Notícias

Volei

Sesi-SP vence o Sesc-RJ e está na final da Superliga Masculina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com mais um 3×0, o Sesi bateu o Sesc de novo e segue invicto nesses Playoffs 17/18

(Foto: Reprodução / Gisa Alves)

Neste sábado (14), o Sesi-SP venceu o Sesc-RJ por 3×0 novamente, desta vez o duelo foi na Arena Carioca 1, devido a Jeunesse Arena comportar outro evento.

Sem dar chances para os cariocas, o time paulista fechou a série em 3×0 no total de jogos e segue invicto nos Playoffs. Na fase de quartas-de-finais, o clube venceu por 2×0 no total de jogos contra o Corinthians.

Primeiro set

Foi um set equilibrado. O diferencial foram os erros do Sesc-RJ, que cedeu muitos pontos ao seu adversário.

Com William muito seguro e a boa recepção de Douglas Souza, ficou fácil para o mago distribuir as bolas de ataque do Sesi. Os centrais Gustavão e Lucão foram bastante acionados.

Pelo lado do Sesc, Maurício Borges era o jogador mais regular. Com João Rafael e até mesmo Brendle mal, ele ficou sobrecarregado em fazer as recepções e ainda conseguir atacar.

O set estava com trocas de pontos até a parcial de 13×13. Dali em diante, PV passou a ser bem marcado, o Sesc errou muito, principalmente nos saques, e facilitou a vida do Sesi, que fechou o set por 25×22.

Segundo set

Começou com o Sesi-SP abrindo vantagem após bela passagem de Alan no saque. Ele fez 2 aces e o time paulista abriu 5×1 logo de cara.

Mas pelo lado do Sesc, o fundamento que não funcionou bem durante a maior parte do jogo, resolveu funcionar naquele momento. Com PV no saque, a equipe do Rio de Janeiro teve uma boa sequência e chegou até mesmo a virar a partida com 6×5.

Depois, foi a vez do bloqueio carioca aparecer. Com 3 pontos seguidos de bloqueio, 2 de PV e 1 de Maurício Souza, o Sesc abriu 13×9.

A partir dai começou a reação do Sesi. Alan deu lugar a Franco, Gustavão foi bem no bloqueio e William brincou com as bolas nas mãos. Com Lucão muito acionado, o Sesi-SP fechou o segundo set por 25×23.

Terceiro set

O Sesi veio com o moral elevado e menos pressionado, sem dúvidas isso pesou.

Douglas Souza foi brilhante, mandou muito bem. A defesa do Sesi pegou demais e complicou para os donos da casa.

Com um levantamento ruim, Thiaguinho foi substituído por Everaldo, que deu novo fôlego ao Sesc. Após o jogo parecer estar fugindo do controle com o placar 20×17 para os visitantes, o time do Rio de Janeiro conseguiu até mesmo empatar o jogo.

Mas, com um grande volume na defesa e também aproveitando os contra-ataques, o Sesi fechou mais um set por 25×23 e garantiu vaga na final.

Destaques do jogo

(Foto: João Pedro Lima)

O central Gustavão foi eleito o melhor do jogo. Ele teve 10 pontos, sendo 4 de bloqueio. O outro central, Lucão, fez uma bela partida e também marcou 10 pontos.

William trabalhando muito com o passe A utilizou muito os seus centrais, o que facilitou o Sesi no ataque. Apesar de Alan não ter sido brilhante, não fez muita falta.

Vale destacar a grande partida do ponteiro Douglas Souza. Ele além de ter sido impecável nas recepções e defender muito bem, ainda ajudou no ataque.

No Sesc-RJ, Maurício Borges foi o jogador que manteve a regularidade durante todo o jogo. Ele marcou 15 pontos, segurou o quanto pode na recepção, porém, o excesso de bolas em cima dele acabou minando o jogador.

O oposto PV foi mal no primeiro set, mas no segundo e terceiro sets ele jogou muito bem e terminou a partida como o maior pontuador, com 17 pontos.

O Sesc precisava vencer de qualquer jeito, mas um dos fatores principais da equipe, o saque, não funcionou. Foram muitos erros e poucos saques forçados.

Os centrais não apareceram bem, assim como o levantador Thiaguinho. Mais uma vez João Rafael foi substituído por Japa durante o jogo. O Sesc até demonstrou melhora, mas não foi o suficiente.

Destino das equipes

O Sesi-SP venceu e está na final da Superliga. Agora a equipe do treinador Rubinho aguarda o vencedor do confronto entre Cruzeiro e Taubaté, que foi para o jogo 4.

Já o Sesc-RJ termina a sua participação nas semifinais da Superliga e deixou uma certa decepção, pois era esperada uma série mais longa nessa fase do torneio contra o Sesi.

 

Esportes Mais

Facebook

 

Joao Pedro (90 Posts)

Estudante de Jornalismo na Instituição IBMR Barra, Rio de Janeiro.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta