Notícias

Futebol Internacional

Copa Argentina 2016: River e Rosario lutam pelo título e por vaga na Libertadores 2017

copa argentina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

River Plate e Rosario Central fazem duelo único pelo título da Copa Argentina 2016 em Córdoba

River Plate e Rosário Central decidirão a Copa Argentina 2016 nesta quinta (15) às 22h (horário de Brasília), no Estádio Mário Alberto Kempes, em Córdoba. A decisão é disputada em jogo único, em caso de empate a disputa será nas penalidades máximas.

O River Plate não tem grandes problemas para a partida, a única dúvida para o jogo é apenas o volante Leonardo Ponzio. O jogador sentiu dores na coluna após o superclássico do último domingo diante do Boca Juniors, porém o treinador Marcelo Gallardo garantiu que irá esperar pelo jogador até o último momento para definir os onze iniciais que começam o jogo. “Ponzio é muito importante para dar equilíbrio a nossa equipe, esperamos contar com ele para sairmos com a vitória diante do Central” concluiu o comandante millionario.

O Central também não definiu quem são os titulares para esse confronto da final da Copa Argentina. O técnico Eduardo Coudet ainda tem dúvidas na lateral esquerda e no meio. O lateral Villagra sente dores musculares e vem treinando em separado do grupo principal, sua presença não é garantida na partida. Se não tiver condições de jogo Aguirre deve assumir a posição. Por outro lado El Chacho ainda não decidiu entre Musto ou Martínez para começar a partida no meio campo Canalla.

 

Passo a passo até a final

River Plate

O caminho do River até a final da Copa Argentina foi tranquilo. A equipe da capital portenha venceu o Rivadavia por 3 a 0 no primeiro confronto da competição, depois bateu o Sportivo Estudiantes por 2 a 1. Nas oitavas de final o adversário foi o Arsenal de Sarandi placara mínimo de 1 a 0. Nas quartas a equipe de Gallardo enfrentou o Union de Santa Fé e venceu por 3 a 0. Nas semi finais derrotou o Gimnasia La Plata por 2 a 0 e se garantiu na final contra o Central.

Lucas Alario é o artilheiro do time na competição com 4 gols marcados.

Rosario Central

Os canallas não tiveram vida fácil na Copa da Argentina. A equipe rosarina sofreu ao longo torneio, mas foi se fortalecendo e chegou até a final. Na primeira fase o time venceu o Vila Mitre por 1 a 0. Depois enfrentou o Atlético Rafaela e após um empate de 2 a 2 no tempo normal, saiu vencedor nos pênaltis por 3 a 1. Na oitavas de final derrotou o Deportivo Moron por 2 a 0. Veio então as quartas de final, e o adversário foi o Boca Juniors, algoz na final em 2015. Dessa vez os rosarinos venceram por 2 a 1 e seguiram na disputada pelo título. Na semifinal o adversário foi o Belgrano, o Central não tomou conhecimento dos rivais e venceu por 2 a 0.

Marco Ruben, Montoya e Herrera são os artilheiros da equipe no campeonato, cada um com 2 gols marcados.

 

Confrontos anteriores

River e Central se enfrentaram nas duas últimas edições da Copa, em ambas o Rosario saiu vencedor. Em 2014 os rosarinos conquistaram a classificação na penalidades máximas após um empate em zero a zero, naquela oportunidade o atacante Loco Abreu anotou o pênalti q decidiu a vaga. Em 2015 os clubes se enfrentaram novamente, com novo triunfo canalla, dessa vez o jogo foi decidido no tempo normal com um seguro 2 a 0 para o time de Coudet.

Decisões recentes

Os últimos dois anos foram de muita felicidade para o River Plate. A equipe de Nunez vem de muitos títulos importantes nas últimas temporadas. Ao todo são 5 títulos em 6 finais disputadas. Em 2014 venceram o Atlético Nacional na final da Copa Sulamericana. 2015 foi o ano mais vencedor dos milionários. O time levantou as taças da Recopa Sulamericana,  Libertadores e Copa Suruga, ao vencer o San Lorenzo, Tigres e Gamba Osaka respectivamente. Em 2016 levantaram o Bicampeonato da Recopa Sulamericana ao derrotarem o Independiente Santa Fé na final. A única derrota em finais nesse período foi para o Barcelona, na final do Mundial de Clubes no Japão em 2015.

Já o Central vive uma seca de títulos importantes que já dura 21 anos. A última conquista de grande importância da equipe foi na Copa Comenbol em 1995. O título mais recente do time rosarino foi a Série B do Campeonato Argentino em 2013. O clube chegou na final da Copa da Argentina em 2014 e 2015, porém não conseguiu sair campeão, perdendo duas finais muito sofridas para a torcida. Em 2014 a derrota veio para o Huracan na decisão por pênaltis, o time desperdiçou várias cobranças e acabou sendo derrotado. Em 2015 os rosarinos sofreram nas mãoes da arbitragem. Numa partida muita polêmica acabaram perdendo o título para o Boca Juniors por 2 a 0, entretanto os Canallas lamentam até hoje a anulação de um gol legal para sua equipe, e um pênalti que na verdade aconteceu fora da área.

 

Treinadores

Marcelo Delgado e Eduardo Coudet são dois bons treinadores da nova geração argentina. Ambos foram bons meias, e talvez por isso, ambos prezem o bom toque de bola de suas equipes. Delgado vem tendo mais sucesso com o River, as conquistas recentes e as boas campanhas nos últimos campeonatos mostram isso. Coudet também não fica pra trás, mesmo com um plantel de menor potencial técnico e com menos aporte financeiro do clube, El Chacho mostra que tem um grande talento e muito pela frente.

 

Premiação

O título da Copa da Argentina além de garantir ao campeão uma vaga direta na fase de grupos da libertadores, também dará uma boa quantia financeira ao vencedor. O campeão garante um cheque de 3,5 milhões de pesos argentinos, que somados a premiação ao longo do campeonato somará 9 milhões de pesos. Além disso como o campeão irá para a Libertadores em 2017, já terá garantido cerca de U$ 1,3 milhões de dólares pela participação na fase de grupos. O campeão da Copa Argentina também disputará a Supercopa Argentina contra o Lanus, atual campeão nacional. O torneio dará uma premiação de três milhões de pesos argentinos ao vencedor.

Ficha técnica –  River Plate x Rosario Central

Data: 15/12/2016

Hora: 22h, horário de Brasília.

Local: Mário Kempes, Córdoba

Árbitro: Patrício Loustau

River Plate: Batalla; Moreira, Maidana, Mina, Olivera; Ponzio ou Rossi, Nacho Fernández, D’alessandro, Pity Martínez; Alário, Driussi. Téc. Marcelo Gallardo.

Central: Sosa; Salazar, Gissi,  Torsiglieri e Villagra ou Aguirre; Montoya, Martinez ou Musto, Fernandez; Lo Celso; Herrera e Marco Ruben Téc.: Eduardo Coudet.

Copa Argentina
Clique na imagem para acessar o site
Abreu Neto (45 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta