bassi, Lino, Spartaco, Nani, Henriqueto e Armandinho.

O combinado de Nova Lima assim: Ferreira, Marcondes, Ruanico, Cristovão, Baiano, Oscar, Raimundo, Gentil, Badu, Damaso e Juá.

Segundo o historiador Anísio Ciscotto, responsável pela tradução das primeiras atas, destaca esta data 3 de abril de 1921 como importantíssima e um marco na trajetória de títulos do Cruzeiro. Ele relata que o clube nasceu diferentemente dos demais adversários,  como Atlético-MG, América-MG, Flamengo e muitos outros que foram criados e angariaram torcedores.

O Palestra Itália ao contrário dos outros times, a torcida fundou o time, a comunidade Italiana sentiu esta necessidade e esta vitória importante sobre o time que era um combinado do Villa Nova e Palmeiras de Nova Lima, foi tão significante a ponto do Atlético-MG fazer um convite para um jogo contra o Palestra Itália no dia 17 de abril de 1921, sendo esta a primeira parte de uma das maiores rivalidades do futebol.

O historiador do Cruzeiro, Thiago Soraggi falou deste relato do primeiro jogo do Palestra Itália em entrevista.

“Nas matérias que tenho de época, algumas citam que seria o segundo time do Villa Nova, e outras citam que seria um combinado do Villa Nova e do Palmeiras. (…) O que eu concluí é que não era a equipe principal do Villa Nova, por conta dos jogadores. Temos, em uma das matérias da época, uma escalação do Villa, que faria um jogo logo depois contra um time do Rio. Não era o principal do Villa Nova (contra o Cruzeiro). Então, eu concluo que era o segundo time do Villa Nova, combinado com jogadores do Palmeiras. O primeiro time do Villa, certamente não era. Era uma equipe secundária do Villa, que veio a BH fazer esse jogo, juntamente com o Palmeiras, que era um time muito próximo do Villa. Tínhamos alguns diretores do Villa que faziam parte do Palmeiras, que era uma equipe menor”. Disse Thiago Soraggi ao ge Globo Esporte.

O que esperar de Carlos César e Thiago Peralta

O lateral-direito Carlos César que jogou no clube em 2011, volta após 10 anos e com passagens significante por times grandes e da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, equipes como Atlético Mineiro, Vasco, Athletico-PR, Coritiba e também Criciúma-SC. Jogador vem agregar conhecimento e experiência ao time do Boveta.

– Depois de 10 anos, poder voltar ao clube, a expectativa é de realizar um bom trabalho e ajudar o clube a alcançar os objetivos dentro da competição. Depois de tanto tempo, chego mais maduro, podendo agregar valor dentro e fora de campo – afirmou o lateral pelas redes sociais do clube. Fonte ge Globo Esporte.

Já o “menino” e volante Thiago Peralta é esperado como uma solução para o clube, já que o jovem é revelação do Internacional Sport Club.

Thiago Peralta, da base do Internacional, chega ao Boa Esporte como promessa — Foto: Mário Purificação/Boa Esporte

Thiago Peralta, da base do Internacional, chega ao Boa Esporte como promessa — Foto: Mário Purificação/Boa Esporte

– As expectativas são as melhores, estou muito feliz por vestir a camisa de um grande clube como o Boa. Espero que juntos possamos alcançar grandes objetivos, quero fazer uma grande trajetória vestindo esse manto. Estou procurando evoluir ao máximo, me doando sempre nos treinamentos e tentando absorver ao máximo os ensinamentos do grupo e da comissão técnica disse o volante – Fonte ge Globo Esporte

Foto: Facebook/Boa Esporte.

Ficha técnica – Boa Esporte x Cruzeiro

Data: 04/04/2021

Hora: 11h, horário de Brasília

Local: Estádio Municipal de Varginha

Arbitro: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira – FMF – MG.

Arbitro assistente 1: Celso Luiz da Silva – FMF – MG.

Arbitro assistente 2: Fernanda Nandrea Gomes Antunes – FMF – MG

Boa Esporte: (Provável escalação) Carlos Miguel; Yuri, Admilton, Alex Alves e Matheus Muller; Guilherme Escuro, Léo Coca e Dieguinho; Fabinho, Nicholas e Jefferson.

Técnico: Gabardo Júnior.

Cruzeiro: (Provável escalação) Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa (Rômulo) e Marcinho; Airton (Felipe Augusto), Bruno José e Marcelo Moreno (Sobis).

Técnico: Felipe Conceição.

Deixe uma resposta