Notícias

Futebol Internacional

Retrospectiva 2017: um grande ano para o Defensor Sporting

Defensor

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Campeão do Apertura, vice do Intermedio, vice do Clausura e vice da “Tabla General”, o Defensor conseguiu uma vaga direta para a Libertadores 2018

Como destacou o presidente do Defensor,Daniel Jablonka, em entrevista ao portal Tenfield do Uruguai, o balance do ano foi muito bom:

“O balance do ano é muito bom. Com um orçamento 10 vezes menor que Peñarol e Nacional, jogamos duas finais e perdemos nos penâltis.”

 

Torneio Clausura: a glória do ano Violeta

Campeão do Clausura, o Defensor teve uma campanha sensacional. Foram 11 vitórias do Defensor nas 15 partidas disputadas nesse torneio. A equipe sempre esteve bem classificada, o maior susto durante o torneio foi a derrota para o Plaza Colonia por 3-1, jogando em Montevideo, pela sexta rodada. Porém rapidamente El Tuerto se recuperou e venceu o River Plate por 1-0 na rodada seguinte.

Algumas partidas de la Viola merecem destaque. A começar pelo 2-0 no clássico contra o Danubio pela quinta rodada. Os dois gols foram marcados por Maximiliano Gómez. Outra partida importante foi o triunfo contra El Tanque Sisley por 3-0 no Luis Franzini, pela 10ª rodada. Os gols foram de Paulo Zunino, Mathias Cardacio e Mathías Suárez. Um jogo de superação foi o da 13ª rodada, contra o Montevideo Wanderers. Naquela oportunidade o Defensor terminou a partida com dois jogadores expulsos e mesmo assim conseguiu sair com a vitória por 3-2. Os gols da partida foram feitos por Paulo Zunino, Gonzalo Bueno e Maxi Gómez para la Viola e Sergio Blanco e Emiliano Díaz para o Wanderers.

Resultado de imagem para defensor 3 nacional 2
Defensor 3-2 Nacional (imagem: Referi)

A principal partida rumo ao título, foi a vitória por 3-2 contra o Nacional. Em um duelo muito movimentado, que era considerado a final antecipada do torneio, o Defensor foi superior e levou a vitória. Quem marcou na partida foi Gonzalo Bueno(duas vezes) e Maxi Gómez para la Viola.  Sebastián Fernádez e Brian Lozano marcaram para el Bolso. Há de se destacar também o jogo contra o Fenix, o qual declarou o Defensor Sporting como campeão do Apertura. A partida foi muito tensa, Maxi Goméz abriu o placar para El Tuerto, mas alguns minutos depois Waterman empatou o jogo. A virada só veio com mais um dele, Maximiliano Gómez, aos 32 do segundo tempo.

Torneio Intermedio: passou muito perto

Campeão do Grupo A da primeira edição do Torneio Intermedio, o Defensor Sporting chegou à final contra o Nacional. Para o Bolso aquela final significava salvar o primeiro semestre, já que foi vice do Defensor no Apertura e consequentemente garantiria uma vaga garantida para a Sul-Americana, caso não se classificasse para a Libertadores. Além da vaga para a Copa, uma vaga na final da Supercopa Uruguaia.

Na fase de grupos o Violeta deixou para trás na tabela grandes adversários como o Peñarol e o Rampla Juniors, que demonstrava um grande futebol. A partida que mais merece destaque desse campeonato foi a da última rodada da fase de grupos: Peñarol x Defensor no Campeón del Siglo. Bastava um empate para que o Carbonero se classificasse à final, que seria contra seu maior rival, o Bolso, porém os violetas estragaram a festa aurinegra e em um jogo emocionante levaram a vitória jogando fora de casa por 3-2.

El eterno femenino de una imaginativa pintora
Defensor 0-1 Nacional (imagem: Ovación Digital)

Na final tinham pela frente o imponente Nacional, como já destacado, que jogava a partida para iniciar o segundo semestre com o pé direito. Com um primeiro tempo apático e diferente ao que estavam acostumado a apresentar os comandados de Eduardo Acevedo conseguiram ir para o vestiário com o 0-0 no placar. No segundo tempo o Defensor voltou mais disposto, entretanto aos 68′ o Nacional fez o gol do título com Rodrigo Aguirre.

 

Torneio Clausura: perto, mas nem tanto

Mais um campeonato em que o Defensor figurou entre os primeiros, conseguiu a vice-colocação do Clausura, com mais uma bela campanha, no entanto não conseguiu acompanhar a bela arrancada do Peñarol, que foi campeão com 14 vitórias em 15 jogos.

O Defensor teve um início de campeonato excelente, foram seis vitórias e um empate nos sete primeiros jogos, até aí era lider da Tabela Anual. As coisas começaram a desandar um pouco para El Tuerto a partir da oitava rodada quando sofreu uma derrota para o Peñarol fora de casa. E na última rodada do Clausura, contra o Fenix, o Defensor deixou escapar a liderança da Tabela Anual após uma derrota para o Fenix. De todas as formas a equipe Violeta garantiu o vice-campeonato do Clausura

Para La Viola esse campeonato foi mais que tudo uma definição da tabela geral do Campeonato Uruguaio, que define o campeão uruguaio do ano e os classificados para a Libertadores levando em conta a pontuação em todos os campeonatos. Com o mesmo número de pontos do Defensor e uma diferença no saldo de gols o Penãrol se sagrou campeão uruguaio. O time de Parque Rodó ficou com o segundo lugar e portanto representava o Uruguai 2 no sorteio da Libertadores.

Para 2018 o Defensor espera fazer uma boa Libertadores, como foi em 2014 quando chegou às semi-finais.

Defensor
Clique na imagem para acessar o site

Leia mais sobre o futebol Sul-Americano 

Paulo Viana (168 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta