Notícias

+ Esportes

Planejamento e torcida pautam o acesso do CSA à série C

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Acesso do CSA à terceira divisão do Brasileirão coroa bom planejamento da diretoria e dedicação da torcida azulina

Após ficar dois anos sem jogar a quarta divisão do Campeonato Brasileiro, nas temporadas de 2014 e 2015, o CSA retornou em 2016 para a disputa da série D do Brasileirão. Em sua quinta participação na série D, o clube azulino teve como principal objetivo o acesso para a terceira divisão do nacional, a série C, para isso a equipe do Mutange buscou quebrar a estigma de nunca ter passado da segunda fase do torneio e conquistar o acesso tão almejado pelos azulinos.
A vaga azulina veio com o vice-campeonato alagoano, com a disputa da quarta divisão o azulão do Mutange tomou como objetivo o acesso à série C. Para ir à terceira divisão, a diretoria do CSA envolveu todo um planejamento, como destaca o assessor de imprensa da equipe, Emerson Junior.
“A diretoria traçou um planejamento que era voltado único e exclusivamente para o futebol profissional, o CSA praticamente desativou as divisões de base embora ela continua sendo tocada pelo vice-presidente amador, José Raimundo. As outras ações, inclusive as de marketing, todas elas foram voltada para o futebol profissional o foco da diretoria era só subir de divisão, o CSA não fazia nenhum ato institucional que não desse conta com relação ao acesso, pra isso aconteceu a manutenção da comissão técnica do campeonato alagoano, comandada pelo técnico Oliveira Canindé, e manteve uma boa base que foi vice campeão alagoano e os jogadores que foram contratados para o campeonato brasileiro todos eles passaram pelo crivo do treinador”, ressalta Emerson.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site

Iniciada a temporada, o clube garantiu a classificação para a segunda fase na primeira colocação em seu grupo, na segunda fase a equipe azulina enfrentou o Parnahyba, e com vitória dentro e fora de casa quebrou o tabu e avançou às oitavas, onde passou pelo Altos e garantiu-se nas quartas de finais.
A vaga para as quartas aproximou o CSA do tão sonhado acesso, a disputa direta por uma vaga na série C foi perante o Ituano, após ganhar fora de casa por 2 a 1, a equipe decidiu o acesso no Rei Pelé, perante sua torcida, novamente venceu e carimbou o Azulão na série C de 2017.

Maceió, 04 de setembro de 2016 Lance do jogo entre CSA X Ituano, válida pela Quartas de Final do Campeonato Brasileiro Série D, realizado no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Alagoas - Brasil. Foto: Ailton Cruz
(Crédito da foto: Divulgação/ Aílton Cruz, Gazeta de Alagoas)

A grande massa azulina foi outro destaque nesta série D, com seu maior público o CSA superou clubes da elite do futebol nacional, no jogo que decidiu o acesso perante o Ituano, foram 13.861 azulinos pagantes no Rei Pelé, mostrando a força da torcida alagoana e carregando o CSA na grande conquista do acesso.
“A torcida foi o ponto crucial pra gente conquistar todos os objetivos, lá no início na pré temporada ainda a gente fez dois amistosos e ali já começamos a sentir que a torcida mesmo desacreditada iria nos apoiar, e com o passar do tempo o CSA ganhando cada jogo e jogando bem, a torcida foi tendo confiança no clube e abraçou de vez, não é à toa que temos uma média de público de mais de 10.000 torcedores por partida”, afirmou o representante do programa sócio torcedor do gigante alagoano, Leonarlly Ricitelly.
O adeus à série D e grande passo no caminho do CSA para subir cada vez mais nas séries nacionais conquistado perante o Ituano, foi um momento de grande euforia para a torcida azulina que lotava o estádio Rei Pelé e importante para a representação do estado de Alagoas no cenário do futebol nacional.
“O jogo contra o Ituano foi memorável, eu tive a honra e o prazer de ir para Itú acompanhar esse jogo e a torcida foi, nós tínhamos lá mais de 200 torcedores no estádio do Ituano e nós saímos de lá com a vitória, viemos para Maceió pro segundo jogo e aqui a gente se consagrou de vez com mais uma vitória, o sentimento como torcedor foi muito além, a lágrima cai ainda mais quando a gente mistura o profissional com o lado torcedor, foi um momento muito marcante sem sombra de dúvidas não sei como explicar a emoção que senti naquele momento, eu por ser da torcida da geração nova, eu só vi um título do CSA que foi o Alagoano, vi dois rebaixamentos do CSA, vi o CSA ressurgir e esse ano pude estar dentro do clube e ajudar com a minha parcela de contribuição, o CSA chegar à série C”, declarou o apaixonado torcedor azulino, Leonarlly.

Leonarlly Ricitelly responsável pelo sócio torcedor e torcedor azulino (Crédito da foto: Reprodução/ Leonarlly Ricitelly)
Leonarlly Ricitelly responsável pelo sócio torcedor e torcedor azulino (Crédito da foto: Reprodução/ Leonarlly Ricitelly)

Além do destaque que recebe o futebol de alagoas e nordestino com a chegada do CSA para disputar a série C de 2017, o clube do Mutange avança com essa conquista, o trabalho feito a partir de agora pela diretoria, acompanhada por sua apaixonada torcida, promete ao CSA um melhor desenvolvimento do clube.
“Principalmente para o próprio CSA, a série D não é parâmetro não é competição pra ninguém disputar, a partir da série C a participação nessas competições ela é grande e não depende do campeonato estadual, a não ser que o clube seja rebaixado, agora com o acesso o CSA vai poder institucionalmente trabalhar as outras áreas, departamento amador, de marketing, administrativo, departamento financeiro já pode trabalhar porque já tem um orçamento fixo para a próxima temporada”, ressaltou o assessor de imprensa, Emerson Junior.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta