Notícias

Futebol Internacional

Sevilla vence Liverpool e sagra-se pentacampeão da Europa League

hs

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Time espanhol vence pela terceira vez consecutiva a Europa League

Na tarde desta quarta-feira (18), Liverpool e Sevilla disputaram a final da Europa League na Basiléia, Suiça. Os time espanhol sagrou-se campeão vencendo por 3 a 1, gols de Gameiro e Coke (2). Sturridge descontou para os Reds. O time da Andaluzia venceu pela terceira vez consecutiva, sendo o maior vencedor da competição com 5 títulos (2005/06, 2006/07, 2013/14, 2014/15 e 2015/16).

O time inglês até saiu na frente no placar após bela finalização de Daniel Sturridge e terminou o primeiro tempo em vantagem. Porém, no segundo tempo o Sevilla voltou com uma postura diferente e de forma arrasadora empatou com menos de um minuto do segundo tempo e depois de perder algumas chances conseguiu a virada e consequentemente a vitória com gols de Coke.

Europa League

O jogo
A expectativa era de um jogo ofensivo por parte do Liverpool e de contra-ataque do time espanhol, nas casas de apostas o prognóstico também era bastante favorável ao time do treinador Jurgen Klopp, que desde a chegada do treinador evoluiu bastante sua forma de jogar, conquistando assim o favoritismo do jogo. Porém, no início do jogo as coisas foram bem diferentes.
O time inglês começou o jogo muito nervoso, cometendo muitas faltas e proporcionando assim a oportunidade do time espanhol praticar uma de suas principais jogadas: a bola parada. Ficou também com o Sevilla a posse de bola, com muitas tranquilidade e sempre apostando na saída de bola curta, raramente se via o time saindo com chutão, isso visivelmente incomodava o time inglês.
Restou então aos Reds usarem outra arma do Sevilla mas em favor próprio, o contra-ataque, foi dessa forma que aos sete minutos Sturridge tabelou com Clyne e pisou para o bom arremate de Emre Can, defendido pelo goleiro Soria. Aos 24 minutos mais uma vez pelo lado direito de ataque dos Reds, Clyne e Lallanda criaram a oportunidade para Sturrigde abrir o placar, David Soria saiu do gol e travou bem o arremate do atacante.
Na única oportunidade do Sevilla no primeiro tempo, após cobrança de escanteio de Banega, Kevin Gameiro acertou um chute perigoso de bicicleta que passou perto da trave direita do goleiro Mignolet. Aos 34 minutos o gol do Liverpool, em trama entre os brasileiros Firmino e Coutinho, Sturridge veio da ponta-esquerda para o meio e acertou um belo chute de “trivela” acertando o canto esquerdo baixo do goleiro Soria, e a partir daí a pressão do Liverpool foi grande. A posse de bola ficou maior por parte dos ingleses e a pressão era tanta que por diversas vezes lances de mão-na-bola/bola-na-mão dividiu a opinião os expectadores, mas não do árbitro sueco Jonas Eriksson que nada marcou em nenhum dos lances.

Europa League

Virada à espanhola
Veio o segundo tempo e a postura do Sevilla mudou totalmente, em menos de um minuto de jogo, após bola rebatida por Alberto Moreno, o brasileiro Mariano saiu em disparada pela direita, colocou a bola entre as pernas do lateral espanhol ex-Sevilla e cruzou para o centroavante Kevin Gameiro empatar a partida. A partir daí o time espanhol adiantou a marcação e os Reds se complicavam na hora de sair jogando. Aos 60 minutos de jogo a virada no placar poderia ter saído, após cruzamento de Escudero, NZonzi escorou de cabeça e a bola se apresentou  na cara do gol para Gameiro marcar, no entanto, o atacante pegou mal na bola e mesmo assim saiu um chute muito perigoso e o goleiro Mignolet fez uma grande defesa. No lance seguinte, Vitolo arrematou com perigo à direita do gol, após cruzamento de Banega.

Europa League

Com tanta pressão, não demorou para sair o gol da virada,  após tabela de Vitolo com Banega, o atacante espanhol jogou a bola entre as pernas de Lovren e deixou para Coke a tarefa de finalizar para o gol. O gol derrubou o time inglês que não conseguia mais reagir, Origi entrou e Coke marcou, em jogada pela esquerda a bola mal rebatida pela defesa dos Reds caiu nos pés do capitão Sevillinista que fuzilou o goleiro. Allen entrou em campo repetindo as mesmas alterações que fizeram o time buscar o mesmo resultado adverso diante do Borussia Dortmund, mas não fizeram efeito como na outra virada, tendo apenas como perigo um chute de Coutinho por cima do gol e outro de Sturridge nos braços do goleiro.
Fim de jogo e a festa apenas começava para a torcida do Sevilla, que era menor em número diante da torcida dos Reds na Basiléia, mas os barulhentos fanáticos do sul da Espanha  sairam vencedores, pentacampeões, três de forma consecutiva e orgulhosos desse time “copeiro”.

Rafael Ferraz (47 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta