Notícias

Sem categoria

Tênis de mesa brasileiro é a grande esperança de medalhas na Paralimpíada do Rio2016

tênis de mesa

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 Após bela campanha no aberto de Ligano, a seleção brasileira de tênis de mesa se prepara em São Paulo para a paralimpíada do Rio

Para a Paralimpíada do Rio2016, a seleção brasileira contará com 17 atletas e a expectativa é de três medalhas. Com a boa campanha nos jogos abertos de Lignano, na Itália, conquistando 10 medalhas, a equipe brasileira vem forte e promete fazer bonito nos jogos.

Um dos destaques da seleção, a atleta cadeirante Cátia Oliveira disputará sua primeira paralimpíada da carreira. Ela que é campeã do parapan recebeu o prêmio de melhor mesatenista do ano de 2015 pela CPB. A atleta falou sobre sua preparação e expectativa em disputar a primeira medalha paralímpica.

“A expecativa é a melhor possível. Eu e a minha equipe estamos trabalhando forte para a disputa”, disse a atleta.

Paralimpíada
Cátia, medalhista de ouro no parapan Toronto 2015 (Foto: Assessoria de comunicação CBTM)

Sobre a preparação. “Está sendo intensa. Hoje estou em São Paulo treinando no Centro de Treinamento Paralímpico. Treino em média de 6 a 8 horas diárias contando físico, mesa, fisioterapia, psicóloga e reajuste nutricionais. Ficaremos até dia 31, depois embarcaremos para o Rio de Janeiro”, completou a atleta.

História

O tênis de mesa paralímpico chegou ao Brasil em 1995, junto com a criação do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). No ano seguinte, o Brasil teve representantes nos jogos de Atlanta, mas não conseguiu medalhas.   A primeira medalha brasileira aconteceu em Pequim em 2008, quando os atletas Welder Knaf e Luiz Algacir Silva conquistaram a prata.

Paralimpíada
Os atletas brasileiros paralímpicos (Foto: CBTM)

Modo de disputa

Os atletas são divididos em onze classes distintas. Quanto o maior número de classe, menor o comprometimento físico-motor do atleta.

TT1, TT2, TT3, TT4 e TT5
Atletas cadeirantes

TT6, TT7, TT8, TT9, TT10
Atletas andantes

TT11
Atletas andantes com deficiência intelectual.

Atletas brasileiros

Masculino

Classe 1 (cadeirantes)-  Aloisio Lima
Classe 2 (cadeirantes)  – Iranildo Espíndola e Guilherme da Costa
Classe 3 (cadeirantes) – David Freitas e Welder Knaf
Classe 5 (cadeirantes) –  Claudiomiro Segatto
Classe 7 (andantes) – Paulo Salmin e Israel Stroh
Classe 8 (andantes) – Luiz Filipe Manara
Classe 9 (andantes) – Diego Moreira
Classe 10 (andantes) –  Carlos Carbinatti

Feminino

Classe 2 (cadeirantes) – Cátia Oliveira
Classe 3 (cadeirantes) – Thais Severo
Classe 4 (cadeirantes) – Joyce Oliveira
Classe 9 (andantes) – Danielle Rauen e Jennyfer Parinos
Classe 10 (andantes) – Bruna Alexandre

Clique na foto para acessar o site
Clique na foto para acessar o site
Christian Castilho (269 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta