Notícias

Futebol Internacional

Resumo da 10º rodada da Eredivisie

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Campeonato chega a sua décima rodada com surpresas e líder segue a todo vapor

Abrindo a rodada na Eredivisie, tivemos esse primeiro confronto entre FC Twente e Excelsior. O time de Enschede buscava chegar a sua quarta vitória seguida dentro de casa, mas o Excelsior não estava muito preocupado com essa marca dos donos da casa e foram buscar a vitória mesmo assim. O FC Twente abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, com Tom Boere. Após tomar o gol, o Excelsior entendeu a partida e postura dos donos da casa, e começaram a gostar da partida, Hicham Faik deixou tudo igual de falta, depois foi a vez de Milan Massop virar a partida para os visitantes, após cobrança de escanteio. E nos minutos finais, Khalid Karami acertou um belo chute e deu a vitória para a equipe de Roterdã, que não sabe o que é perder para o FC Twente desde março do ano passado.

Essa vitória fez a equipe do Excelsior chegar aos 14 pontos e na oitava colocação, posição importante principalmente nesse começo de temporada, afinal de contas, muitos apostavam que desde o começo, o Excelsior iria brigar para não ser rebaixado. A situação mais complicada é a do FC Twente, que terá uma sequência de quatro jogos complicadíssimos. Primeiro enfrentará o PSV em Eindhoven, depois em casa receberá o SC Heerenveen, na 13º rodada terá o AZ Alkmaar em Alkmaar, e para finalizar, o Ajax dentro de casa.


No Polman Stadion, o Heracles bateu o VVV-Venlo por 3×0, e finalizou uma série de três jogos sem vencer, com duas derrotas e um empate. Uma vitória fundamental para a equipe de Almelo, que voltou a respirar na competição nacional, e se desgarrou daquele bloco com quatro times com nove pontos. O VVV-Venlo estacionou com a mesma pontuação do Heracles, 12 pontos. As duas equipes à cinco pontos da zona de rebaixamento.

Os gols saíram ainda no primeiro tempo, Brandley Kuwas abriu o placar aos 36 minutos, em uma linda jogada individual. Quatro minutos depois, foi a vez de Kristoffer Peterson aparecer, ele fez o primeiro dele o segundo do Heracles na partida. Kristoffer Peterson iria fazer mais um, e foi aos 69 minutos, sacramentando a vitória dos donos da casa por 3×0.


O Feyenoord foi até Kerkrade, e ainda vive uma crise que parece não ter fim. Nesse sábado, acabou ficando no empate em 1×1, com o lanterna da Eredivisie. Giovanni van Bronckhorst parece não encontrar uma solução para a equipe de Roterdã, muitos já pedem a sua demissão, mas a diretoria continua apostando em seu potencial que as coisas vão melhorar nas mãos do ex-lateral da seleção holandesa.

O empate, fez o Roda JC deixar a lanterna até o próximo jogo do Sparta Rotterdam. Na próxima rodada, o Roda JC terá pela frente o Excelsior longe de casa. Já o Feyenoord, viajará até a Ucrânia, enfrentar o Shakthar Donetsk.

O Feyenood prometia vencer com tranquilidade a partida diante do Roda JC, tanto que com apenas oito minutos, o time de Roterdã abriu o marcador. Nicolai Jørgensen pegou a bola no meio de campo, levou até a entrada da grande área, e tocou para Steven Berghuis, o camisa 19 recebeu e cortou para dentro, finalizou de esquerda no canto do gol de Hidde Jurjus. Mas aos 15 minutos, a defesa do Feyenoord vacilou demais Jerry St. Juste e Ridgeciano Haps bateram cabeça, e a bola sobrou para Dani Schahin, ele partiu em velocidade para o gol defendido por Brad Jones, o camisa 9 do Roda JC, não desperdiçou a oportunidade e deixou tudo igual.


No Koning Willem II Stadion, o Ajax foi até Tilburg para tentar continuar firme e forte na perseguição ao líder PSV. Mesmo saindo atrás no placar, o Ajax soube administrar a situação e virar o jogo, e sair de Tilburg com um 3×1 na bagagem, e uma vitória dá um certo alívio ao time de Amsterdã. Nessa partida, mais uma vez, David Neres brilhou para os Ajacieden, o brasileiro fez o terceiro e último gol do Ajax na partida.

O treinador do Ajax, Marcel Keizer tinha em mente que pela frente, os Ajacieden teria uma batalha nada fácil, afinal de contas, iriam enfrentar uma equipe que viria de três vitória seguidas, e dentro dos domínios do adversário. O Willem II tinha três vitórias nos últimos três jogos, e foi diante de clube fortes, FC Twente, FC Groningen e SC Heerenveen, ou seja, nada de moleza para o pessoal de Amsterdã.

Já o Ajax, vinha de uma sequência ainda maior, cinco vitórias nos últimos seis jogos, e uma goleada diante do Feyenoord no maior clássico da Holanda, no De Kuip. No meio de semana, o Ajax jogou a Copa da Holanda, mas Marcel Keizer descansou seus principais jogadores para o confronto diante do Willem II.

Essa vitória fez o Ajax dormir esse sábado, com dois pontos de diferença para o líder PSV, que jogará nesse domingo diante do Vitesse, confronto com grandes chances de tropeço por parte do PSV. Como o time de Amsterdã não está disputando nenhuma competição continental, terá mais uma semana livre para trabalhos e recuperação dos atletas. Somente no próximo final de semana, que o Ajax entrará em campo, diante do FC Utrecht diante de sua torcida. O Willem II terá um confronto complicado na próxima rodada, jogará diante do AZ Alkmaar, e com essa derrota, a equipe de Tilburg é o primeiro time fora da zona de rebaixamento/repescagem, mas poderá entrar nessa zona, caso o NAC Breda ou o Sparta Rotterdam vençam nesse domingo.

Em relação ao jogo, os gols saíram apenas no segundo tempo, e já na parte final. Aos 53 minutos, Lasse Schöne derrubou Thom Haye dentro da grande área, Dennis Higler não pensou duas vezes antes de marcar penalidade máxima para os donos da casa. Na cobrança, Etien Velikonja abriu o placar para os donos da casa.

Aos 70 minutos, o Ajax começou sua reação. Joël Veltman cruzou na grande área, a defesa do Willem II tirou o perigo, mas a bola bateu nos pés de Kasper Dolberg, o centroavante acabou desviando a bola para os pés de Hakim Ziyech, o camisa 10 chutou em cima de Jordens Peters, e a bola sobrou nos pés de Lasse Schöne, o meia dinamarquês dominou a bola e chutou, ela desviou na defesa e enganou completamente o goleiro Mattijs Branderhorst.

O segundo gol saiu novamente pela lateral direita de campo. Aos 79 minutos, Joël Veltman pegou a bola e partiu em velocidade pela lateral direita, tocou para Klaas Jan Huntelaar já dentro da grande área, o centroavante nem dominou e já tocou para a entrada de Siem de Jong que sem muita dificuldade, conseguiu arrematar para o fundo das redes do Willem II.

Já nos acréscimos, Klaas Jan Huntelaar pegou a bola na lateral esquerda e cortou para dentro da grande área, o camisa 09 chutou e o goleiro Mattijs Branderhorst deu rebote nos pés de David Neres, o brasileiro não desperdiçou a chance e empurrou para dentro do gol.


No MAC³PARK stadion, tivemos a sensação da temporada em campo, estamos falando do PEC Zwolle. A equipe de Zwolle mostrou mais uma vez sua força, ao bater dentro de casa o ADO Den Haag por 2×0. Mesmo se complicando no meio de semana para vencer o Kozakken Boys pela Copa da Holanda, o PEC Zwolle voltou a sua normalidade dentro dessa temporada, e venceu sem problemas a equipe de Haia dentro de sua casa e diante de sua torcida.

Essa vitória fez a equipe treinada por John van ‘t Schip, continua na terceira colocação e agora com 21 pontos, dois pontos a menos que o Ajax, com 22 pontos. A equipe não viu mais a derrota desde a quarta rodada, quando em Amsterdã perdeu para o Ajax por 3×0. O PEC Zwolle colocará sua série invicta a prova, diante do Vitesse em Arnhem.

O ADO Den Haag parou na 10º colocação com apenas 13 pontos, e não perderá essa posição nessa rodada mais. Agora, o ADO Den Haag voltará para casa, para disputar dois jogos seguidos diante de sua torcida, primeiro contra o Feyenoord e depois contra o Heracles Almelo.

A vitória do PEC Zwolle começou a ser construída com apenas seis minutos de jogo, Ryan Thomas estava com a bola dominada no meio de campo, e tentou um passe no meio de dois defensores do ADO Den Haag, Thomas Meissner conseguiu cortar o passe, mas a bola acabou nos pés de Piotr Parzyszek, que dominou e partiu em direção ao gol defendido por Robert Zwinkels, e sem problema mandou no canto superior do goleiro visitante, e abriu o placar para os donos da casa.

O segundo gol saiu aos 10 minutos. Youness Mokhtar recebeu a bola perto da entrada da grande área, dominou, partiu com ela dominada para próximo da entrada, e chutou, sem chances para Robert Zwinkels fazer qualquer defesa.


No GelreDome, o PSV mostrou porque nesse momento da temporada, é o líder da competição nacional, diferentemente do Ajax, quando recebeu o Vitesse em casa e acabou perdendo, o PSV foi até Arnhem e goleou dentro da casa do Vitesse a equipe por 4×2. Mas uma vez, Hirving Lozano e Jürgen Locadia atuaram de grande nível, e conduziram a equipe de Eindhoven ao triunfo.

O Vitesse precisava da vitória, afinal de contas, o PEC Zwolle se distanciou ainda mais na tabela de classificação, agora a equipe de Zwolle tem três pontos de vantagem para o Vitesse. Já o PSV, abriu mais três pontos para o segundo colocado, o Ajax, agora são cinco pontos que separam as duas equipes. O Vitesse voltará suas atenções para a Liga Europa, aonde terá pela frente o time belga do Zulte Waregem dentro de casa, e não poderá repetir o feito que teve diante do PSV, uma derrota para o time belga, é decretar de vez a eliminação da competição continental. O PSV embalou sua sexta vitória consecutiva dentro da Eredivisie, e na próxima rodada receberá em casa o FC Twente.

O PSV precisou de apenas 16 minutos para abrir o placar. Joshua Brenet veio com a bola dominada pelo meio de campo, e viu a passagem de Hirving Lozano nas costas da defesa do Vitesse. O lateral esquerdo tocou a bola entre os zagueiros, e o mexicano camisa 11 dominou e chutou na saída do goleiro Remko Pasveer.

Após tomar o gol, o Vitesse começou a sair mais para o jogo, afinal de contas estava atuando dentro de casa e sabia que uma derrota não seria nada boa para a sequência de jogos. Aos 44 minutos, cobrança de escanteio na área do PSV. Alexander Büttner mandou a bola na grande área do time de Eindhoven, Bryan Linssen desviou e Jürgen Locadia tentou cortar, mas acabou desviando para dentro do gol de Jeroen Zoet.

O juiz apitou para o intervalo do jogo, e Phillip Cocu demostrava que não estava nada satisfeito com o desempenho da sua equipe. No intervalo, o treinador holandês que faz aniversário hoje, conversou com seus jogadores e parece que esse diálogo nos vestiários surtiu efeitos. Aos 48 minutos, Jürgen Locadia pegou a bola na entrada da grande área e mandou um verdadeiro “pombo sem asa” para o gol defendido por Remko Pasveer, o goleiro do Vitesse ainda foi na bola, mas ela morreu no fundo do gol.

E a dupla Hirving Lozano e Jürgen Locadia iria aparecer novamente para atormentar a vida dos defensores do Vitesse. Aos 56 minutos, o mexicano Hirving Lozano tocou para Locadia que entrou na grande área, cortou para dentro e chutou colocado, no ângulo do goleiro Remko Pasveer. Nessa altura do jogo, o treinador Henk Fraser se viu numa situação bastante complicada. Imediatamente, ele chamou Mason Mount para entrar no lugar de Thulani Serero. O treinador do Vitesse buscava de qualquer forma o segundo gol para colocar sua equipe de volta ao jogo.

Com o placar de 3×1 nas mãos, o PSV passou a ficar ainda mais calmo na partida, e esperar os erros que certamente os donos da casa iriam dá. Três minutos após marcar o terceiro gol, saiu o quarto e último do PSV. Gaston Pereiro dominou a bola no meio de campo e abriu a jogada com Santiago Arias na direita, o lateral cruzou rasteiro para a grande área e Hirving Lozano dominou e fuzilou o gol de Remko Pasveer.

Aos 63 minutos, o Vitesse chegaria ao seu segundo gol, e podemos dizer que foi o gol mais lindo da partida. Fankaty Dabo lançou a bola na grande área, e sem deixar a bola cair no chão, Mason Mount deu um leve toque na bola que encobriu o goleiro Jeroen Zoet.


Eredivisie

No Stadion Galgenwaard, o FC Utrecht recebeu o NAC Breda, e o confronto era entre duas equipes que buscavam se encontrar dentro da Eredivisie dessa temporada, mas o jogo terminou do jeito que começou, sem elas conseguiram achar o que tanto procuram, um bom futebol.

A partida terminou empatada em 2×2, péssimo resultado principalmente para o NAC Breda, que voltou da Jupiler League na temporada passada, e busca a manutenção na elite do futebol holandês. Agora, o NAC acumula quatro jogos sem vencer, três derrotas e um empate, a última vitória foi diante do Feyenoord no De Kuip por 2×0. O FC Utrecht também não consegue se encontrar na temporada, são três jogos sem vencer, dois na Eredivisie e outro na KNVB Beker, aonde o time foi eliminado no meio de semana para o VVV-Venlo.

Se o FC Utrecht não se encontrou em todos esses jogos, dificilmente conseguirá fazer algo na próxima rodada, aonde terá pela frente o vice-líder da competição, o Ajax dentro da Amsterdam Arena. A equipe está em oitavo lugar, empatada em pontos com Excelsior e SC Heerenveen, todos com 14 pontos. O NAC Breda por sua vez, voltará para casa, e receberá o VVV-Venlo, e uma vitória diante do Venlo, poderá fazer com que a equipe de Breda volte a respirar, afinal de contas, irá trazer mais um time para a briga do rebaixamento.

O jogo começou muito movimentado, ambas as equipes queriam tomar logo à frente no marcador. Aos 19 minutos, escanteio para o FC Utrecht, a bola passa por todos na pequena área, e sobra para Willem Janssen, que disputou com o defensor do NAC Breda, dominou e chutou com força, sem chances para Mark Birighitti defender.

Mas o NAC Breda não demorou muito para empatar a partida. Aos 22 minutos, José Angeliño desceu pela lateral esquerda e tocou para Manu García, o centroavante fez o pivô e viu a passagem de Mounir el Allouchi pela sua esquerda, ele tocou para o camisa 08, que entrou livre na grande área do FC Utrecht, o jogador ficou de cara com David Jensen e não desperdiçou, deixando tudo igual.

O NAC Breda iria chegar ao seu segundo gol na partida. Aos 48 minutos, Thierry Ambrose entrou na grande área, fez uma bela jogada de corpo e cruzou para a entrada de Giovanni Korte, o camisa 07 se esticou completamente para conseguir empurrar a bola para dentro do gol, mas ainda existiu uma dúvida, porque David Jensen foi mais rápido, e conseguiu tirar, dificultando o trabalho do juiz e do bandeirinha, mas Christiaan Bax recebeu a informação de que a bola teria entrado, e marcou gol para os visitantes.

O time de Stijn Vreven estava com o jogo nas mãos, precisava apenas administrar a partida, mas o FC Utrecht só queria uma chance de acordar no jogo, e isso aconteceu aos 77 minutos. Tudo começou em um escanteio para o NAC Breda, que o time cobrou e a defesa do FC Utrecht conseguiu cortar, na sequência da jogada, os meias do FC Utrecht roubaram a bola e ligaram um contra-ataque em alta velocidade, Zakaria Labyad foi acionado e desceu em velocidade para o gol de Mark Birighitti. Zakaria Labyad ganhou na velocidade para Mounir el Allouchi, e chutou em cima do goleiro Mark Birighitti, que ainda conseguiu defender, mas não da melhor forma possível, isso porque a bola encontrou os pés de Nick Venema, que teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes.


Eredivisie

Roda JC e Sparta Rotterdam estava revezando entre as equipes que ficavam segurando a lanterna, mas nessa rodada, o Sparta Rotterdam resolveu deixar a lanterna e a zona de rebaixamento de uma só vez. A equipe de Alex Pastoor venceu o FC Groningen por 2×1 dentro de casa. Resultado importante demais, isso porque a equipe de Roterdã trouxe o FC Groningen pela briga na parte de baixo da tabela, e iguala a pontuação com o time de Groninga.

Na próxima rodada, o Sparta receberá em casa o SC Heerenveen, outro compromisso complicado, mas para se manter distante da zona de rebaixamento, terá que vencer de qualquer maneira. Essa vitória do Sparta, quebrou uma sequência de seis jogos sem vencer, juntando Copa da Holanda e Eredivisie.

Quem está se aproximando dessa marca, é o FC Groningen, que com essa derrota, chegou a cinco jogos sem vencer, e na próxima rodada terá o Heracles em Almelo. O FC Groningen é o 14º colocado com nove pontos.

Os três gols da partida, saíram todos na primeira etapa. Aos 22 minutos, bola alçada na grande área, Sergio Padt defendeu uma finalização muito perigosa, mas deu o rebote nos pés de Robert Mühren, que teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Aos 36 minutos, foi a vez do FC Groningen chegar e empatar. Ludovit Reis recebeu a bola na entrada da grande área e fuzilou o gol de Roy Kortsmit, que ainda tocou na bola, mas ela morreu dentro do gol. Para sair com a vitória, o gol dos donos da casa aconteceu em penalidade máxima, quando Samir Memišević derrubou Loris Brogno dentro da grande área. Na cobrança, Loris Brogno mandou no canto esquerdo de Sergio Padt, que foi no lugar certo, mas não teve como defender a penalidade.


Eredivisie

Vários clubes estão vivendo momentos complicados dentro da Eredivisie, e o SC Heerenveen é uma delas, e isso foi visto nesse final de semana, quando o AZ Alkmaar foi até Heerenveen e bateu os donos da casa por 2×1. Vitória deixa o time de Alkmaar em quarto colocado, com 19 pontos, dois pontos a menos que o PEC Zwolle que está em terceiro. Essa é a segunda vitória seguida do AZ Alkmaar dentro da Eredivisie.

O SC Heerenveen vive um pesadelo nesse começo de temporada, o clube acumula quatro derrotas nas últimas quatro rodadas, e ainda foi eliminado da Copa da Holanda pelo Willem II em Tilburg. O time terá mais dois jogos longe de casa agora, primeiro o Sparta Rotterdam e depois o FC Twente. O AZ Alkmaar volta para casa, e receberá em casa o Willem II, boa oportunidade para confirmar a boa fase que o clube vive na temporada.

Quem começou saindo na frente no placar, foram os donos da casa. Aos 21 minutos, tabelinha entre Michel Vlap e Martin Ødegaard, e o jovem meia norueguês deixou Michel Vlap na cara do goleiro Marco Bizot, camisa 18 do SC Heerenveen finalizou com muita qualidade, no alto, a bola bateu no travessão e entrou.

Apenas no segundo tempo o AZ Alkmaar conseguiu realizar sua reação. Aos 71 minutos, Alireza Jahanbakhsh dominou a bola na lateral de campo e tocou para Jonas Svensson, o lateral nem dominou e deu um chute para o meio da pequena área, Guus Til estava livre e empurrou para o fundo das redes.

E aos 90 minutos, Alireza Jahanbakhsh foi novamente acionado, ele recebeu a bola em contra-ataque para o AZ Alkmaar, e cruzou rasteiro para a grande área, a bola passou por todo mundo e sobrou para Guus Til empurrar para o fundo das redes.

 

Clique na imagem para acessar o site
tarcisioneri (6 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta