Notícias

Sem categoria

Três clubes goianos são contra imunidade para a Chapecoense

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Clubes goianos se posicionam sobre a discussão e dizem ser contra imunidade de três anos para a Chapecoense

Clubes brasileiros demonstraram o interesse em ajudar a Chapecoense após trágico acidente em Medellín, mandando um ofício para a CBF pedindo que a equipe Catarinense ficasse três anos com imunidade no Campeonato Brasileiro, ou seja, o clube não poderia ser rebaixado nos próximos anos.

Goiás, Atlético e Vila Nova se posicionaram contra a possibilidade de não rebaixamento para a Chapecoense. Clubes como Botafogo, Fluminense, Santos, Coritiba, Atlético Mineiro, Joinville, Internacional e São Paulo já teriam assinado o documento que traz uma proposta de alteração no Regulamento pelos próximos três anos.

Em entrevista para a rádio 730, o presidente do Goiás, Sérgio Rassi, se mostra disposto a ceder jogadores para a Chapecoense, porém se diz contra o não rebaixamente da equipe Catarinense.

“Dentro de tudo que é permitido nos regulamentos o Goiás evidentemente vai auxiliar da melhor forma. A posição do Goiás através da minha opinião é de total solidariedade, mas sem mexer em regulamento de competições”.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site

O presidente do Vila Nova, Ecival Martins, diz estar confiante na recuperação da Chape, mas também diz que não é a favor da imunidade.

“Tenho certeza que pela estrutura e pelo modelo de gestão da Chapecoense, que é um exemplo para todos nós, eles vão conseguir se reerguer” – declarou Ecival para a Globo.com

Outro que também tem a mesma opinião dos outros presidentes goianos, foi diretor de futebol do Atlético Goianiense, Adson Batista. Em entrevista a Rádio 730 o diretor disse.

“É um momento de comoção geral e que a gente sente na pele. Nós perdermos amigos e imaginamos a dor que eles estão passando neste momento, mas não podemos misturar as coisas. Com todo respeito que tenho pela Chapecoense, eu monto time todo ano. Eles terão essa dificuldade, muitos clubes que tem condições vão ajudar cedendo jogadores e eu acho que já é um grande ganho. Mas essa questão de não rebaixamento eu acho que fere regulamento e um monte de coisas. É preciso ter igualdade de condições para todo mundo e eu não sou favorável a isso”.

O Atlético é um dos quatro clubes que conseguiram acesso para a Série A do ano que vem.

Matheus Possidonio (257 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta