Notícias

Sem categoria

Pré Jogo: Buccaneers @ Chiefs

Jets

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Fazendo boa campanha, Chiefs enfrenta os Buccaneers pela semana 11 da NFL

Saudações, fãs da bola oval! Dando prosseguimento a 11ª semana dessa temporada na NFL, o Tampa Bay Buccaneers (4-5) viaja até Kansas City, para enfrentar os Chiefs (7-2) no Arrowhead neste domingo (18/11), às 16 horas, pelo horário de Brasília.

Enquanto Tampa vem confiante, após vencer os Bears e conquistar sua primeira vitória em casa na temporada, a equipe de Kansas City venceu os Panthers de forma dramática, diante da torcida adversária, e busca mais um triunfo para permanecer na briga pelo título da AFC West e pelo seed #1 na conferência. Um fato curioso é que, desde a temporada 1993/94, Kansas City não sabe o que é vencer os Buccaneers. De lá pra cá, foram 4 jogos e 4 vitórias para o time de Tampa Bay. Tal estatística pode ser usada como motivação para ambos os lados no jogo, com um time querendo manter a streak e o outro querendo quebrar o tabu que já dura 23 anos.

De olho nos Buccaneers

Desfalques: Evan Smith, C (ligamento colateral medial)
Jogador pra observar: Mike Evans, WR

Apesar do recorde negativo e abaixo das expectativas para a equipe da Florida, um dos seus grandes destaques é a constante evolução de suas duas principais peças ofensivas: o QB Jameis Winston e o WR Mike Evans. Durante o tempo que o running back Doug Martin esteve fora por lesão, os dois combinaram para 811 jardas e 8 touchdowns, o que torna Evans o 5º receiver com mais jardas aéreas e líder em recepções para TD, empatado com Jordy Nelson (Packers). Em contrapartida, a falta de um jogo terrestre confiável por tantas semanas fez com que Winston forçasse muitos passes em situações de risco, o que o põe em terceiro lugar, juntamente com Eli Manning (Giants), entre os que mais lançaram interceptações, com 10, e certamente este será um dos fatores mais importantes para o resultado final. Quanto à defesa, demonstra alguns momentos de brilhantismo nas partidas, mas não o suficiente para transformá-la em uma unidade plenamente confiável. Muito se esperava do CB calouro Vernon Hargreaves III, draftado para ser um grande nome na secundária dos Bucs, porém apesar de ter conseguido alguns passes defendidos importantes ao longo dos jogos, ainda não mostrou a que veio, assim como os jogadores adquiridos na offseason, como Robert Ayers, Brent Grimes e Daryl Smith. Entretanto, a equipe ainda conta com nomes constantes e fortes em sua defesa, como Kwon Alexander, Lavonte David e Gerald McCoy, que precisarão de motivação extra para conter o ataque dos Chiefs e ser parte decisiva num possível resultado positivo.

GUIA DA TV: Confira os destaques, curiosidades, noticias e transmissões da rodada da NFL
LEIA MAIS: Quarterback Jameis Winston bate recorde na NFL

De olho nos Chiefs

Desfalques: nenhum
Jogador para observar: Dee Ford, LB

É tudo sobre fazer o nosso trabalho. Quando chegamos ao último quarto, precisamos ter a consciência de que já estivemos lá antes, então apenas nos seguramos no que é fundamental e no que nós treinamos ao longo da semana – disse Alex Smith, QB da equipe dos Chiefs, após a vitória apertada sobre os Panthers no último domingo. A fala de Smith demonstra o cuidado que a equipe de Andy Reid tem ao chegar nos minutos finais de jogo, em se tratando de administração do relógio, do playcalling, dos pedidos de tempo e, principalmente, dos turnovers forçados. A defesa de Kansas City, além de contar com o linebacker terceiranista Dee Ford, que alcançou a marca de 10 sacks e vem se mostrando peça fundamental para a unidade, é a que mais forçou turnovers (13 interceptações e 9 fumbles forçados) na NFL, sem contar o fato de que é a que tem a maior diferença entre turnovers forçados e sofridos, com +22. Ao ser perguntado sobre o sucesso dos Chiefs nesse quesito, o head coach Andy Reid disse: É importante que o time acredite que possa forçar turnovers e que treine muito isso, e quanto mais você treina para tirar a bola do adversário, mais você aprende a não perdê-la. Além da grande ênfase da comissão técnica nesse fator, o time do brasileiro Cairo Santos conta com grandes jogadores em sua defesa para isso, como Justin Houston, que vem se recuperando de um período lesionado, Tamba Hali, o já citado Dee Ford e, principalmente, o cornerback Marcus Peters, que pela segunda temporada seguida é o líder da NFL em interceptações (5), empatado com Casey Hayward, dos Chargers. Falando do lado ofensivo, é importante observar se Alex Smith vai demonstrar plena recuperação das pancadas sofridas na cabeça no jogo contra Indianapolis, que o fizeram ficar de fora de alguns jogos e atuar de forma muito duvidosa contra Carolina na semana passada, com nenhum touchdown lançado e uma interceptação. Para isso, o time conta com Spencer Ware no backfield, que está despontando nessa temporada, além do ótimo tight end Travis Kelce, que lidera o time em jardas aéreas, Jeremy Maclin e a surpresa Tyreek Hill, wide receiver calouro que está aparecendo em momentos importantes para os Chiefs e já chegou à marca de mais de 300 jardas, com uma média de um first down por recepção, e 4 touchdowns

Quem leva?
Com as duas equipes vindas de um resultado positivo, é promessa de um grande jogo, com os dois times querendo se provar e mostrar que estão mais do que vivos na liga. Acredito que, além do fator casa, que é um dos mais fortes da NFL, a equipe dos Chiefs terá como aliada principal o equilíbrio entre ataque, defesa e special team, e usará isso a seu favor para impor seu jogo e manter a invencibilidade em casa.

Curta a NFL ESPORTES MAIS no Facebook

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
suporte (2042 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta