Notícias

Sem categoria

São Paulo vence River Plate nos pênaltis e está na final da Flórida Cup

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ceni inicia seu trabalho com vitória e decide torneio contra o Corinthians

O São Paulo, comandado por Rogério Ceni, venceu o River Plate, venceu por 8-7 nos pênaltis, após empatar por 0-0 no tempo normal, em jogo válido pela Florida Cup e se classificou para a final da competição. O Tricolor Paulista encara o Corinthians na decisão.

O Jogo

No primeiro tempo do jogo, o São Paulo já demonstrou um pouco da filosofia que Rogério Ceni está tentando implementar. Os jogadores pressionaram a saída de jogo do River, marcaram muito bem, e quando tinham a bola, partiam para o contra-ataque com boas e velozes jogadas. Além disso, o time mostrou uma sólida estrutura defensiva.

O São Paulo teve mais de 5 chances claras de gols, que foram perdidas. Além de um pênalti desperdiçado pelo peruano Cueva. Apesar do intenso volume de jogo, o São Paulo segue com problemas na conclusão, como no último ano. Rogério deve trabalhar em cima das finalizações para que essas oportunidade perdidas não voltem a custar caro para o Tricolor.

No segundo tempo, Rogério colocou todos os reservas e mudou a formação o 4-1-4-1 para um 4-4-2. O “novo” time não foi muito bem. Além de não manter a intensidade dos primeiros 45 minutos, os suplente deram muitas chances para o River, que cresceu na partida. Mesmo com o bombardeio argentino, o jogo terminou 0 a 0.

Nas cobranças de pênaltis, brilhou a estrela de Sidão. O ex-goleiro do Botafogo fez duas defesas e, apesar do pênalti horroroso cobrado por Wesley, garantiu a classificação do clube paulista na final da Flórida Cup.

Rogério Ceni elogia atuação da equipe

Na coletiva, após seu primeiro jogo oficial como técnico, Rogério Ceni demonstrou estar satisfeito com a exibição são-paulina:

“Eu fiquei muito feliz, falei no intervalo para eles que estava muito feliz com o que eles tinham apresentado, mesmo no final, nos últimos 15 minutos, quando o River foi superior. Nós estávamos com alguns jogadores que chegaram depois, abaixo fisicamente, perdemos um pênalti, perdemos 10 oportunidades de gol contra uma equipe de primeira linha da América do Sul. Foram 15 sessões de treinamentos e conseguimos um bom nível, criamos as melhores oportunidades. É apenas um jogo, um começo, mas tenho que parabenizar os jogadores. O desejo deles de atacar a bola, contra-golpear. Os 25 atletas fizeram seu melhor. E que a gente seja melhor a cada dia.”

O ‘M1TO’ comentou também atuação de Neilton. O atacante ficou apenas trinta minutos no jogo e foi substituído:

“Eu fico muito feliz com o que foi apresentado no jogo. Muito contente. Só no final que o Neilton ficou com algumas dúvidas sobre o movimento na frente e na hora da recomposição. Pensei no Shaylon, sei que não é a do Wesley jogar do lado direito, mas tem a experiência para recompor. Foi quando o River esteve melhor. E aí, jogamos para segurar o empate e levar para os pênaltis, já que tivemos tantas oportunidades criadas, mas não conseguimos marcar.”

Por fim, eterno #01 do São Paulo elogiou a boa atuação de Sidão, que defendeu dois pênaltis, mas destacou que o grande nome do jogo foi o time:

“O Sidão foi muito importante: pegou os dois pênaltis. Claro, poderia ser o Denis. É muito legal, uma vitória pessoal dele, aos 34 anos, na primeira partida pelo São Paulo, pegar dois pênaltis. Mas a estrela do jogo foi o time. A forma como jogou, como chegamos na cara do gol, e chuta, defende, chuta, defende, Buffarini na trave… tudo o que nós treinamos. Claro que fica a imagem da defesa do Sidão, mas a estrela foi o time.”

A final da Florida Cup acontece neste sábado (21), às 21 horas (horário de Brasília). A partida vai ser transmitida pela Band e pelo SporTV.

Texto de André Ferreira

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta