Notícias

Sem categoria

Rogério Ceni em primeira coletiva: “Vim aqui em busca da glória”

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Novo técnico são-paulino, Rogério Ceni quer fazer história também na nova função

Nesta quarta-feira (08), o novo treinador do São Paulo, Rogério Ceni, foi apresentado oficialmente e concedeu uma entrevista coletiva, a sua primeira na nova função.

Sobre a sua volta ao Tricolor, Rogério ressaltou que não espera ser julgado pelo o que fez como jogador, e sim como treinador, e afirmou que voltou para buscar glórias.

“No São Paulo, passei por todos os tipos de situações, de glórias aos fracassos. Não espero ser julgado como atleta e sim como treinador. Vou montar uma equipe de trabalho muito boa. Vamos fazer o máximo para ter um elenco mais forte. Será um desafio preocupante e ao mesmo tempo, fascinante. Coisas pequenas não trazem emoção. Foi o que me trouxe de volta aqui. Vim aqui em busca da glória”, afirmou Rogério Ceni.

Questionado sobre o uso da categoria de base, já que foi confirmado o inglês Michael Beale, com vasta experiencia com jovens no futebol Inglês, como seu auxiliar, Ceni mostrou que é o caminho para o seu trabalho.

“Acredito que pelo investimento que é feito em Cotia, não podemos deixar de aproveitar os jogadores. Acompanhei treinos do sub-15 até o sub-20. Vi jogos. Temos profissionais altamente qualificados. Será dada oportunidade aos jogadores da base. O Lucas ainda não está pronto, o Neres foi para a seleção, o Pedro vem participando”, disse Ceni, que completou.

“Além deles, tem o Lucas Perri e o Lyanco. Fora os mais experientes como Rodrigo Caio, Lucão, João Schmidt. Já temos um alto percentual da base no profissional, mas ainda acho que é momento de aproveitar mais gente. Casos do Lucas Kal e do Tormena, mas tenho muitos zagueiros. Vejo o Foguete, o Artur, o Araruna, o Júnior. Na maioria das posições, eles vão subir”, completou Rogério Ceni.

Mesmo pensando em utilizar bastante a base são-paulina, Rogério Ceni ressaltou que também precisará de jogadores com experiência.

“O clube também precisa de jogadores importantes, a mescla é fundamental. Precisamos fazer o São Paulo mais forte em 2017”, disse Rogério, que completou.

“Precisamos ter um grupo forte e numeroso e vou tratar os atletas como homens. Desse jeito, você nunca terá problemas, será sempre correto com todos”, completou o treinador são-paulino.

Por fim, Ceni foi questionado sobre o que é  fundamental para tratar com os atletas.

“Objetividade, lealdade, honestidade. Te dou o exemplo do Mário Sérgio, que infelizmente faleceu. Me chamou em 1998 e disse que não gostaria que eu batesse faltas. Entendi a colocação dele, respeitei. No tempo que trabalhei aqui, não bati falta. Mas ele foi sincero. Quando você é sincero, nem sempre você vai agradar, mas acredito na meritocracia”, finalizou o treinador.

Wesley Contiero (716 Posts)

Estudante de jornalismo, 23 anos, natural de Lins, Interior de São Paulo.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta