Notícias

Sem categoria

Retrospectiva Flamengo 2015 – O projeto ‘’bem’’ planejado

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Sonhando com vaga na Libertadores e gerando muita expectativa com contratações, Flamengo tem ano conturbado e abaixo do esperado

 

Após um ano de 2014 bem fraco, o Flamengo começou 2015 pensando grande, com o ‘”pôjeto” do professor Luxemburgo. O time entrou com um discurso de Libertadores, gerando grande expectativa em sua torcida. Porém, um estadual muito abaixo do esperado, com o time nem chegando na final da competição colocou o Flamengo em seu devido lugar. Depois disso, a equipe foi eliminada pelo seu maior rival, o Vasco da Gama na Copa do Brasil e fez uma péssima campanha no Brasileiro terminando em 12º.

Trocas de treinadores, reforços fracassados e erros da diretoria contribuíram para o péssimo ano da equipe.

Velho conhecido da torcida rubro-negra, Emerson Sheik, chegou ao clube na metade do primeiro turno do Brasileirão. Um pouco desacreditado, o atacante calou os críticos com belas atuações. Trazendo experiência, velocidade e qualidade ao ataque do Flamengo, Sheik foi fundamental nas vitórias do Rubro-Negro ao longo da competição. Com a suspensão do atacante por indisciplina, o Flamengo caiu muito de produção, ficou até mais de um mês sem marcar um gol, isso mostrou a importância do atacante ao clube, pois no jogo de seu retorno o Flamengo aplicou uma goleada com ótima participação de Emerson.

No dia 11 de junho de 2015, o Flamengo anunciou a contratação do meia Alan Patrick, vindo do Palmeiras. Tratado como uma incógnita, o meia bastante técnico assumiu o papel de camisa 10 no meio campo do Flamengo, o jogador ditava o ritmo do time, colecionando golaços e belas assistências, Alan Patrick se tornou fundamental na bela arrancada do Flamengo. Mas o time desandou e entrou numa crise, o jogadorfoi flagrado em uma festa junto com mais quatro companheiros e foi afastado, a diretoria viu o erro que cometeu e reintegrou os atletas e logo em sua volta, Alan foi eleito o craque da rodada e teve seu contrato renovado.

No dia 29 de maio, o Flamengo anunciava a contratação de Paolo Guerrero. Até então no Corinthians, o atacante fez sucesso no rival e sua chegada foi muito comemorada pelos torcedores rubro-negros. Com mais de 100 dias sem fazer gols, ele começa a ser criticado nas redes sociais. Não seria exagero dizer que o peruano foi de salvador, por dar fim ao caô por algumas semanas, para mergulhar em um inferno astral onde nada deu certo.
Guerrero já entrou em campo 18 vezes pelo Flamengo e balançou a rede em apenas quatro oportunidades (média de um gol a cada 4,5 jogos). Deve ser destacado que foi convocado duas vezes para a seleção do Peru e sofreu uma lesão, mas internamente alguns pares começam a contestar se realmente está valendo o investimento feito no atacante. Além de R$ 4,8 milhões de luvas, ele recebe de salário R$ 600 mil, totalizando R$ 8,4 milhões já gastos. Isso representa um pouco mais de R$ 2 milhões por cada gol feito por ele.

 

No dia 23 de outubro, o Flamengo recebeu o São Paulo no Maracanã e conseguiu uma virada incrível na estreia do treinador Oswaldo de Oliveira, a vitória marcou o início da ótima sequência de seis vitórias seguidas do rubro-negro.

O domínio flamenguista foi nítido desde o início, mas como no futebol quem não faz leva, com falha da defesa do Flamengo, o São Paulo abriu o placar após cobrança de escanteio com o zagueiro Luiz Eduardo. Mas o Flamengo não se abalou e continuou pressionando: logo no primeiro lance após o gol, Guerrero arriscou de fora da área, exigindo boa defesa de Renan. E aos 42, o clube carioca empatou, aproveitando uma falha tricolor. Após uma dividida em que o clube paulista reclamou de falta de Guerrero, Thiago Mendes ficou com a bola e tentou recuar de cabeça para Renan. Mas o passe do volante tricolor foi fraco e a bola sobrou para Ederson, que chutou sem chance para o goleiro tricolor.

O segundo tempo começou com mais pressão flamenguista: nos três primeiros minutos, Guerrero teve três chances claras de gol. Perdeu as duas primeiras – o goleiro defendeu uma e na outra a bola saiu rente à trave esquerda. Aos 3, em seu primeiro lance no jogo, o lateral-direito Auro, que havia substituído Bruno, recuou mal para Renan. A bola sobrou de novo para Guerrero, que desta vez não desperdiçou: 2 a 1.

O Flamengo fez um ano muito abaixo, mas o fator principal que será lembrado vai ser a freguesia para o Vasco. Em oito partidas no ano, o rubro-negro carioca perdeu quatro, empatou duas vezes e venceu apenas uma vez, na primeira partida entre os times no ano, realizada no Campeonato Carioca que terminou em 2 a 1, já não bastassem as derrotas, duas delas valeram a eliminação na Copa do Brasil, deixando a freguesia maior.

Flamengo contratou dois laterais esquerdos no ano, Anderson Pico e Pablo Armero, mas o melhor estava em casa. O jovem Jorge de apenas 19 anos, conquistou seu espaço com ótimas atuações e virou titular absoluto, isso ainda rendeu convocações para seleção olímpica.

Adryan Almeida (149 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta