Notícias

Futebol Internacional

Série especial: Futebol do Interior Argentino, Província de Santa Fé

Província de Santa Fé

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Clubes, estádios, clássicos, torcidas… Conheça tudo sobre a cultura futebolística na Província de Santa Fé

Todos nós, amantes do futebol, sabemos da potencialidade do futebol argentino, especialmente de Buenos Aires. Na capital metropolitana se tem concentrado o maior número de clubes de futebol do planeta. De fato, o futebol é a maior paixão desse povo, funciona como uma válvula de escape em meio a tantos problemas políticos e sociais. Porém, pensar que o futebol argentino se passa somente em Buenos Aires, é pensar erroneamente. Grandes clubes que movem uma multidão de apaixonados estão espalhados pelo país inteiro. A Província de Santa Fé que conheceremos a seguir, é um exemplo disso pois também guarda em sua cultura e em seus territórios a verdadeira essência do futebol argentino. Esta é a primeira matéria de uma série especial em que contaremos tudo sobre o futebol santafesino.

Localizada na região central do país e a um pouco mais de 400 quilômetros de Buenos Aires, a Província de Santa Fé é o berço de clubes tradicionalíssimos do futebol argentino. Newells, Central, Colón, Unión, grandes estádios, histórias e grandes torcidas compõem o cenário futebolístico santafesino. No total, são cerca de 80 clubes filiados direta ou indiretamente a Federação Argentina de Futebol, a AFA. 22 estádios em toda a província recebem os fanáticos torcedores que vão expressar sua loucura e seu amor pelo seu clube santafesino.

Fumaça, sinalizadores, papeis, bobinas, fogos de artifícios, assim é recebido em campo pela sua torcida os jogadores dos clubes de Santa Fé, cada jogo é uma festa. E isso se repete em todas as cidades. Em seguida, conheceremos um pouco mais dos principais clubes da província, separados por suas respectivas cidades.

Ciudad de Santa Fé

A cidade de Santa Fé é uma cidade histórica conhecida como berço da Constituição Nacional, e também é a capital da província. Com mais de 450.000 habitantes, é a nona cidade mais populosa de todo o país. Logicamente, como em toda a Argentina, o futebol é o esporte mais praticado dentre os santafesinos, mais de 20 clubes estão em atividade, disputando campeonatos nacionais da AFA ou a tradicional Liga Santafesina de Fútbol, que é equivalente aos campeonatos estaduais do Brasil.

Uma potência do futebol local é o Club Atlético Gimnasia y Esgrima de Ciudadela. Fundado em 1924, a equipe é 10 vezes campeã da Liga Santafesina e também já teve participações em torneios nacionais da AFA. Na década de 1940 o clube foi convidado pela federação para participar da B Nacional (segunda divisão) juntamente com o Unión, porém por questões econômicas seus dirigentes decidiram por rechaçar a oferta. Seu estádio, o Gigante de Ciudadela, tem capacidade para 8.000 pessoas e foi inaugurado em 1931. Recebeu grandes clubes e também grandes eventos como shows de música de diversos artistas de sucesso nacional.

Construída em 1934, a arquibancada principal do Gigante de Ciudadela foi declarada em 2012 patrimônio histórico e cultural da cidade. (Foto: Consejo Municipal Santa Fé)

Clássico Santafesino

Acontece quando os dois clubes mais importantes da cidade se enfrentam. O Club Atlético Unión de Santa Fé e o Club Atlético Colón de Santa Fé representam a cidade em nível nacional e a levam seu nome até os mais altos escalões do futebol argentino.

Entrada do Unión no último clássico realizado dia 18/03/2017 (Foto:Diário Olé)

O Unión, apelidado de Tatengue, foi fundado em 1907 e é a equipe mais tradicional da cidade. Além de ter conquistado 38 vezes a Liga Santafesina, o Unión conquistou o campeonato da B Nacional de 1966 e também já foi vice campeão da primeira divisão de 1979. Seu rival, o rojinegro Colón, foi fundado em 1905, possui um histórico participativo melhor. Já disputou torneios internacionais da Conmebol, tem 3 vices campeonatos da primeira divisão e é bicampeão da B Nacional.

Os Sabaleros foram considerados pelo Diário Olé em 2012 como sendo a nona maior torcida do país, a terceira maior do interior, atrás apenas de Newells e Rosário Central. Em 1993, 30 mil torcedores viajaram a Córdoba para ver a equipe jogar a final da B Nacional daquele ano, desde então o dia 26 de junho é considerado o dia do torcedor do Colón.

Entrada do Colón no clássico em 2012 (Foto: Reprodução do YouTube)

O clássico entre Unión e Colón é considerado um dos mais equilibrados do futebol argentino. Apenas uma vitória a mais tem o maior vencedor Unión, ganhou 28 vezes e o Sabalero venceu 27 e são 32 empates. Os tatengues além da ligeira paternidade, podem gozar dos seus rivais por nunca ter jogado a terceira divisão, enquanto eles já passaram 3 temporadas amargando esse fato. Por outro lado, o sabalero são os que mais se destacam no cenário internacional. O Colón tem 2 participações na libertadores (uma chegando até as quartas de finais) e o seu rival nenhuma participação. Também jogaram a Copa Sudameriana e a Copa Conmebol enquanto o Unión nunca conseguiu algo semelhante.

Conheça mais detalhes do clássico santafesino clicando aqui

Na próxima matéria da série: Cidade de Rosário, Clássico Rosarino, Cidade de Rafaela e outros.

Thiago Lima (28 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta