Notícias

Sem categoria

Tubarão empata com o Metropolitano pelo Catarinense

tubaron

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em jogo com muitos cartões, Atlético Tubarão até tentou buscar a vitória, mas em cobrança de pênalti convertida pelo atacante Sabiá do Metropolitano, o Jacaré do Vale do Itajaí sai com um ponto na bagagem.

Um jogo de muitas faltas e muitos cartões amarelos para ambas as equipes. A equipe do Atlético Tubarão por jogar em casa, tinha o favoritismo. Mas do outro lado, havia uma equipe traiçoeira, que não mediu esforços para atrapalhar os planos do Peixe nesta partida. No final de partida, placar de dois a dois. Pelos lados do tricolor da Vila Oficinas, fica a sensação de que poderia ter feito mais. Já pelos lados do vale, um empate com sabor de vitória, diante de um adversário direto na briga pelo rebaixamento.

+ Confira as principais notícias do Campeonato Catarinense

Resenha da Partida – Primeiro Tempo

Nos primeiros minutos de jogo, quem saiu pressionando foi o Metropolitano. Logo aos seis minutos, a equipe alviverde deu o seu cartão de visitas. Após cobrança de escanteio, Trípodi sobe mais que a marcação e cabeceia para abrir o placar na Vila, um a zero.

Após o primeiro gol, a equipe do Peixe acordou em campo e logo impôs seu ritmo de jogo, com jogadas pelas laterais do campo, uma das armas principais desta equipe. O Metrô, respondia com jogadas em contra ataque. Aos 14 minutos Trípodi finaliza forte de longe e Luiz Carlos faz boa defesa, levando perigo ao time da casa.

Aos 16 minutos, mais um lance do Metropolitano. Depois da triangulação dos jogadores do Metrô, Paulo Victor finaliza para uma boa defesa de Luiz Carlos.

Aso 18 minutos, a equipe do Atlético Tubarão tem a chance de empatar a partida em um pênalti assinalado pelo arbitro William Machado Steffen. Vitão invade a área e Valkenedy chega forte por baixo e comete a infração. Rentería corre pra bola e manda alto no meio do gol, empatando a partida, sem chances para o goleiro Villar, um a um.

Aos 29 minutos, sai o gol da virada da equipe da casa. Daniel Costa e Everton Júnior tabelam no campo de ataque. Everton Júnior recebe e desloca Villar, fazendo dois a um.

A partir do gol, o Peixe administrava a partida e até tentava algumas jogadas de ataque, porém, parava no sistema defensivo do adversário.

Tubarão Catarinense
Foto: Divulgação/CA Tubarão

Segundo tempo

Na volta da segunda etapa, as duas equipes tiveram o mesmo comportamento do início de partida, tanto que o Metropolitano conseguiu o gol de empate.
Aos cinco minutos, Paulo Vinicius empurra Trípodi dentro da área e comete o pênalti. Na cobrança, o atacante Sabiá bota a bola no ângulo, pelo lado direito, sem chances para Luiz Carlos, fazendo dois a dois.

A partir do gol um show de faltas e cartões tomou conta da partida. William Machado Steffen não economizou nos cartões. Foram oito cartões amarelos no jogo: cinco para o Metrô e três para o time da casa. Os ânimos só se acalmaram, lá no meio do segundo tempo, mais precisamente aos 25 minutos de partida, quando Paulo Vinicius arrisca o chute e a bola explode no travessão de Ricardo Villar.

Aos 32, mais uma jogada de perigo para o Metropolitano. Daniel Costa chuta colocado da entrada da área e Ricardo Villar faz grande defesa no cantinho.

Aos 48 minutos de partida, confusão por parte do elenco da equipe da casa e do árbitro fez com que o atacante Rentería, fosse expulso mesmo estando no banco de reservas.

Situação das equipes

Com o empate, o Metropolitano começa o returno em quarto lugar, enquanto o Atlético Tubarão fica em quinto, pelo critério de desempate (cartões – Rentería foi expulso). Na classificação geral, o Peixe segue em sexto, com 12 pontos. Já o Metrô cai para penúltimo, com nove pontos, uma vez que o Joinville venceu seu desafio no sábado (11), e chegou a 10.

Agora o Tubarão viaja até Chapecó, onde enfrenta a Chapecoense, no próximo domingo (19), às 19h, na Arena Condá. O Metropolitano também entra em campo no domingo, quando recebe o Avaí, às 16h, em Blumenau.

Atlético Tubarão x Metropolitano, Campeonato Catarinense

Tubarão (4-2-3-1): Luiz Carlos; Vitão, Lucas Costas, Gerson e Weriton; Liel e Paulo Vinícius; Daniel Costa, Everton Jr. (Marcos Paulo) e Rafael Ratão (Paulinho); Rentería (Valdo Bacabal). Técnico: Waguinho Dias.

Metropolitano (4-3-3): Vilar; Breno, Alisson, Junior Fell (Mauricio) e Valkenedy; Juninho, Carrasco e Paulo Victor (Elber); Sábia, Mazinho (Maicon) e Trípodi. Técnico: César Paulista.

Gols: Trípodi (MET) 06’1T, Rentería (ATU) 19’1T, Vinícius Júnior (ATU) 29’1T, Sabiá (MET) 05’2T.

Cartões Amarelos:
Lucas Costa (ATU) 10’1T, Breno Santos (MET) 17’1T, Valkenedy (MET) 18’1T, Paulo Victor (MET) 08’2T, 34’2T, Júnior Fell (MET) 36’2T, Vitão (ATU) 45’2T, Ricardo Vilar (MET) 45’2T, Liel (ATU) 48’2T.
Cartões Vermelhos:

Rentería (ATU) 48’2T.

Local: Estádio Domingos Silveira Gonzáles, Tubarão-SC
Público: 1.629 pessoas
Renda: R$34.860,00

Jean Cardoso (66 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta