Notícias

Sem categoria

Tássio Paixão se mostra feliz no Linense: “Me sinto em casa”

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com 13 pontos ganhos no Campeonato Paulista 2017, o Linense é o segundo colocado no grupo B da competição, apenas um ponto atrás do líder São Paulo e com cinco de vantagem para o terceiro colocado, o que deixa o time de Lins bem próximo da inédita classificação.

No Clube Atlético Linense desde o final de 2014, o volante Tássio Paixão é um dos jogadores que vestem a camisa do Elefante a mais tempo, o que faz o jogador se sentir em casa.

“O ambiente aqui é o melhor possível. Já estou há 3 anos no clube, fui recebido bem, e me sinto em casa, o que me motiva cada vez mais a entrar em campo e dar o meu melhor pelo Linense”, disse Tássio, em entrevista exclusiva.

Assim que chegou ao Linense, Tássio sofreu uma grave lesão, o que retardou a sua estreia pelo clube.

“Foi um momento muito difícil na minha carreira, nunca tinha passado por uma lesão grave como aquela. Eu vinha bem, fiz uma temporada boa em 2014. Mas o clube me deu todo o apoio possível, tive a ajuda dos familiares e pude me recuperar e passar por isso”, comentou.

Com a lesão, Tássio ficou de fora do Campeonato Paulista de 2015, e só estreou pelo clube na Copa Paulista, disputada no segundo semestre do ano.

“Foi um momento especial, esperava muito jogar com a camisa do Linense. Fiquei feliz em voltar e fazer o que mais gosto, que é jogar futebol”, ressaltou.

Foto: José Luis Silva/CA Linense

Já em sua primeira competição pelo clube, Tássio sentiu o sabor de conquistar um título, a Copa Paulista de 2015. O Elefante fez uma campanha histórica, inclusive eliminando o seu rival nas semifinais, o Penapolense, e se sagrando campeão fora de casa, em Itu, em duelo acirrado contra o Ituano, decidido nos pênaltis.

“Foi um momento importante para todos nós, conquistar um título sempre é valioso, ainda mais pela forma que foi, com jogos tensos, de muita dificuldade, disputas de pênaltis, eliminando rival. Foi tudo muito importante, e tivemos um final feliz”, relembra Tássio.

No ano seguinte, o Linense teve duas competições: Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro Série D.

Na competição estadual, mesmo com um bom time, a equipe não conseguiu a classificação, que seria um feito inédito ao clube.

“A gente tinha um elenco qualificado, queríamos muito a classificação que era algo inédito, poder dar alegria ao clube, mas infelizmente não aconteceu”, comentou Tássio.

No Campeonato Brasileiro, o Elefante garantiu a sua classificação com uma rodada de antecedência. Na fase seguinte, diante do Ituano, o clube acabou sendo eliminado pelo gol tomado em casa.

“Coisas do futebol, o time vinha bem, fizemos boa campanha se classificando com antecedência. Mas mata-mata é isso o gol fora fez a diferença”, lamentou Tássio.

Foto: José Luis Silva/CA Linense

Para 2017, a equipe iniciou o Paulistão com Guilherme Alves como treinador, mas após péssimos resultados o treinador acabou deixando a equipe, dando lugar para Márcio Fernandes.

Com o novo treinador o Elefante conquistou 10 pontos de 12 possíveis, e hoje está com um pé na próxima fase.

“Infelizmente não encaixou (Com Guilherme Alves), o time não conseguia os resultados. O Marcio chegou e continuamos trabalhando firme, e os resultados começaram a aparecer. Ele implantou o que ele queria e as coisas começaram a vir”, explicou o volante.

Restando quatro rodadas para o termino da primeira fase, o Linense terá mais dois jogos em Lins, e Tássio quer o apoio do torcedor.

“Continuem apoiando, indo ao estádio, estamos procurando dar o nosso máximo. As vezes não acontece (jogar bem), mas estamos mostrando qualidade, garra e luta, e queremos a presença do torcedor ao nosso lado”, finalizou.

O Linense volta à campo na próxima sexta-feira (17), às 21h05, no Estádio Gilbertão, em Lins, diante do Botafogo-SP.

Wesley Contiero (802 Posts)

Estudante de jornalismo, 23 anos, natural de Lins, Interior de São Paulo.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta