Notícias

Futebol Internacional

Pity Martínez comemora título da Supercopa: “Demostramos que somos mais fortes”

Pity

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

River Plate levou a melhor sobre o seu maior rival, Boca Juniors, levantando a taça da Supercopa Argentina; o autor de um dos gols da partida, Pity Martínez, cutucou os Xeneiezes

A noite foi Millonaria no Malvinas Argetinas, em Mendoza, o River Plate foi melhor que o Boca e no primeiro Superclásico pela Supercopa da história título foi de La Banda. A vitória foi incontestável, com grande atuação do goleiro Franco Armani e gols de Pity Martínez (pênalti) e Ignacio Scocco, que entrou no segundo tempo.

O primeiro tempo da partida foi intenso, mas sem tantas chances. O River abriu o placar depois de um pênalti infantil de Edwin Cardona em cima de Ignacio Fernández. Gonzalo “Pity” Martínez fez uma bela cobrança.

No segundo tempo o Boca até chegou a pressionar, mas parava no goleiraço, Franco Armani. Depois de um escanteio do Boca, o River encaixou um contra-ataque, Pity Martínez armou a jogada pela direita e Scocco, que que acabava de entrar na partida no lugar de Pratto, fechou o placar: 2-0 River, título Millonario.

Autor de um dos gols, Pity Martínez, lembrou das provocações do rival e comentou em entrevista coletiva enquanto comemorava o título.

“Este plantel tem muita raça. É um grupo forte e ganhador. Nos provocaram um pouco e demostramos que somos mais fortes. Nos davam como mortos mas este time sempre sai na frente.  Esperamos que esse seja nosso ponto de partida”, concluiu o mendocino, Pity.

Com esse título, o técnico do River, Marcelo Gallardo, DT que está há mais tempo no cargo na América do Sul chegou ao seu oitavo trófeu pelo River Plate. São eles: Libertadores, Sul-Americana, Recopa (2 vezes), Copa Argentina (2 vezes), Suruga Cup e agora a Supercopa Argentina.

BOCA RIVER Superfinal 2018 Gallardofoto MARCELO CARROLL pity
Marcelo Gallardo comemora título da Supercopa Argentina

Essa foi sexta edição da Supercopa Argentina. A primeira edição foi em 2012, com o Arsenal de Sarandí sendo o campeão em cima do  Boca Juniors. Em 2013 quem levou a taça foi o Vélez Sarsfield, campeão argentino na época, contra o Arsenal. Em 2014 o campeão foi o Huracán, deixando para trás o mais novo campeão, River Plate. Em 2015 o Boca foi superado mais uma vez, dessa vez pelo San Lorenzo. Em 2016 o Lanús superou o River.

Depois dessa final em Mendoza, os desafios não param. River e Boca jogam já no próximo Domingo pela Superliga Argentina. O Xeneieze vai a Tucumán para enfrentar o Atlético. O Millonario recebe o Belgrano de Cordoba no Monumental.

Garcilaso Pity
Clique na imagem para acessar o site

Leia mais sobre o futebol argentino 

Paulo Viana (161 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta