Notícias

Futebol Internacional

Retrospectiva: Boca Juniors e o seu bom ano de 2017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Boca Juniors não se classificou e não disputou a Libertadores de 2017, deixando seu torcedor decepcionado em não disputar a maior competição da América do Sul

O Boca Juniors começou o ano sem disputar a competição que se acostumou a ganhar no Século XXI, a taça Libertadores da América. Como não ganhou a Copa Argentina, não ficou entre os quatro no campeonato argentino, não venceu a Libertadores 2016, sendo eliminado para o Del Valle, o Boca não conseguiu a classificação, e até certo ponto botou o trabalho de Guillermo sobre alerta.

O prejuízo financeiro foi ruim, mas o esportivo ainda maior. Depois de anos, o Boca voltou a ficar fora do torneio. Dava sinais de que 2017 não seria nada bom, ainda mais depois que Tévez foi a para o futebol Chinês.

Boca Juniors fora da Libertadores

Se o ano parecia ser ruim, o Boca tratou de melhorar e conquistar o campeonato argentino

Se o ano parecia ser ruim por causa da saída de Tévez, não disputa da Libertadores, o Boca mostrou o poderoso time que é e viu no Campeonato Argentino sua chance de título.

O Campeonato da temporada 16/17 teve o Boca como campeão conquistando 63 pontos, com 18 vitórias e apenas 3 derrotas. A equipe venceu o campeonato com 6 pontos de vantagem para o rival River, mas na reta final do campeonato o Boca “despencou” um pouco.

A equipe Xeneize perdeu alguns pontos em casa para o River, Talleres, empatou com Patronato também em casa, e parecia até que o Boca Juniors poderia perder um campeonato que praticamente já estava em suas mãos. Mas no final o Boca se sagrou campeão após uma vitória do San Lorenzo sobre o Banfield, que era no momento o time que disputava o título com o Boca.

Os superclássicos foram de uma vitória pra cada lado, porém as duas pro visitante. Com show de Tévez, que disputava seu último clássico com o Boca, os bosteros venceram por 4 a 2, no Monumental, em um jogo espetacular. Na volta o River venceu por 3 a 1, na Bombonera, com um grande jogo de Driussi.

O título do Boca Juniors saiu na penúltima rodada, sem entrar em campo. O San Lorenzo havia jogado um dia antes (21/07), e vencido o Banfield, dando o título já para o Boca, sem ainda ter atuado. O Boca, já campeão, foi até a Bahía Blanca e empatou em 2 a 2 com o Olimpo.

Para encerrar diante do seu torcedor e com chave de ouro, os Xeneizes bateram o Unión em uma Bombonera lotada para grande festa do seu torcedor.

Praticamente os Xeneizes só tiveram uma competição a disputar, pois não tinha Libertadores e nem a Copa, então os jogos só aos fins de semanas facilitaram bastante para que o Boca se consagrasse campeão argentino de 2016/2017.

Pelo Campeonato Argentino em 2017, os Xeneizes não perderam um partida jogando fora de casa.

O time teve um coletivo bastante forte no ano, mas também contou com destaques individuais. Para quem lamentava a saída de Tévez, Centurión, Benedetto e Pavón assumiram o papel de frente e tornaram o Boca o melhor ataque. A defesa também foi um ponto forte, foi a 3 melhor. Insaurralde, Vergini, Magallán, Fabra, Peruzzi, Jara e Rossi se reservam ali em boas atuações.

O Boca Juniors teve também o artilheiro do Campeonato, Darío Benedetto fez 21 gols e levou o prêmio.

Boca Juniors
Boca Junios eliminado novamente para o Central

Rosário Central novamente eliminou o Boca Juniors da Copa Argentina

O Rosário Central vem sendo uma pedra no sapato Xeneize, e foi mais uma vez. Na Copa Argentina de 2017, os rosarinos eliminaram os bosteros novamente da competição e acabou com o sonho bostero da busca de mais um título, ainda pior, o título ficou com o River.

Boca Juniors/CArdona
Boca Juniors vence River no Monumental e Cardona se destaca com golaço

Temporada 2018 já começa com liderança no Argentino, volta a Libertadores, Supercopa Argentina contra o rival e poderá ter ídolo de volta

Os Xeneizes terminaram o ano de 2017 na liderança do Campeonato Argentino atual. O time fechou o ano com uma vitória por 1 a 0 sobre o Estudiantes e na liderança tendo três pontos a mais que o San Lorenzo.

A Libertadores contará com os bosteros novamente. Após ficar fora da competição de 2017, o Boca estar de volta e tentará levar o título que não consegue há mais de 10 anos. O sorteio sai no dia (20/12), a partir daí a equipe já começa a se preparar também para competição.

Os Xeneizes já tem uma disputa de título em fevereiro, trata-se da Supercopa Argentina. O campeão argentino Boca, enfrenta o campeão da Copa Argentina River para a disputa de um único jogo, o vencedor ficará com o título. Por isso Guillermo e seus comandados sabem da importância que será vencer a final, pois terá peso duplo sendo contra o maior rival.

O grande ídolo Tévez poderá voltar a Bombonera em 2018. O jogador tá insatisfeito no futebol chinês, e o Boca tenta sua volta, porém esbarra no salário do jogador.

Ábila e Montoya devem se apresentar em janeiro para reforçar o elenco. Cardona e Goltz reforçaram o time para esta temporada, e vem sendo de grande importância, principalmente Cardona que caiu ainda mais nas graças da torcida após belo gol no superclássico.

Temporada de 2018 promete, e Guillermo quer mais um Campeonato Argentino, mas o torcedor quer mesmo é mais uma quantidade de Libertadores para igualar o Independiente como maior campeão.

 

 

Enzo Matheus (206 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta