Notícias

Futebol Internacional

Talleres e Belgrano fazem o clássico da 6º rodada da Superliga Argentina

talleres

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Há 3 jogos sem perder, o Talleres visita o Belgrano no Gigante de Alberdi buscando se aproximar dos líderes.

Na tarde do domingo 15 de outubro, às 17:05 horário de Brasília, e às 16:05, horário de Córdoba, Belgrano e Talleres fazem o clássico córdobes. A partida válida pela sexta rodada da Superliga Argentina acontecerá no Gigante de Alberdi após 38 anos.

O clássico entre os dois principais times de Córdoba é um dos mais equilibrados do país. Disputaram-se 392 partidas onde os Celeste venceram 132 e os Albiazuis 130, com 130 empates. Por torneios da AFA foram 37 jogos, com 10 vitorias para cada lado e 17 empates.

Os Piratas ocupam a 14ª posição da Superliga com oito pontos. Pelo respectivo campeonato a equipe vem de dois empates em 0 com o Tigre em casa e com o Atlético Tucumán na condição de visitante. O último jogo do Belgrano foi na segunda-feira passada, pela Copa Argentina, onde perdeu por 2 a 1 contra o modesto Atlanta que disputa a Primeira B Metropolitana (a terceira divisão do futebol argentino) e foi eliminado da competição. Os gols foram marcados por Fabricio Pedrozo e Adrian Martinez para a equipe Bohemia, e no finalzinho descontou Federico Lértora para os Celestes.

Os Matadores que vêm de duas vitorias por 1 a 0, sobre o Chacarita em San Martín e contra o Patronato no Mario Albelto Kempes, este último com gol de Junior Arias que ingressou do banco de suplentes, se encontram na sétima posição da superliga com dez pontos a apenas cinco do líder, Boca Juniors.

Após a eliminação da Copa Argentina o treinador Celeste, Sebastian Mendez, e seus dirigidos não conversaram com os jornalistas e disseram que não o fariam até depois do clássico. O pressionado treinador deverá promover o retorno de Marcelo Benítez na lateral esquerda, reeditar a dupla de volantes Lértora-Martinez no meio e trocar de Epifanio Garcío por Tobías Figueroa no ataque. Matias Suarez, referente do plantel, retorna de lesão e deve ir ao banco.

Pelo lado do Talleres Frank Kudelka, que em pesquisa da Superliga foi votado como o melhor treinador de setembro, não deverá mexer muito na equipe. A única mudança deverá ser a troca de Junior Arias por Marcelo Torres a qual, na última rodada, surtiu efeito com o atacante uruguaio fazendo o gol da vitória. No início da semana a equipe titular venceu um amistoso contra o San Lorenzo, por 2 a 0, gols de Pálacios e Ramirez.

Talleres
Coletiva com presidente e capitães dos clubes (Foto: ole.com.ar)

Durante a semana os presidentes do Belgrano, Jorge Franceschi, e do Talleres, Andrés Fassi, junto dos capitães dos times, Lucas Acosta (Belgrano) e Pablo “El Cholo” Guiñazú (Talleres), deram uma coletiva juntos promovendo a um clássico em paz com o anuncio da chegada e retirada das equipes juntas. A ação de aproximação dos clubes começou após a morte do torcedor do Belgrano, Emanuel Balbo, que foi empurrado de uma altura de três metros em uma das arquibancadas do Mario Kempes, no último duelo em abril passado.

Outro fato curioso do duelo deste domingo fica por conta do local da partida. Após 38 anos o clássico, que tem o Belgrano como mandante, voltará a ser disputado de maneira oficial no remodelado Julio Cesar Villagra, popularmente conhecido como o Gigante de Alberdi. A última vez que a “B” e a “T” jogaram neste estádio data de 23 de junho de 1979. O jogo acabou empatado por 1 a 1, com gols de Eduardo Carranza para os Piratas y Gustavo Bonifazzi para os Matadores.

Ficha Técnica – Belgrano x Talleres:

Data: 15/10/2017.

Horário: 17:05 h, horário de Brasília; 16:05 h horário de Córdoba.

Local: Estádio Julio Cesar Villagra (Gigante de Alberdi), Córdoba, Província de Córdoba, Argentina.

Arbitragem: Ariel Penel.

Belgrano: Lucas Acosta; Sebastián Luna, Erik Godoy, Cristian Lema y Marcelo Benítez; Federico Lértora y Santiago Martínez Pintos; Laonardo Sequeira, Juan Brunetta y Mariano Barbieri; Epifanio García. Técnico: Sebastian Mendez

Talleres: Guido Herrera; Leonardo Godoy, Juan Cruz Komar, Javier Gandolfi y Lucas Olaza; Pablo Guiñazú, Juan Ramírez y Emanuel Reynoso; Sebastián Palacios, Junior Arias y Joao Rojas.
Técnico: Frank Kudelka

Luiggi Parisi (9 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta