Notícias

Futebol Internacional

Racing vence o Vélez em partida com polêmicas da arbitragem

Loustau

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em Avellaneda, o personagem foi o arbitro Patrício Loustau, que mostrou dez cartões e não assinalou dois pênaltis

Racing e Vélez Sarsfield entraram em campo pela 18ª rodada da Superliga em Avellaneda, em meio á tantos possíveis personagens, o destaque negativo foi arbitro Patrício Loustau, o mesmo que apitará o super clássico entre River Plate e Boca Juniors pela final da Supercopa Argentina, mostrou seis cartões amarelos, quatro vermelhos e deixou de marcar dois pênaltis.

O primeiro destaque foi positivo, logo aos 4 minutos de partida, em cobrança de escanteio a joia Lautaro Martínez, de apenas 20 anos, subiu sozinho entre os defensores do Vélez e abriu o placar. Observado por Jorge Sampaoli – técnico da seleção Argentina – nas tribunas do estádio Presidente Perón, o artilheiro do Racing com oito gols não cria expectativas: ‘’eu não me vejo na Rússia, penso em melhorar todos os dias. Preciso trabalhar e me dedicar ao Racing, que é um clube muito grande.’’

O Vélez melhorou e criou boas oportunidades, mas continuava tomando sustos do ataque veloz de Coudet, até que aos 10 minutos do segundo tempo, Ricardo Centurión invadiu a área e bateu firme, Henan De La Fuente no lugar certo tirou a bola em cima da linha e armou o contra-ataque. A bola passou por Bouzat, Robertone até chegar em Matías Vargas que fez o cruzamento da esquerda e encontrou o artilheiro Mauro Zárate que cabeceou sem chances para o bom goleiro Musso, aos 12 minutos da segunda etapa.

Antes disso apareceu o personagem da partida, o árbitro Patrício Loustau, aos 11 minutos da etapa complementar, pouco antes do empate fortínero, não assinalou pênalti em Ricardo Centurión, que invadiu a área pela direita e ao tentar a passagem foi derrubado por Cufré. Apenas sete minutos depois, Lisandro Lopez agrediu o lateral direito do Vélez, Henan De La Fuente, com um chute quando o jogador estava caído e acabou expulso de maneira correta, Loustau perdeu de vez o controle da partida quando também expulsou o lateral do Velez que se defendeu com a mão da agressão de Licha Lopez.

O duelo pegou fogo e aos 27 minutos, Cufré perdeu a bola para Solari na ponta direita, o atacante do Racing trocou passes com Lautaro Martínez e fez o cruzamento para Centurión que acertou uma bela cabeçada da entrada da área para marcar o segundo gol do Racing (2×1). Em seguida o Vélez perdeu seu jogador em outro erro de Loustau, Cufré faz falta em Saravia no campo de ataque e recebeu o cartão vermelho direto. Com um a menos, a tarefa do Vélez se tornaria impossível, ainda mais em noite inspirada de Juan Musso, que aos 35 minutos fez uma belíssima defesa e cobrança de falta de Robertone. Antes de encerrar a partida, Loustau apareceu outra vez aplicando o cartão vermelho no zagueiro do Racing, Leonardo Sigali, novamente de forma equivocada.

Apesar da derrota, o Vélez apresentou evolução sob o comando de seu treinador, mas a substituição de Zárete aos 29 minutos da segunda etapa, que deixou o campo sem entender a mudança, foi muito questionada, Heinze explicou: “A mudança de Zarate foi uma decisão tática, eu tomei mesmo porque o resultado não alterou a idéia do jogo”. E ele explicou por que ele colocou Bazán Vera: “Eu queria procurar outras coisas, ele tem características de definição, queria tê-lo na área e dar-lhe esses minutos. “

O técnico do Racing reconheceu a dificuldade da partida e creditou ao cansaço da equipe que concilia a Superliga com a Copa Libertadores da América: ‘’Sentimos um pouco de cansaço, na última quarta-feira fizemos um esforço muito grande. Mas nos saímos bem.’’

O Racing com a vitória chegou a 31 pontos, segue distante do líder Boca Junior que tem 43 pontos, mas dentro da zona de classificação para Libertadores. A equipe de Eduardo Coudet volta a campo no próximo sábado contra o Chacarita em San Martín.

Gabriel Heinze também terá semana cheia para trabalhar, recebe no próximo domingo o Rosário Central em Liniers. A equipe ocupa a 20º posição no campeonato com 21 pontos, mas o que preocupa são os promiedios, agora a distancia para o primeiro dentro da zona, Olimpo de Bahía Blanca, são de descenso são 11 pontos.

Estudiantes
Clique na imagem para acessar o site

Leia mais sobre o futebol argentino 

Kauan de Paula (36 Posts)

Curitibano, jornalista e designer em formação. Entusiasta de Barra Bravas e apaixonado pela cultura que cerca o futebol


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta