Notícias

Futebol Brasileiro

Poliesportivo do Botafogo está fechado há sete anos

b

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Botafogo de Ribeirão Preto teve o seu Poliesportivo em maio de 2011 arrematado em leilão por R$ 4 milhões e 600 mil para quitar 106 dívidas trabalhistas do clube, que se arrastavam por 15 anos. O comprador, Juscelino Lima Soares, natural de Brasília tinha o objetivo de construir um condomínio no local.

Na época a cidade de Ribeirão Preto estava vivendo o chamado “boom imobiliário”, mas por ironia do destino essa bolha desacelerou e o projeto não vingou. O local está fechado desde setembro de 2011, o Poliesportivo está parado e trancado. Um projeto de transformá-lo em centro esportivo já foi apresentado na Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

História e decadência

O Poliesportivo do Botafogo faz parte de uma história rica do Pantera, pois por lá no antigo estádio Luís Pereira, o clube ribeirão pretano viveu seus tempos de glória até 1967. O campo virou uma piscina olímpica de 50 metros, uma das três existentes na cidade e era considerado um ponto de encontro dos torcedores e das famílias. O declínio foi gradual, pois teve que enfrentar os mesmos problemas financeiros que outros clubes enfrentaram, como a queda de sócios e consequentemente a arrecadação.

“Os novos condomínios foram surgindo e oferecendo as mesmas estruturas dos clubes, como quadras, área de churrasco, piscina e áreas de lazer. As pessoas preferem nos dias de hoje ficar em casa, o outro fato é que antes as pessoas dificilmente trabalhavam nos finais de semana e feriado. Hoje isso é normal é esse público que deixou de frequentar o local”, disse o André Trindade, vereador de Ribeirão Preto pelo Democratas (DEM), que foi o último a assumir a direção do Poliesportivo quando era torcedor de uma torcida organizada do Botafogo.

“A torcida assumiu em 2009, nós fizemos melhorias e um trabalho de resgaste dos sócios, mas tivemos que entregar as chaves após o leilão”, falou o vereador André Trindade. O parlamentar ainda afirma que o poli é cuidado por um caseiro e que se encontra nas mesma condições que antes. “Claro que precisa de uma manutenção e melhorias para ser reativado”, concluiu o político.

A reativação do Poliesportivo faz parte do projeto de permuta entre o comprador e a Prefeitura Municipal, que é intermediado pelo André Trindade. “Nós procuramos o comprador que tem interesse em outras áreas da cidade. Procuramos a Prefeitura e mostramos que é viável, o projeto está sendo estudado. O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) viu e gostou, as secretarias de Esportes e de Planejamento também. Agora está em fase final de estudos para fazer a viabilização”, confia o André Trindade.

As secretarias são comandadas por Ricardo Aguiar (Esporte) e Edsom Ortega (Planejamento e Gestão Pública). A permuta seria por outra área do mesmo tamanho, 12 mil metros quadrados. “Não seria uma estrutura do Botafogo, mas a história do clube seria preservada. A cidade ganharia um centro esportivo para formação de atletas”, finalizou o vereador André Trindade.

Facebook

Twitter

Renan Giorgeti (224 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta