Notícias

Sem categoria

Pré jogo: Vikings @ Bears

Raiders

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Minnesota Vikings e Chicago Bears fecham a 8º rodada com um clássico da NFC North no Monday Night Football

Na noite desta segunda feira (31), o Minnesota Vikings vai até a capital de Illinois, Chicago, no Soldier Field, para enfrentar o Chicago Bears neste Monday Night Football. Aos interessados, a partida, com o abre o jogo, será transmitida pela ESPN à partir das 22:15, horário de Brasília.

Um dos clássicos mais tradicionais da liga, Vikings e Bears estão em situações completamente diferentes: enquanto Minnesota, mesmo sem Adrian Peterson, ganhou cinco dos seis primeiros jogos e está provando a razão de ser considerado um dos favoritos na NFC, Chicago caminha a passos largos para ser a primeira escolha do próximo draft, com um horrível 1-6 até o momento.

Durante os famosos rankings de pré-temporada, o Minnesota Vikings era tido como uma das equipes mais fortes de toda a NFC. Uma equipe que mescla bem juventude e experiência, um equilíbrio muito bom entre ataque e defesa e um excelente treinador, como Mike Zimmer, liderando o time, perderam um jogo praticamente ganho para os Seahawks. Contudo, com as lesões de Teddy Bridgewater e Adrian Peterson, quarterback e running back titulares respectivamente, esperava-se que a equipe roxa e dourada diminuísse o ritmo.

Eis que veio a controversa troca com os Eagles por Sam Bradford. Bradford ganhou o Heisman em 2008 pela universidade de Oklahoma e foi a primeira escolha pelos Rams em 2010. Sua carreira começou bem, ganhando o prêmio de novato do ano, mas desde então foi ladeira abaixo. Além dos times de St. Louis serem horríveis, Bradford nunca conseguiu jogar plenamente saudável. Foi trocado para os Eagles onde jogou por uma temporada, com bons números, porém com certas falhas evidentes.

Após Philly ter escolhido Carson Wentz como seu franchise quarterback, Bradford foi trocado para Minnesota com menos de uma semana para o início da temporada regular. Como era esperado, Shaun Hill jogou na vitória contra os Titans em Nashville.

Desde então, Sam Bradford começou cinco jogos pelo Minnesota Vikings com um excelente histórico de quatro vitórias e uma derrota. Foram sete TDs e apenas uma interceptação, com um bom número de 1214 jardas (242,8 por jogo) e um rating fenomenal de 100,9.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
Resultado de imagem para sam bradford
Sam Bradford está na sua melhor temporada na liga no ponto de vista produtivo.

Apesar do ataque de Minnesota ter apresentado números ruim, penso que é um ataque eficiente. Com a lesão de A.P., o jogo corrido vem perdendo cada vez mais a importância. Sam Bradford está conseguindo envolver seus recebedores no esquema ofensivo, deixando-o cada vez menos unidimensional, o que Teddy Bridgewater tinha dificuldades e era um dos pontos mais criticados em relação à ex-estrela de Louisville.

Honestamente não ficaria surpreso se a diretoria dos Vikings decidir, no ano que vem que Bradford será seu franchise quarterback e tentar trocar Brigdewater.

Em relação aos Bears, Chicago terá Jay Cutler de volta. Após ficar algumas partidas de fora devido a uma lesão no dedão da mão direita, Cutler foi liberado para jogar. O lado bom (para Cutler) é que Brian Hoyer está no IR e está fora da temporada.

Resultado de imagem para minnesota vikings chicago bears
Hoyer (2) está no IR devido a uma lesão no braço direito; Cutler (6) voltará ao posto de titular depois de semanas afastado devido a uma lesão no dedão direito.

Portanto, seu único adversário de posição é Matt Barklay que teve uma atuação péssima substituindo Hoyer na última partida contra os Packers. Mesmo assim, 2016/17 deverá ser a última temporada que o veterano de Vanderbilt veste as cores de Chicago.

Outra história que rondou o time de Illinois foi o rumor que o wide receiver Alshon Jeffery seria trocado para os Eagles. Nada passou de um boato, já que não valeria a pena para nenhuma das equipes; por ser seu último ano de contrato, essa transferência pode ser um mero empréstimo de meia temporada.

Em relação às ligas de fantasy, a defesa do Minnesota Vikings é uma das melhores da liga. Caso tenha jogadores de Chicago, escale apenas jogadores que tenha certeza que farão bom jogo, como Jeffrey e o tight end Zack Miller. Running Back Jeremy Langford não joga desde a semana três e ainda é listado como dúvida para a partida; no caso de mais uma ausência, Jordan Howard e Ka’Deem Carey assumirão seu trabalho.

Para os jogadores dos Vikings, Sam Bradford é uma boa escolha caso seu quarterback titular esteja em bye week ou machucado. Não é segredo que a defesa dos Bears é fraca e penso que o ex-Heisman tirará proveito desse matchup. Assim, wide receivers como Stefon Diggs e Adam Thielen e tight end Kyle Rudolph são boas opções para se escalar essa semana.

Por fim, caso ainda dê tempo, Jerick McKinnon está fora com um problema no tornozelo oficialmente; Matt Asiata será o titular nessa partida, se tornando uma bela opção de running back 2 na maioria das ligas.

Vejo Minnesota como certa vantagem, mesmo jogando um clássico fora de casa bem no prime-time. A grande chave para os Bears é ter um ataque que não cometa erros. Desse modo, Jay Cutler precisa aparecer e provar seu valor como líder de um time com dificuldades. Não ficaria surpreso se o jogo se transformasse em um blowout ainda no primeiro tempo.

Resultado de imagem para minnesota vikings vs. chicago bears
O sucesso de Chicago dependerá da atuação de Jay Cutler liderando o ataque.

Por Pedro Pacola

Curta a NFL Esportes Mais no Facebook

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
Pedro Pacola (100 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta