Notícias

Futebol Brasileiro

Atlético de Alagoinhas derrota o Fluminense de Feira na estreia do Baianão 2021

Atlético de Alagoinhas

Atlético de Alagoinhas derrota o Fluminense de Feira na estreia do Baianão

Jogando no Joia da Princesa, o Atlético de Alagoinhas não fez por menos, e derrotou o Fluminense de Feira em importante vitória na abertura do Campeonato Baiano. O Atlético conseguiu seu gol no segundo tempo, quando Dionisio conseguiu um belíssimo gol de falta, gol único que deu os três pontos ao Carcará.

O Fluminense começou bem na partida, dominando o meio, e chegando bem com o Igor Alves, Bruno Veiga e Guilherme Quijingue. Mas tudo isso desmoronou, quando Emerson, jogador do Atlético aplicou uma tesoura e tirou o Igor Alves de campo. Emerson foi expulso e o Atlético jogou o jogo quase todo com um a menos.

O Atlético não chegava com perigo, quem chegava foi o Fluminense que teve chances com Arnold e Bruno, mas não conseguiu abrir o placar. No segundo tempo, o Fluminense teve dificuldades para atacar, e o Atlético em cobrança de falta abriu o placar com Dionísio. O Fluminense até forçou, tentou, mas parou em três oportunidades no goleiro Fabio Lima, que teve grande atuação. Os times voltam a aturar durante a semana. Fluminense encara a Juazeirense fora de casa, o Atlético de Alagoinhas recebe o Vitória.

Entrevistas:

Estevam Soares (Técnico do Atlético de Alagoinhas):

“Sabíamos o que seria esse jogo, pela representatividade que tem o Fluminense, e por ser um clássico regional. Uma estreia de competição, quer seja ela qualquer for, seja Campeonato Brasileiro, Baiano, Sul-americana, é muito importante para uma equipe estreia com a vitória, esse foi uma das coisas que falamos na palestra, e que seria muito importante.”

” O Fluminense nos surpreendeu positivamente no começo do jogo, foi uma equipe rápida, que tocava bem a bola, depois com alguns acertos, criamos algumas chances, mas depois com a expulsão complicou toda programação, com tudo que imaginamos para a partida, foi com mais ou menos 20 minutos do primeiro tempo. Principalmente por um jogador que era uma válvula de escape nossa, jogador rápido que tinha o drible, fomos aí, trouxemos para o 4-4-1, um homem lá na frente e no intervalo consertamos.”

“Fomos felizes no segundo tempo, é difícil você falar “fomos merecedores”, fomos merecedores pelo esforço, temos que louvar pela grande partida que o Fluminense fez, e a defesa providencial que o goleiro fez no final, o jogo poderia ser 1 a 0, 1 a 1, 2 a 1 para o Fluminense facilmente”

Thiago Santa Barbara (Treinador do Fluminense de Feira):

“O futebol é extremamente imprevisível, eu vi uma equipe muito ofensiva que foi o Fluminense, jogamos no campo deles durante a maioria do tempo. E numa bola parada, eles conseguiram fazer o gol. Nós tentamos com bastante movimentações, tivemos ainda algumas oportunidades, mas agora é levantar a cabeça, quarta-feira tem mais um duelo. Claro que ficamos chateados, trabalhamos para conseguir vencer dentro de casa, a produção da equipe foi uma boa produção. Ajustar o que vimos, e aplicar pontos de melhoria, e acertar a pontaria e conseguir o resultado fora de casa.”

“Temos que pensar na ausência do Igor e do Michel, que não poderão atuar na próxima partida, mas o grupo tem de mostrar força nesses momentos, em que um atleta ou outro não possa participar, por um motivo ou outro. Agora é ajustar a equipe, pegar as informações da Juazeirense, arrumar para a próxima partida, sem perder nossa essência e o nosso jeito de atuar.”

Fabio Lima (Goleiro do Atlético):

“Foi um jogo muito difícil, sabíamos que não seria fácil, complicou mais com um jogador do Fluminense, mas Graças a Deus, conseguimos suportar a pressão do Fluminense e marcar um gol. Agora é descansar, quarta-feira tem um jogo difícil contra o Vitória, uma grande equipe, com certeza vai ser bem difícil.”

 

Imagem em destaque: Matheus Silva/Esportes Mais

Deixe uma resposta