Notícias

Futebol Brasileiro

Um ano de recomeço e glórias

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Grêmio ainda pode chegar ao céu. Inter de volta à Terra; Inter e Grêmio terminam o ano de 2017 com alguns objetivos cumpridos.

Como diz o título: Um ano de recomeço e glórias… mas que ainda não acabou. O Inter ao menos saiu do Inferno, mas o Grêmio está ás portas do céu… e quer entrar!

Tudo começou no Campeonato Gaúcho. O primeiro turno foi dominado pelos clubes do interior. O Grêmio se classificou em 4º, com 17 pontos, a 6 do líder Novo Hamburgo. Já o Inter, se classificou em 7º lugar, com 14 pontos, apenas 5 a mais que os rebaixados Ypiranga e Passo Fundo.

Nas quartas-de-final, a dupla grenal conseguiu a passagem ás semifinais vencendo os jogos de ida e volta contra Cruzeiro-RS e Veranópolis. Na semifinal, o Grêmio foi vergonhosamente eliminado pelo Novo Hamburgo nos pênaltis, após empates por 2 a 2 nos 2 jogos.

A sorte foi mais generosa para o Inter, que após ganhar do Caxias por 1 a 0 e depois perder pelo mesmo placar, conquistou a classificação nas penalidades. Na final contra o Novo Hamburgo, o vexame mudou de lado. O Campeonato Gaúcho foi decidido nos pênaltis após dois empates: 2 a 2 na ida e 1 a 1 na volta. Novo Hamburgo campeão.

Na Copa do Brasil, o Inter não foi muito longe. Após eliminar Princesa do Solimões-AM, Oeste, Sampaio Correa e Corinthians, o Colorado parou nas oitavas-de-final, no Palmeiras. Já o Grêmio que entrou nas oitavas por estar na Libertadores, eliminou Fluminense e Atlético-PR antes de sair para o Cruzeiro nos pênaltis, nas semifinais.

Na confusa Copa da Primeira Liga, o Inter liderou com folga o Grupo A, mas foi eliminado nas quartas-de-final, em casa, pelo vice-campeão Atlético-MG. Já o Grêmio se classificou em 2º no Grupo B, atrás do Flamengo, mas na reedição da semifinal da Copa do Brasil, foi eliminado mais uma vez pelo Cruzeiro, dessa vez nas quartas.

No Campeonato Brasileiro da Série A, o Grêmio foi ao lado do Palmeiras o maior perseguidor do campeão Corinthians. Segundo muitos analistas, o tricolor só não foi o campeão porque dedicou boa parte do ano ás competições mata-morre.

Um exemplo é o início do Brasileirão, onde o Grêmio venceu as duas primeiras partidas, mas perdeu a terceira, contra o Sport Recife, por priorizar a Libertadores. No fim, 4 dos 20 tropeços do time ao longo do torneio fizeram diferença, e o Grêmio terminou o brasileiro em 4º, com 62 pontos, a 10 do campeão.

Já o Internacional na Série B começou assustando e revoltando seu torcedor. Não bastasse a vergonha de jogar pela primeira vez a segunda divisão, o Colorado fez um péssimo início de torneio, chegando a ficar algumas rodadas fora do G4.

Recomeço

Aos poucos o Inter foi entendendo o espírito do campeonato e no dia 25/07/2017, a vitória sobre o Oeste mudou a trajetória da equipe. Dali em diante o Inter acordou, perdeu a vergonha de jogar feio e em pouco tempo alcançou a liderança da competição.

As vitórias aumentaram a confiança da equipe, sob liderança do maestro D’Alessandro, e o Inter abriu vários pontos de vantagem na primeira posição. Mas o mau desempenho do início do ano voltou a figurar nos jogos da equipe, e o Internacional teve que se contentar com o vice-campeonato. 2018 é uma incógnita.

Quando fora eliminado nas semifinais para o Novo Hamburgo, o Grêmio havia jogado 3 partidas nas Libertadores, e tinha 2 vitórias e um empate. Quatro dias depois da eliminação no estadual, a vitória de 4 a 1 sobre o Guarani do Paraguai reacendeu no torcedor gremista a esperança de dias melhores.

A derrota para o Deportes Iquique-CHI na sequencia não comprometeu, e a goleada sobre o Zamora selou a liderança do Grêmio ao fim da primeira fase no Grupo 8. Nas oitavas-de-final, duas vitórias sobre o Godoy Cruz-ARG reafirmaram a boa fase do time na competição continental.

Aí o caminho começou a estreitar. O adversário nas quartas-de-final foi o Botafogo. Dois jogos dificílimos e apenas aos 17 minutos do segundo tempo da segunda partida o tricolor gaúcho garantiu passagem ás semifinais. Era a ver do Barcelona do Equador, uma das grandes surpresas da competição.

Jogo de ida em Guayaquil e o Tricolor foi soberano: 3 a 0 e um pé e meio na final. Na volta, a derrota por 1 a 0 não estragou a festa. Era hora de lutar pelo Tri da América! Na final contra o Lanús-ARG, mais um jogo duríssimo, vitória no finalzinho e vantagem mínima levada para a Argentina.

Mas quem esperava um Grêmio totalmente recuado se surpreendeu com os dois gols de Fernandinho e Luan. O Lanús descontou no segundo tempo, mas já era tarde: Grêmio Tricampeão da Libertadores como Santos e São Paulo. Quem venha o mundial!

 

Meia
Clique na imagem para acessar o site
Samuel Bonicontro (67 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta