Notícias

Matérias Especiais

Retrospectiva Cruzeiro 2015: Do encanto à decepção

cruzeiro

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após duas temporadas dominando o Futebol Brasileiro, o Cruzeiro teve um 2015 complicado

Após ganhar o Campeonato Brasileiro e chegar à final da Copa do Brasil, ambos em 2014, o Cruzeiro iniciou a temporada de 2015 perdendo peças importantes que compunham o brilhante elenco que encantou os amantes do Futebol e foi Bi Campeão do Brasileirão.

Com as baixas de Everton Ribeiro, Ricardo Goulard e Marcelo Moreno, que se transferiram para outras equipes, o celeste mineiro perdeu a força que teve nos anos anteriores.

 

ESTADUAL

Abrindo a temporada 2015, o Cruzeiro disputou o Campeonato mineiro e teve um resultado inesperado pelos cruzeirenses, chegando a ficar fora da disputa do título com uma eliminação na semifinal para o maior rival, Atlético Mineiro.

Na primeira fase do Campeonato Mineiro em um turno único de pontos corridos, a raposa somou sete vitórias, três empates e apenas uma derrota, chegando para disputar o segundo turno da competição com uma boa campanha na primeira fase. Perante o Atlético Mineiro a equipe celeste fez a semifinal da competição, após um empate de 1 a 1 no primeiro jogo e uma derrota por 2 a 1 na segunda partida, o Cruzeiro foi eliminado pelo maior rival, ficando fora da disputa do título mineiro 2015.

 

LIBERTADORES

Tendo se classificado para a Copa Libertadores da América de 2015 com o status de “Campeão Brasileiro”, o clube mineiro tentou conquistar a América, mas com uma equipe visivelmente inferior à equipe Campeã Brasileira, o clube dirigido por Marcelo Oliveira, não alcançou o feito desejado.

Ao se classificar em primeiro no seu grupo com 11 pontos somados, a equipe celeste fez um confronto de Brasileiros contra o São Paulo e garantiu sua classificação para as quartas em uma disputa de pênaltis. Após a vitória o clube enfrentou o poderoso River Plate da Argentina e não resistindo à pressão e foi eliminado da competição em pleno Estádio Mineirão.

 

COPA DO BRASIL

Após a frustrante eliminação na Taça Libertadores, o Cruzeiro inicia sua disputa pelo título da Copa do Brasil, por ter disputado a maior competição da América, a raposa mineira chega para disputar o título já na fase das oitavas de finais da competição.

Perante o alviverde Paulista o clube mineiro fez o primeiro jogo no Allianz Parque, saindo de campo com uma derrota de 2 a 1. Com a passagem para as quartas em aberto, a equipe celeste levou a decisão da vaga para o Mineirão e em um jogo surpreendente a raposa leva três gols logo no primeiro tempo da partida, logo depois conseguiu uma pequena reação marcando dois gols, não sendo suficiente o placar de 2 a 3, o Cruzeiro é eliminado de mais uma competição e novamente em casa.

 

 

CAMPEONATO BRASILEIRO

Como o atual detentor da taça de Campeão, o Cruzeiro que já não é o mesmo que foi vitorioso na edição anterior da competição, não iniciou o campeonato como um dos favoritos ao título, pelo contrário, o clube comandado por Marcelo Oliveira chegou a amargar a lanterna da competição e protagonizar uma das piores campanhas da história do clube, isso porque a equipe celeste dividia atenções entre a competição Nacional e a Taça Libertadores.

A raposa mineira fez um campeonato bastante oscilante e após a demissão do técnico Bi Campeão Brasileiro, Marcelo Oliveira, o clube foi comandado por Vanderlei Luxemburgo até chegar a Mano Menezes que comandou o time até o fim da Competição. Conseguindo uma boa reação, o clube celeste conseguiu se livrar da zona de rebaixamento, ocupada no início do campeonato, encerrando o torneio sem chances para Libertadores, mas sem perigo de sair da elite do futebol Nacional.

 

DESTAQUE

Em uma temporada difícil, o celeste mineiro contou com a experiência do atacante Willian que ajudou a equipe em momentos decisivos das competições disputadas, sendo o autor de gols importantes na disputa da Libertadores, além de ter sido peça fundamental na reação do clube no Brasileirão.

Além do Bigode, o Cruzeiro teve ao seu lado nessas eliminações o capitão e grande ídolo da torcida, o goleiro Fábio, que com suas boas defesas e sua liderança de equipe, ajudou o clube a não passar por piores situações na maior competição Nacional.

 

DECEPÇÕES

Após a saída de Marcelo Oliveira, o clube tentou uma reação com um velho conhecido dos cruzeirenses, Vanderlei Luxemburgo, sem melhores resultados com Luxa o clube celeste fez a contratação do técnico Mano Menezes que chegou à toca da raposa com a difícil missão de livrar o clube da zona de rebaixamento. O Cruzeiro de Mano somou 16 jogos, sendo oito vitórias, seis empates e apenas duas derrotas, sob o comando de Mano Menezes a raposa mineira reagiu no campeonato chegando à lutar por uma vaga no G4 e encerrando a competição na 8º colocação com 55 pontos.

 

 

Com a perda de grandes atletas nessa temporada, nomes como o de Leandro Damião foram escolhidos para serem os protagonistas da temporada 2015 cruzeirense, porém o atacante celeste não fez uma boa campanha e com a má fase chegou à amargar o banco de reservas, prejudicando assim a raposa mineira, que contava com o atacante para uma boa temporada em 2015.

 

Análise final

Em um ano sem títulos e decepcionante para os cruzeirenses, que tiveram uma equipe competitiva e Campeã nas últimas duas temporadas, o ano de 2015 não será lembrando como um bom ano, afinal a equipe não chegou à disputar o título de Campeão Mineiro, algo inesperado vindo do até então Campeão Brasileiro.

Eliminado do Mineiro, da Taça Libertadores, da Copa do Brasil e por fim terminando o Campeonato Brasileiro em 8º lugar, podemos dizer que o ano do celeste mineiro foi cercado de frustrantes eliminações e uma posição inferior perto das conquistadas nos anos anteriores, chegando a não se classificar para a Libertadores da América, porém a equipe comandada por Mano terminou o ano com um crescimento, em relação ao início da temporada.

“Trabalhando bastante, todos os dias, pensando já em como lidar com tudo que vem pela frente em 2016. Grandes competições, os objetivos são grandes. Estamos sendo muito inteligentes em desenvolver um plano para que, no ano que vem, o Cruzeiro seja vitorioso, como sempre tem sido nos últimos anos”, afirmou o diretor de futebol Thiago Scuro, que promete para 2016 uma temporada diferente em relação à de 2015 aos torcedores do celeste mineiro, que esperam dias melhores ao gigante de Minas.

Milenna Paulino (146 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta